Tim Rice-Oxley

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tim Rice-Oxley
Informação geral
Nome completo Timothy James Rice-Oxley
Nascimento 2 de junho de 1976
Origem Oxford, Oxfordshire
País  Inglaterra
Gênero(s) Piano rock
Instrumento(s) piano
baixo
backing vocals
Período em atividade 1995 – atualidade
Afiliação(ões) Keane, Mt. Desolation
Página oficial [1]

Timothy James Rice-Oxley (2 de junho de 1976, Oxford, Oxfordshire) é um músico britânico, pianista e baixista da banda Keane.

Vida e Carreira[editar | editar código-fonte]

Nasceu em 2 de Junho de 1976, filho de Margaret e Charles Patrick Rice-Oxley.

Frequentou a Tonbridge school, em Kent com seus melhores amigos naquela época, Richard Hughes e Tom Chaplin. A sua amizade com Chaplin se deveu a este ter nascido no mesmo dia do irmão de Rice-Oxley (também chamado Tom) – o que ocasionou que suas mães se conhecessem no hospital.

Estudou piano na adolescência, mas admite que odiava as aulas por estudar nelas apenas peças de música clássica européia, que ele achava chatas. Após seus pais interromperem suas aulas, ele passou a se interessar pelo instrumento, e estudar sozinho, proncipalmente por causa dos Beatles.[1]

Mais tarde, Rice-Oxley daria a Chaplin aulas de piano após a escola. Em 1994, ele começou a estudar na University College London, onde Hughes estudava Geografia. O amigo e guitarrista Dominic Scott sugeriu pára Rice-Oxley que eles formassem uma banda, e ele concordou. Os dois chamaram então Hughes para se juntar na bateria.

Enquanto isso, ele conheceu Chris Martin, que estava gravando demos naquela época com o Coldplay. Rice-Oxley foi convidado por Martin a se juntar à banda, após ouvir sua apresentação de piano num fim de semana em Virginia Falls, mas Rice-Oxley recusou a fim de se concentrar em sua banda, Keane com seus amigos. Numa entrevista em 2004 ele admitiu ter ciúmes do sucesso de Martin com o Coldplay.

Em 1997, Rice-Oxley convenceu Scott e Hughes a deixar Chaplin entrar na banda. Foi neste ano que a banda assumiu o nome "Keane."

Durante sua estada em Londres (desde 1998), Rice-Oxley dividiu um apartamento com Tom na Stoke Newington e ambos tentaram ganhar algum dinheiro para os ensaios.

Quando Scott tocava a guitarra, Rice-Oxley assumia o papel de baixista, mas fazia os preenchimentos no teclado quando o baixo não era tão importante. Ele compôs as canções para a banda juntamente com Scott. No DVD Strangers o Keane comenta que o estilo de Scott era meio "Blues" e eles não gostavam daquilo. Logo eles começaram a dar preferência às composições de Rice-Oxley ao invés das de Scott.

Quando Scott deixou a banda em Julho de 2001, Rice-Oxley começou a tocar piano, e abandonou sua imagem de "só um preenchimento" para se tornar a principal força de todas as canções do Keane. Ele continua a tocar baixo; todavia, agora os trechos são pré-gravados e sampleados nas apresentações ao vivo em um Powerbook da Apple.

Em 2004, ele venceu o Ivor Novello Awards de Melhor Compositor do Ano.

Em 2006, ele contribuiu na canção "Early Winter," do segundo álbum solo de Gwen Stefani, The Sweet Escape.

Rice-Oxley, junto com Jesse Quin, formaram a banda de Alt-country intitulada Mt. Desolation, em 2010. Além de Tim e Jesse, a banda é composta por mais 13 musicos, entre secundários e auxiliares. Alguns são membros das bandas Mumford & Sons, The Killers, Noah and the Whale e The Staves.

Lista de equipamentos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Keaneshaped - FAQ - About songs: The Way You Want It. Página visitada em August 1 de 2006.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]