Time Out

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Time Out
Álbum de estúdio de The Dave Brubeck Quartet
Lançamento 1959
Gravação 25 de Junho, 1 de Julho, 18 de Agosto de 1959 no Columbia's 30th Street Studio, Nova York
Gênero(s) Cool jazz, West Coast Jazz
Duração 38:35
Formato(s) LP
Gravadora(s) Columbia Records
Produção Teo Macero
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de The Dave Brubeck Quartet
Último
Último
Gone with the Wind
(1959)
The Riddle
(1959)
Próximo
Próximo


Time Out é um álbum do grupo The Dave Brubeck Quartet, lançado em 1959. Caracteriza-se pelo pioneirismo no uso de compassos inusitados no jazz, como a valsa, o 5/4 (usado no sucesso "Take Five") e o 9/8 (na famosa "Blue Rondo a la Turk"). O álbum foi gravado em três sessões, em 25 de Junho, 1 de Julho e 18 de Agosto de 1959. Este álbum está na lista dos 200 álbuns definitivos no Rock and Roll Hall of Fame.[1]

Embora o álbum tivesse a intenção de ser experimental e tenha recebido avaliações negativas pela crítica na época de seu lançamento, tornou-se um dos mais conhecidos e mais vendidos álbuns de jazz, chegando ao número dois na lista dos álbuns pop da revista norte americana Billboard. Chegou a produzir um compacto — "Take Five" de Paul Desmond — que alcançou o quinto lugar na lista "Adult Contemporary", da mesma revista.

Sobre o disco[editar | editar código-fonte]

O tema (e o título) de Time Out são os compassos incomuns. As idéias sobre esses compassos são exploradas a fundo pelo grupo em todo o disco.

A primeira faixa, "Blue Rondo A La Turk" começa com um ritmo em compasso 9/8 (o ritmo da marcha turca ou zeybek, equivalente ao zeibekiko grego). Não se trata de um tradicional compasso ternário composto (3+3+3), mas de um compasso em que as colcheias se agrupam sob a forma 2+2+2+3. Além disso, esse compasso se alterna com o compasso 4/4, clássico do jazz. Já "Strange Meadow Lark" começa com um solo de piano que não apresenta um compasso claramente definido, que depois se fixa num 4/4 comum, aí entra o resto do grupo. A terceira é "Take Five". Em compasso 5/4, é a única composição do disco feita por Paul Desmond. Sobre ela, Desmond declarou que "começou apenas como pretexto para um solo de bateria de Joe Morello". No entanto, tornou-se um dos temas mais conhecidos do grupo.

"Three to Get Ready" começa em tempo de valsa, que passam a se alternar com compassos 4/4 típicos de jazz. Essa alternância prossegue mesmo nos períodos de improvisação. "Kathy's Waltz" começa num 4/4 tradicional - num tema tocado apenas por piano, baixo e bateria - passando a uma valsa quando o saxofone entra improvisando. Entretanto, é interessante notar que mesmo durante a valsa a bateria continua acentuando em 4/4, criando uma sensação polirrítmica. No final o tema que no início era tocado em 4/4, é repetido sob a forma de valsa. "Everybody's Jumpin'" também se abre numa rítmica indefinida, insinuando uma vaga impressão de 6/4. Por fim, em "Pick Up Sticks" há um exemplo de um compasso 6/4 que não é um compasso composto. Trata-se de um compasso simples de seis tempos.

O título da faixa "Blue Rondo à la Turk" remete à "Rondo alla Turca" da Piano Sonata No. 11 de Mozart.

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as canções escritas e compostas por Dave Brubeck, exceto "Take Five", por Paul Desmond.

Lado A
N.º Título Duração
1. "Blue Rondo à la Turk"   6:44
2. "Strange Meadow Lark"   7:22
3. "Take Five"   5:24
Lado B
N.º Título Duração
1. "Three to Get Ready"   5:24
2. "Kathy's Waltz"   4:48
3. "Everybody's Jumpin'"   4:23
4. "Pick Up Sticks"   4:16

Formação do grupo[editar | editar código-fonte]

Créditos técnicos[editar | editar código-fonte]

  • Teo Macero - produtor
  • Fred Plaut - engenheiro de som
  • Mark Wilder - engenheiro de som
  • Cozbi Sanchez-Cabrera - direção de arte
  • Seth Rothstein - direção geral

Referências

  1. 2007 National Association of Recording Merchandisers (em inglês). timepieces (2007). Página visitada em 26/05/2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • The Dave Brubeck Quartet: Time Out — por A.B. Spellman e Murray Horwitz; parte da Biblioteca Básica de Jazz da NPR.
  • Textos no encarte do disco escritos por Steve Race (lançamento original) e Dave Brubeck (por ocasião do relançamento em 1997)