Tiliaceae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaTiliaceae
Sparmannia africana

Sparmannia africana
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Subclasse: Dilleniidae
Ordem: Malvales
Família: Tiliaceae
Géneros
Ver texto.

Família das Tiliaceae Juss. (1789), sensu Cronquist, compreende 43 gêneros e 420 espécies, tendo como centros de dispersão, principalmente, o Brasil (regiões Norte, Sul e Sudeste) e o sul da África, apesar de também presentes em zonas temperadas (Tilia).

Desde 1998, a APG reclassifica tal família como subfamília de Malvaceae, Tilioideae.

No Brasil há 14 gêneros e 65 espécies nativas. Há algumas plantas de importância econômica, como as tílias ornamentais, a juta indiana (Corchorus sp.), o medicinal açoita-cavalo (Luehea sp.) e o pau-jangada amazônico (Apeiba sp.). A árvore Christiania africana DC., encontrada no centro da África e na América do Sul, é uma das poucas espécies lenhosas comuns aos dois continentes.

Informações Botânicas[editar | editar código-fonte]

São árvores, arbustos ou subarbustos, com folhas simples, alternas, estipuladas, em forma de palma, raramente opostas. O indumento geralmente é constituído de pêlos ramificados.

As flores são pequenas ou vistosamente grandes, geralmente reunidas em inflorescências paniculadas, axilares ou terminais, cíclicas, pentâmeras, hermafroditas e diclamídeas. As sépalas (valvares) e pétalas (às vezes ausentes em algumas espécies de Triumfetta) livres ou concrescidas entre si; a corola tem pétalas imbricadas ou torcidas, geralmente providas de um campo de glândulas; normalmente há inúmeros estames, muitas vezes parte transformados em estaminódios, livres ou unidos em feixes ou em anel, inseridos na base das pétalas ou sobre um curto androginóforo; filetes filiformes e anteras ditecas, globosas ou lineares, rimosas ou com poros apicais, que se prolongam em rimas. O ovário é súpero, pentacarpelar e pentalocular, com muitos óvulos; estilete simples, colunar ou dividido no ápice conforme o número de carpelos.

Os frutos são indeiscentes. , baga, seco (aquênio ou esquizocárpico) ou capsular.

As sementes são aladas ou não, em forma de disco, com bordas espessas, turbinadas, globosas, com apêndice apical da carúncula; o endosperma é carnoso ou ausente, embrião reto, com cotilédones orbiculares em forma de coração, emarginados, ou dobrados, com bordas espessas.

Gêneros[editar | editar código-fonte]

Ancistrocarpus, Apeiba, Asterophorum, Berrya, Brownlowia, Burretiodendron, Christiana, Clappertonia, Colona, Corchorus (50 spp.), Craigia, Desplatsia, Diplodiscus, Duboscia, Eleutherostylis, Entelea, Erinocarpus, Glyphaea, Goethalsia, Grewia (150 spp.), Hainania, Heliocarpus, Hydrogaster, Jarandersonia, Luehea, Lueheopsis, Microcos, Mollia, Mortoniodendron, Neotessmannia, Pentace, Pentaplaris, Pseudocorchorus, Schoutenia, Sicrea, Sparmannia, Tahitia, Tetralix, Tilia (45 spp.), Trichospermum, Triumfetta (100 spp.), Vasivaea, Vinticena.

Referências[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Tiliaceae
Ícone de esboço Este artigo sobre Malvales, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.