Tibério Cláudio Nero

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Julho de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Tibério Cláudio Nero

Tibério Cláudio Nero, em latim Tiberius Claudius Nero (ca. 85 a.C.33 a.C.)[carece de fontes?], foi pai do imperador Tibério [1] e do general Druso.[2] O nome do seu pai ou do seu sogro era Druso.[3]

Foi questor de Júlio César durante a guerra alexandrina e comandou a frota; sua participação foi importante para a vitória.[1] Como recompensa foi nomeado pontífice no lugar de Públio Cepião e encarregado de conduzir colônias na Gália, dentre as quais Narbo e Arelate.[1]

Não obstante, após o assassinato de César, em 44 a.C., enquanto os demais queriam uma anistia por medo da violência da turba, ele sugeriu que seus assassinos fossem elogiados como tiranicidas no Senado.[1]

No ano seguinte desposou Lívia, de quem teve um filho homônimo, o futuro imperador.

Tornou-se pretor, e, quando surgiu uma dipusta entre os triúnviros ao final do seu período, ele reteve o posto, e se juntou a Lúcio Antônio, irmão de Marco Antônio e cônsul, na Perúsia.[4] Mesmo depois que todos outros haviam capitulado, ele manteve sua aliança, e foi para Preneste, Nápoles e, finalmente, para a Sicília.[4] Irritado porque não conseguiu uma audiência com Sexto Pompeu, ele foi para a Acaia e se juntou a Marco Antônio.[2]

Pelo tratado de Miseno em 39 a.C.,[carece de fontes?] foi anistiado, sendo permitido que retornasse a Roma, com a condição de que cedesse sua esposa Lívia Drusila, grávida do segundo filho, ao triúnviro vitorioso Otaviano, futuro imperador Augusto.[2] Ele morreu pouco depois, deixando dois filhos, Tibério Nero e Druso Nero.[2]


Referências

  1. a b c d Suetônio, Vida dos Doze Césares, Vida de Tibério, 4.1 [em linha]
  2. a b c d Suetônio, Vida dos Doze Césares, Vida de Tibério, 4.3
  3. Suetônio, Vida dos Doze Césares, Vida de Tibério, 7.1
  4. a b Suetônio, Vida dos Doze Césares, Vida de Tibério, 4.2