Thomaz de Mello

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Thomaz de Mello
Tom, 1939
Nascimento Janeiro de 1906
Rio de Janeiro
Morte 1990 (84 anos)
Lisboa
Nacionalidade BrasilPortugal brasilo-português
Ocupação caricaturista, artista gráfico

Thomaz de Mello - de pseudónimo Tom (Rio de Janeiro, janeiro de 1906 - Lisboa, 1990) foi um caricaturista e artista gráfico brasilo-português.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Sem título, 1954, guache sobre papel, 100 x 69 cm

Vem para Portugal em 1926 com a companhia de teatro de Leopoldo Fróis. Durante a sua vida explora muitos meios plásticos desde a pintura ao desenho, passando pela banda desenhada, a caricatura, a tapeçaria, o design gráfico, o design de interiores, o design industrial, a cerâmica e outros[1] . Pertence à segunda geração de pintores modernistas portugueses[2] .

Entre 1935 e 1951 participou em todas as Exposições de Arte Moderna do S.P.N./S.N.I.recebendo o Prémio Francisco de Holanda em 1945. Dirigiu, com António Pedro, a Galeria UP, ao Chiado (a primeira galeria comercial de arte de Lisboa, inaugurada em Março de 1933 e ativa até 1936) . A partir de 1937 integrou, juntamente com Carlos Botelho, Bernardo Marques, Fred Kradolfer e José Rocha, a equipa de decoradores do S.P.N. encarregues da realização dos pavilhões de Portugal nas Exposições Internacionais de Paris, 1937, Nova Iorque e S. Francisco, 1939. Em 1937 obteve o Grande Prémio de Decoração e de Artesanato, na Exposição de Artes e Técnicas de Paris. [1] [3]

Colabora com a Companhia Portuguesa de Bailado Verde Gaio (cenários e figurinos para o bailado Passatempo, Teatro Nacional de D. Maria II, 1941; etc.).[4]

Em 1948 integra a equipa de artistas decoradores do Museu de Arte Popular, realizando murais no vestíbulo e nas salas de Entre-Douro-e-Minho e Algarve.[5]

Entre as publicações para as quais trabalhou contam-se a Voz, o Diário da Manhã, e a Ilustração (revista).[1]

Em 1973 o SNI organizou, no Palácio Foz em Lisboa, uma exposição retrospetiva da sua obra multifacetada de caricaturista, desenhador, pintor, gráfico, decorador e designer [6]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c Biografia escrita por Carla Mendes, no site da Fundação Calouste Gulbenkian (acessado em janeiro de 2009)
  2. FRANÇA, José Augusto – A arte em Portugal no século XX. Lisboa: Livraria Bertrand, 1974, p. 308
  3. FRANÇA, José Augusto – A arte em Portugal no século XX. Lisboa: Livraria Bertrand, 1974, p. 210, 308, 309
  4. A.A.V.V. – Verde Gaio: Uma Companhia Portuguesa de Bailado (1940-1950). Lisboa: Museu Nacional do Teatro, 1999, p. 100. ISBN 972-776-016-3
  5. Museu de Arte Popular. Tomás José de Mello (Tom). Visitado em 25-08-2013.
  6. MELLO, Thomaz de – Exposição Retrospetiva de 45 Anos na Obra de Thomaz de Mello-TOM. Lisboa: Secretaria de Estado da Informação e Turismo, 1973

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.