Ticiana Villas Boas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Ticiana Villas-Bôas)
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto.
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Ticiana Villas Boas
Nascimento 22 de novembro de 1980 (33 anos)
Salvador, BA
Nacionalidade  brasileira
Ocupação Jornalista

Ticiana Villas Boas[1] (Salvador, 22 de novembro de 1980) é uma jornalista brasileira.

Ticiana começou sua carreira na imprensa de Salvador, apresentando por muito tempo o jornal "Band Cidade", da Band Bahia, emissora na qual trabalhou por muitos anos e que pertence à Rede Bandeirantes. Após participar da cobertura do carnaval daquela cidade em 2005, se tornou repórter do Jornal da Band, passando a apresentá-lo, juntamente com os jornalistas Ricardo Boechat e Joelmir Beting, em 2008. Além disso, foi escalada para fazer uma matéria sobre a telenovela Paixões Proibidas, em 2006, e o especial de Natal[2] da emissora em 2007. Participou também do começo do programa Atualíssima, ao lado de Leão Lobo.

Em 2010, ela ganhou o "Troféu Mulher Imprensa" de melhor âncora feminina da televisão brasileira.[3]

Referências

  1. Apresentadores (em inglês). Site oficial do Jornal da Band. Página visitada em 26 de janeiro de 2014.
  2. Band exibe, ao vivo, inauguração da maior arvóre de Natal do Brasil (em português). Band (26 de novembro de 2007). Página visitada em 26 de janeiro de 2014.
  3. Ticiana Villas Boas, do Jornal da Band, é eleita melhor âncora de telejornal (em português). OReporter.com (26 de fevereiro de 2010). Página visitada em 26 de janeiro de 2014.
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) jornalista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.