Thomas Carr

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Thomas Carr
Outros nomes Tommy Carr
Nascimento 4 de julho de 1907
Filadélfia, Pensilvânia, EUA
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Morte 23 de abril de 1997
Ventura, Califórnia, EUA
Ocupação ator
cineasta
Atividade 1912-1968
IMDb: (inglês)

Thomas Carr (4 de julho de 190723 de abril de 1997) foi um cineasta estadunidense que dirigiu filmes em Hollywood e na televisão. Carr atuou também em diversos filmes, em papéis coadjuvantes, antes de se tornar diretor. Entre 1945 e 1968, possui 89 títulos como diretor. Entre 1912 e 1952, possui 37 títulos como ator, além de produzir dois filmes em 1945.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Mary Carr, mãe de Thomas Carr, também era atriz.

Nasceu na Filadélfia, Pensilvânia em 4 de julho de 1907, de uma família de atores, o pai era o ator William Carr[2] e a mãe a atriz Mary Carr [3] . Seus irmãos Stephen Carr, Maybeth Carr, Rosemary Carr e John Carr também foram atores, e Thomas Carr seguiu a profissão da família, iniciando sua atuação no cinema mudo em 1915. Entre 1915 e 1953, atuou em pequenos papéis coadjuvantes em alguns filmes de Hollywood, mas nunca obteve grande sucesso. O primeiro filme em que atuou foi o curta-metragem Buster's Dream,[4] pela Lubin Manufacturing Company, em 1912, aos 5 anos de idade. Seu último filme foi One Minute to Zero One,[5] em 1952, num pequeno papel não creditado, ao lado de Robert Mitchum e Ann Blyth.

Em 1945, ele começou a dirigir filmes, e entre 1945 e 1951 Carr dirigiu diversos Filmes B para os Poverty Row de Hollywood. [6] Muitos de seus fimes eram Westerns, entretanto, em 1948 ele foi co-diretor (ao lado de Spencer Gordon Bennet) do seriado Superman. De 1951 a 1968, a direção de Carr foi focada mais no meio televisivo, e ele dirigiu episódios de diversos shows de televisão nos anos 1950 e 1960. Entre tais episódios, destacam-se vários de Lassie, The Adventures of Superman, Daniel Boone, Wanted: Dead or Alive, Gunsmoke, Bonanza e The Guns of Will Sonnet, a última série em que participou, dirigindo o episódio Stopover in a Troubled Town, que foi ao ar em 2 de fevereiro de 1968.[7]

Thomas Carr deixou de dirigir filmes em 1968. Ele morreu em Ventura, Califórnia em 23 de abril de 1997.

Filmografia parcial[editar | editar código-fonte]

Direção[editar | editar código-fonte]

Ator[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. Thomas CArr no IMDB
  2. William CArr no IMDB
  3. Mary Carr no IMDB
  4. Buster's Dream no IMDB
  5. Minute to Zero no IMDB
  6. Thomas Carr no Filmecultura nº 14, p. 57
  7. Stopover in a Troubled Town no IMDB

Ligações externas[editar | editar código-fonte]