Thiago Rocha da Cunha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Thiaguinho
Informações pessoais
Nome completo Thiago Rocha da Cunha
Data de nasc. 22 de Novembro de 1984 (29 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro, Brasil Flag of Brazil.svg
Altura 1,69 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual Brasil Boavista
Número 2
Posição Lateral-direito, Meia
Clubes de juventude
2003 Brasil São Bento
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
2006
2007
20072011
20082009
2010
20112013
2012
2013
2014
Brasil Cabofriense
Brasil CFZ
Brasil Boavista
Brasil Botafogo (emp.)
Brasil Fluminense (emp.)
Brasil Sport Recife
Brasil América-RN (emp.)
Brasil ABC (emp.)
Brasil Boavista
000? 0000(?)
000? 0000(?)
000? 0000(?)
0074 0000(7)
0018 0000(2)
0058 0000(3)
0008 0000(1)
0038 0000(1)
0008 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 5 de março de 2014.

Thiago Rocha da Cunha, conhecido apenas como Thiaguinho, (Rio de Janeiro, 22 de novembro de 1984) é um futebolista brasileiro que atua como meia e lateral-direito. Atualmente, defende o Boavista.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Ainda nas divisões de base, Thiaguinho foi levado por um treinador para o São Bento, do Rio Grande do Sul, em 2003. No entanto, o jovem jogador se envolveu em conflito com o mesmo e o treinador não queria deixá-lo regressar ao Rio de Janeiro. Este fato deixou Thiaguinho inativo por dois anos, já que sua documentação estava retida com o Rio Grande do Sul.[1]

Somente em 2006, o jogador conseguiu jogar por outro clube, a Cabofriense. No ano seguinte, Thiaguinho defendeu o CFZ também.

Após se destacar no Campeonato Carioca de 2008, pelo Boavista, foi contratado pelo Botafogo para compor elenco junto com Bruno Costa. Mas, com a participação da equipe nas finais da Copa do Brasil, foi escalado na equipe junto com outros reservas para a estréia da equipe no Campeonato Brasileiro contra o Sport, no Engenhão. A equipe mista do alvinegro venceu por 2 a 0 com boa participação de Thiaguinho. Após essa atuação, o jogador ganhou moral com a torcida e o então técnico do time, o técnico Cuca [2] , mesmo estando na reserva.

Com a chegada de Ney Franco ao comando do Botafogo em julho do mesmo ano, Thiaguinho teve a oportunidade de jogar em uma nova função, a de lateral-direito, já que o titular, Alessandro, estava lesionado. Nos dois primeiros jogos, Thiaguinho deu quatro assistências para gols do Botafogo, sendo destaque na mídia e com os botafoguenses.[3] Numa partida contra o Flamengo, porém, o jogador sofreu uma lesão no joelho.

Ao fim de 2009 acabou sendo dispensado pelo Botafogo, para depois, no dia 22 de dezembro de 2009, acertar com o Fluminense por dois anos.[4]

No início de 2011, acertou com o Sport até o final do ano.[5] Depois muita confusão renovou seu contrato com o Sport ate o final de 2013.[6]

Depois de junho de 2012, Thiaguinho foi emprestado ao América-RN. Ao final do empréstimo, foi novamente emprestado, agora para o ABC.

Acertou seu retorno em dezembro de 2013, para o Boavista, para jogar o Carioca de 2014.[7]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Botafogo
Fluminense
ABC
Boavista

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.