Tigre-de-bengala

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Tigre branco)
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaTigre-de-bengala
Panthera tigris tigris.jpg

Estado de conservação
Status iucn3.1 EN pt.svg
Em perigo
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Subfilo: Vertebrata
Classe: Mammalia
Ordem: Carnivora
Família: Felidae
Género: Panthera
Espécie: P. tigris
Subespécie: P. t. tigris
Nome trinomial
Panthera tigris tigris
Lineu, 1758
Distribuição geográfica
Koenigstiger map.png

O tigre-de-bengala (Panthera tigris tigris) ou tigre indiano é uma das dez subespécies de tigre, sendo a segunda maior dentre elas, perdendo apenas para o tigre siberiano. É uma das espécies mais ameaçadas de extinção dentre os grandes felinos do planeta, seja pela caça ilegal ou pela destruição de seu habitat.[1] Estima-se que em 2008 existam cerca de 500 tigres-de-bengala livres no planeta; três das nove subespécies de tigres que existiam no planeta já estão extintas, e outras tendem a desaparecer pelo cruzamento genético entre subespécies diferentes.[2]

Fundações como a WWF tomaram a frente da responsabilidade de propiciar a preservação dos tigres, mais especificamente do tigre-de-bengala e do tigre-siberiano (ainda mais raro). Estima-se que o percentual de tigres na Ásia hoje seja 40% menor do que em 1995, graças a esforços e ajuda humanitária, cerca de 15% já foi recuperado.[3]

Sobre o tigre-de-bengala[4] [editar | editar código-fonte]

Característica De Até
Altura 90 cm 1 m
Comprimento (fêmea) 1,14 m 2,60 m
Comprimento (macho) 2,60 m 3 m
Cauda 60 cm 1 m
Peso (fêmea) 210 kg 252 kg
Peso (macho) 266 kg 302 kg
Nº de crias 2 4
Gestação 95 dias 112 dias
Tempo de vida 26 anos em liberdade

Distribuição geográfica[editar | editar código-fonte]

O tigre-de-bengala, até ao começo do século XX, habitava quase toda a Índia (com excepção do extremo norte e da Península de Kathiawar), Bangladesh, leste do Paquistão, sudoeste da China, oeste de Mianmar, Nepal e Butão. Atualmente ainda restam populações espalhadas em vários pontos da Índia e países vizinhos. Encontra-se extinto no Paquistão.

Com pêlos curtos alaranjados e listras pretas. Ele atinge até 260 kg, mas, pode ultrapassar os 300, salta longas distâncias, é ágil e veloz.

Seu corpo, que pode chegar a 3 metros, tem cerca de 20 listras transversais. As patas e a parte de baixo das pernas são brancas. O tigre-de-bengala vive principalmente em florestas da Índia, mas também em algumas regiões do Nepal e do Butão.

Variante branca do tigre-de-bengala
variante dourada do tigre de Bengala

No verão fica sempre perto da água. Por isso, é um nadador ágil. É também um excelente caçador e alimenta-se de animais pequenos, como veados,ele chega a comer até 5 Kg, eles comem: macacos e aves e ataca outros maiores como gauro (subespécie de búfalo asiático maior que o africano), crias de elefantes e de rinocerontes. Mas já houve casos registrados dos felinos caçarem elefantes e rinocerontes adultos. Também atacam crocodilos na água ou na terra, e Pítons também fazem parte do cardápio deste felino.

Essa subespécie tem uma característica curiosa e exclusiva: o tigre branco é uma variante de cor do tigre de Bengala e é muito raro encontrá-lo em liberdade.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Felídeos, integrado ao WikiProjeto Mamíferos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.