Thich Nhat Hanh

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portal A Wikipédia possui o
Portal do Budismo
Thich Nhat Hanh

Thích Nhất Hạnh (/ˈtɪk ˈnjʌt ˈhʌn/; [tʰǐk ɲɜ̌t hɐ̂ʔɲ]; Vietnã, 1926) é um monge budista, pacifista e escritor vietnamita.[1] [2]

Nguyễn Xuân Bảo, um dos mestres do zen-budismo mais conhecidos e respeitados no mundo de hoje, poeta e ativista da paz e dos direitos humanos. Nascido na região central do Vietnã, ele se juntou aos monges na idade de dezesseis anos. Por ocasião da Guerra do Vietnã, os mosteiros se defrontaram com a questão de aderir ou não, exclusivamente, à vida contemplativa e continuar a meditar nos mosteiros, ou ajudar a população que sofria sob bombardeios e outras devastações da guerra. Nhat Hanh foi um dos que optaram por fazer as duas coisas, ajudando a fundar o movimento do budismo engajado. Desde então, tem dedicado sua vida ao trabalho de transformação interior para o benefício dos indivíduos e da sociedade.

Em Saigon, no início dos anos 60, Thich Nhat Hanh fundou a Escola de Serviço Social da Juventude, uma organização de apoio popular que passou a se dedicar à reconstrução de aldeias bombardeadas, criação de escolas e centros médicos, reassentamento de famílias desabrigadas, e organizando as cooperativas agrícolas. Reunindo cerca de 10.000 estudantes voluntários, a organização baseou o seu trabalho nos princípios budistas da não-violência e ação compassiva. Apesar da denúncia do governo de sua atividade, Nhat Hanh também fundou uma universidade budista, uma editora e uma revista influente ativista da paz no Vietnã.

Depois de visitar os EUA e a Europa, em 1966, em missão de paz, ele foi proibido de retornar ao Vietnã. Em viagens posteriores para os EUA, elaborou um processo de paz para as autoridades federais e do Pentágono, incluindo Robert McNamara. Ele pode ter mudado o curso da história dos EUA, quando persuadiu Martin Luther King a se opor publicamente à Guerra do Vietnã, sendo que isso ajudou a galvanizar o movimento pela paz. No ano seguinte, Luther King indicou-o para o Prêmio Nobel da Paz. Posteriormente, Nhat Hanh chefiou a delegação budista nas Conversações de Paz de Paris.

Em 1982, no exílio na França, fundou Plum Village, uma comunidade budista, onde continua seu trabalho para aliviar o sofrimento dos refugiados, os presos políticos e famílias famintas no Vietnã e em todo o Terceiro Mundo. Também recebeu o reconhecimento por seu trabalho com os veteranos do Vietnã, retiros de meditação, e seus escritos sobre a meditação, atenção e paz. Já foram publicados cerca de 85 títulos de sua obra, tais como poemas, prosa e orações, com mais de 40 títulos em Inglês. Em setembro de 2001, poucos dias após os atentados suicidas terroristas ao World Trade Center, ele abordou as questões da não-violência e do perdão, em um discurso memorável na Igreja de Riverside, em Nova York.

Thich Nhat Hanh continua a viver em Plum Village na comunidade de meditação fundada por ele, onde ensina, escreve e conduz retiros em todo o mundo sobre "a arte de viver consciente." Um dos principais ensinamentos de Thich Nhat Hanh é que, através da plena consciência, podemos aprender a viver no momento presente, em vez de nos apegarmos ao passado ou futuro. Residindo no momento presente é, de acordo com Nhat Hanh, a única maneira de realmente desenvolver a paz, em si mesmo e no mundo.

A pronúncia do nome de Thich Nhat Hanh, em Inglês é: Tik N'yat Hawn, contudo, desde que o idioma vietnamita é uma língua tonal, isto é apenas uma aproximação estreita de como se iria pronunciar em vietnamita. (O nome dele é, por vezes, é escrito com erros ortográficos como Thich Nhat Hahn, Thich Nhat Han, e Thich Nat Han.). [1]

Livros em língua portuguesa[editar | editar código-fonte]

  • Caminhos para a Paz Interior
  • Flamboyant em Chamas
  • Meditação Andando
  • Respirando e Sorrindo (Solaris)
  • Vietnã — Flor-de-lótus em Mar de Fogo (Ed. Paz E Terra)
  • O Coração da Compreensão (Ed. Bodigaya)
  • Para Viver em Paz - O Milagre da Mente Alerta (Ed. Vozes) - 1976
  • Paz a Cada Passo: Como Manter Sua Mente Desperta no Seu Dia-a-dia (Ed. Rocco) - 1990
  • Vivendo em Paz - Como Praticar a Arte de Viver Conscientemente (Ed. Pensamento) - 1992
  • O Sol Meu Coração - Da Atenção à Contemplação Intuitiva - 1995
  • Cultivando a Mente do Amor - 1996
  • Vivendo Buda, Vivendo Cristo (Ed. Rocco) - 1997
  • A Essência dos Ensinos de Buda (Ed. Rocco) - 2001
  • Jesus e Buda, Irmãos (Ed. Bertrandi Brasil) - 2002
  • Aprendendo a Lidar com a Raiva - Sabedoria Para A Paz Interior (Ed. Sextante) - 2003
  • Ensinamentos sobre o Amor (Ed. Sextante) - 2005
  • Velho Caminho, Nuvens Brancas: Seguindo as Pegadas do Buda (Ed. Bodigaya) - 2007
  • A Arte do Poder
  • Corpo e Mente em Harmonia: Andando Rumo à Iluminação (Ed. Vozes) - 2009
  • Nada Fazer, Não Ir A Lugar Algum (Ed. Vozes) - 2011

Referências

  1. Robert Harlen King Thomas Merton and Thich Nhat Hanh: Engaged Spirituality in an Age of Globalization 2001
  2. Jean Baubérot, Franck Frégosi, Jean-Paul Willaime Le religieux dans la commune: régulations locales du pluralisme en France 2001 - p288 "On observe en effet, à Strasbourg, l'émergence d'un groupe encore informel qui se constitue autour de plusieurs personnes habituées à la fréquentation du « village des pruniers » de Thich Nhât Hanh dans le Périgord. Ce moine vietnamien ..." p289 "Bien que le maître réside en France, c'est paradoxalement aux Etats-Unis et au Canada que les centres sont les plus développés. Ce qui caractérise la voie préconisée par Thich Nhât Hanh, ce sont des méditations assises ainsi que la..."
Ícone de esboço Este artigo sobre Budismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.