This Is Gonna Hurt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de This Is Gonna Hurt (álbum))
Ir para: navegação, pesquisa

This Is Gonna Hurt é o segundo álbum gravado pela banda de hard rock estado-unidense Sixx:A.M., lançado em 3 de maio de 2011.

História[editar | editar código-fonte]

Sixx havia acabado de sair de uma sessão de fotos, quando ele entrou em uma loja de conveniência e viu um problema. Eu estava envergonhado comigo mesmo - diz Nikki - "Aquelas pessoas me pareciam algo tão rico e cheio de histórias. A vida não é tão superficial. - Continua - Apesar de que eu estava fotografando o seu exterior, o que realmente eu tentava fazer era capturar seu interior." A idéia do álbum veio quando Michael (vocal) foi até o Sixx's Funny Farm Photo Studio e observou algumas fotos recentes do baixista, que mostravam pessoas amputadas, alguns incrívelmente sobrepeso e prostitutas que se envolveram com Nikki. Tais fotos que iriam para o livro This Is Gonna Hurt. Michael e Ashba foram atingidos pela habilidade de Nikki para capturar em fotografias, a beleza em situações que a sociedade julga como diferente. Isto os fez pensar sobre suas próprias suposições, sentimentos e atos, logo, se reuniram, escreveram e gravaram canções sobre a experiência. "O título parecia embarcar no que tínhamos em mente." - diz Michael.

De acordo com Michael, a forma com a qual Nikki definiu o ambiente, faz perceber-se que o objeto da fotografia tinha uma história incrível. De uma forma atenciosa e bonita, Nikki tirava fotos das pessoas da formal qual elas eram por dentro, mesmo que o exterior não fosse o que a sociedade impõe. Ou seja, que não se encaixava nos padrões de beleza aos quais conhecemos.

Para Ashba, a idéia do álbum é mostrar como as pessoas julgam uns aos outros por serem diferentes. "Esperamos que as pessoas entendam o alerta." - diz Ashba.

Outras fontes de inspiração veio quando Nikki Sixx dirigia pelas ruas de Los Angeles, cidade em que ele viveu a maior parte de sua vida adulta, percebendo que não importa o quão dificil as coisas se tornavam, sempre pôde viver feliz. - Is Sure Feels Right (Sentir-se bem)

Michael em uma noite enquanto tocava piano passava em sua mente os oito meses em que trabalhavam no álbum, inspirando-se para tirar uma melodia do piano. Tudo pareceu fazer sentido à medida que escrevia, assim, enviou para Sixx. "É possivelmente a experiência mais pessoal de Michael desde o inicio" - diz Sixx.

Singles[editar | editar código-fonte]

O blogue de Eddie Trunk anunciou que o primeiro single do álbum seria chamado "Lies of the Beautiful People" e esse foi lançado em 1º de março de 2011.[1] Em 15 de fevereiro de 2011, foi anunciado que o videoclipe para o primeiro single, "Lies of the Beautiful People", estrearia no show de rádio do website de Nikki, Sixx Sense, em 16 de fevereiro de 2011, embora o single viesse a ser comercializado apenas em 1º de março.[2] [3] [4]

Conclusão[editar | editar código-fonte]

"Acho que o disco acabou afetando a todos nós em um nível mais profurando do que pensamos que seria. O álbum é sobre ser honesto consigo mesmo. Quando você sente e começa a pensar sobre quem você realmente é, como se comporta com os outros e como julga as demais pessoas. Isso é doloroso." - diz Michael.

Faixas[editar | editar código-fonte]

  • This Is Gonna Hurt
  • Lies Of The Beatiful People
  • Are You With Me
  • Live Forever
  • Sure Feels Right
  • Deadlihood
  • Smile
  • Help Is On Way
  • Oh My God
  • Good Bye My Friends
  • Skin
  • Codependence (Faixa bônus da versão japonesa)

Referências

Fontes[editar | editar código-fonte]