Thomas Jefferson Dryer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Thomas Jefferson Dryer
Político de  Estados Unidos
Período de governo 1856 até 1856
Membro da Convenção constitucional do Oregon
Período de governo 1857 até 1857
Vida
Nascimento 10 de Janeiro de 1808
Condado de Ulster, Nova Iorque
Morte 30 de março de 1879 (71 anos)
Oregon
Nacionalidade Estadunidense
Dados pessoais
Partido Partido Whig
Profissão Editor de jornal

Thomas Jefferson Dryer (Condado de Ulster, Nova Iorque, 10 de Janeiro de 1808[1] [2] - Oregon, 30 de Março de 1879) foi um Editor de jornal, maçom, alpinista e político estadunidense.

Dryer fundou o jornal Weekly Oregonian, que agora existe como The Oregonian, no qual era editor.[3] Ele também foi editor do jornal California Courier em São Francisco, Califórnia.

Dryer também fez a primeira subida documentada do vulcão Santa Helena em 27 de Agosto de 1853, com três companheiros. Ele também tem sido creditado como tendo sido o primeiro a subir o Monte Hood, em 8 de Agosto de 1854, mas esse feito é disputado. Em 1856, ele serviu na Assembleia Legislativa do Oregon represnetando os conselhos de Multnomah e Washington pelo Partido Whig.[4] No ano seguinte, Dryer foi eleito para participar da Convenção constitucional do Oregon.[5]

Dryer também foi eleito como ministro dos Estados Unidos para o Reino do Hawaii em 1861 pelo presidente Abraham Lincoln, por influência do senador Edward Baker.

Após sua morte em 1879, Dryer foi enterrado no cemitério Lone Fir, localizado em Portland.[6]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
James W. Borden
Ministro dos Estados Unidos para o Hawaii
15 de Junho de 1861 – 20 de Junho de 1863
Sucedido por
James McBride
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.