Timerosal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Thiomersal
Alerta sobre risco à saúde
Thiomersal Structural Formulae.svg
Thiomersal-from-xtal-3D-balls.png
Nome IUPAC Ethyl(2-mercaptobenzoato-(2-)-O,S)
mercurate(1-) sodium
Outros nomes Mercury((o-carboxyphenyl)thio)ethyl sodium salt
Identificadores
Número CAS 54-64-8
PubChem 16682923
Número EINECS 200-210-4
Número RTECS OV8400000
Código ATC D08AK06
Propriedades
Fórmula molecular C9H9HgNaO2S
Massa molar 404.81 g/mol
Aparência White or slightly yellow powder
Densidade 500 kg/m³ [carece de fontes?]
Ponto de fusão

234 °C [1]

Solubilidade em água solúvel (1000 g·l-1 a 20 °C) [1]
Riscos associados
MSDS External MSDS
NFPA 704
NFPA 704.svg
1
3
1
 
Frases R R26/27/28 R33 R35
Frases S S1/2 S13 S28 S36 S45 S60 S61
Ponto de fulgor 250°C [carece de fontes?]
LD50 75 mg·kg-1 (Camundongo, per os) [2]
Compostos relacionados
Compostos com a ligação mercúrio - enxofre relacionados Timefornato de sódio (um sulfonato)
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Tiomersal ou timerosal é uma substância normalmente utilizada como conservante em certos medicamentos e vacinas[3] .

Foi o princípio ativo do Merthiolate fabricado pela Lilly. Atualmente, o anti-séptico de uso tópico é uma marca da Hypermarcas e usa a clorexidina como princípio ativo.

Há uma tendência a bani-lo de medicamentos e vacinas, devido a sua alta toxicidade. O seu uso em vacinas gerou muita controvérsia nos EUA, recentemente. Algumas pesquisas sugeriram que o mercúrio, componente principal do tiomersal, causa autismo em crianças. Nada foi comprovado, mas as autoridades de saúde usaram o principio precaucionista. Outra corrente acusa a influente indústria farmacêutica de fazer lobby para "abafar" essa informação. [4]

Nos últimos anos, a comunidade científica tem sido confrontada com acusações de encobrir provas de que o mercúrio em vacinas infantis causa autismo. O timerosal, um conservante de vacinas à base de mercúrio, está sob vigilância e investigação pública e profissional- e tem seu uso largamente questionado- devido à crescente conscientização de sua presença em vacinas infantis . A principal alegação é que o composto exporia crianças aos prováveis efeitos neurológicos atribuídos ao mercúrio. O uso desse elemento- um conhecido neurotóxico- em vacinas não é novo. Ele é usado desde os anos 30 para reduzir a contaminação por fungos e bactérias na abertura e manipulação dos frascos multidoses. [4]

Apesar de a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarar que não há nível seguro para o mercúrio, contraditoriamente recomenda seu uso em vacinas. Por isso, a maioria dos países, incluindo o Brasil, usa vacinas conservadas com timerosal em seus programas de imunização. [4]

No Brasil, em 8 de Junho de 2001, o Diário Oficial da União publicou a Resolução nº 528, do Ministério da Saúde (de 17 de Abril do mesmo ano), que suspendeu a venda de produtos à base de timerosal (como o mertiolate e o mercurocromo) em todo o país. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu o uso desse composto alegando tratar-se de uma substância mercurial que oferecia risco de toxidade aos usuários. Em seu comunicado à imprensa, a Anvisa diz que a decisão foi tomada "tendo em vista a tendência mundial da diminuição da exposição de seres humanos a produtos à base de derivados de mercúrio", e determina a imediata "proibição da utilização de derivados de mercúrio em medicamentos fabricados no Brasil, exceto vacinas". O comunicado esclarece ainda que "o tiomersal (derivado de mercúrio) não será usado como remédio, mas apenas como conservante de vacinas, por recomendação da Organização Mundial da Saúde". [4]

Já é consenso científico (corroborado pela OMS) que: a) o mercúrio é toxico; b)as crianças, nos primeiros meses de vida, são mais suscetíveis a interferências no desenvolvimento neurológico causado pela exposição ao mercúrio; e c) prevenir exposição ao mercúrio nos períodos críticos do desenvolvimento do sistema nervoso central deve ser objeto de estratégias de saúde pública. [4]


Merthiolate[editar | editar código-fonte]

Fórmula antiga

Cada ml continha:

  • Timerosal 100 mg,
  • Álcool (95%),
  • Acetona,
  • Veículo aquoso q.s.p;
Nova fórmula

Cada ml contém:

Notas e referências

  1. a b Registo de Thiomersal na Base de Dados de Substâncias GESTIS do IFA, accessado em 3 de Dezembro de 2007.
  2. (en) « Timerosal » em ChemIDplus.
  3. Infarmed. Utilização de tiomersal em vacinas de uso humano Circular Informativa N.º 052/CA Data: 2004-05-18. Visitado em 06/08/2009.
  4. a b c d e Marques, C. Rejane. (2008). "Uma casa dividida: as preocupações públicas com a segurança das vacinas". Ciência Hoje 42 (250): 26.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]