Timorante

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Timorante
Brasão desconhecido
Bandeira Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 17 de setembro - 69 anos
Fundação 17 de setembro de 1945
Gentílico timoratense
Localização
Unidade federativa  Pernambuco
Mesorregião Sertão Pernambucano IBGE/2008[1]
Microrregião Araripina IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Exu e Moreilândia (norte); Granito (leste) e Bodocó (oeste)
Distância até a capital (Via BR - 232*)  631 km 8h53min
(Via BR - 316 e BR - 232*)  697 km 9h52min
( Via BR - 507 e BR - 232*) 9h52min 689
km
Características geográficas
Área Não disponível
População 4 387 hab.
Densidade Área?
Clima Semiárido BSh
Fuso horário UTC−3
Página oficial

-- Obs.: * Dados obtidos em Google Maps --

Timorante é um distrito brasileiro do estado de Pernambuco, localizado no Sertão Pernambucano, interior do estado, as margens da BR – 122, é um lugarejo que atualmente é administrado por dois antigos municípios: Exu e Granito. Fundado como Timorante em 17 de setembro de 1945, completando 69 anos de história e sua instituição de grande importância é a Escola Estadual Nelson Araújo.

Historia[editar | editar código-fonte]

Antigamente em uma baixa de terras planas e férteis, um pequeno vilarejo crecia em meio do Sertão Pernambucano na região do Araripe, eventualmente devido as grandes enchentes na época este pequeno vilarejo enfrentava um problema de emundação e por este motivo se via em risco de extinção. Para isso era preciso mudar a vila para um local seco, espaçoso e que estivesse acima das águas que vinham das serras que a cercavam. Infelizmente Timorante não havia alguém a frente, para ajudar nesta situação, mas havia nesta época dois grandes fazendeiros donos de grande par de terras acima das águas, eles doarão partes de suas terras que se locarizam hoje na BR – 122, que corta parte do estado ligando Juazeiro da Bahia até o Juazeiro do Norte no Ceará. Em 1945, ago como nome de Timorante, é um dos maiores e mais importantes distritos pernambucanos.

Timorante é dividido[editar | editar código-fonte]

Localizado na BR–122, à 20 km da sede do município de Exu, e à 23 km da sede do município de Granito, Timorante é um dos maiores e mais importantes distritos de Pernambuco. Até meados da década de 2000 - 2010, o distrito pertencia apenas ao município de Exu. Mas, logo teve o seu território subdividido, e uma parte dele passou a integrar política e geograficamente a cidade de Granito. Essa subdivisão originou a atual Vila Bela Vista (a parte granitense de Timorante). Esta parte na época foi adimistrada pela prefeitura municipal do Granito, e o seu prefeito foi o sr. João Bosco Lacerda, que com, uma boa administração construio uma grande escola com quadra coberta que hoje é de grande referência na região. Até hoje luta pela sua emancipação, mas como dito, não há quem esteja a frente e não tem autonomia própria para se manter, pois por estar estrategicamente em boa localização, Exu e Granito, burlam as normas para evitar que esta idéia tome forças, um de seus recursos de autonomia é a sua instituição de ensino.

Instituição[editar | editar código-fonte]

A Nelson Araújo surgiu em 1945, nesta época a sua cidade se mudava de nome e local devido às grandes enchentes, com isso o lugar necessitava de um lugar para educar os filhos de seus moradores, foi quando o ilustre prefeito da cidade de Exu o Sr. Romão Sampaio Filho, teve a preocupação de contribuir com a comunidade Timorantense.

Ainda com poucos anos de existência, em Timorante já existia um número significativo de pessoas, dessa forma o prefeito construiu a escola com a colaboração do Sr. Nelson da Costa Araújo que fez a doação do terreno. Além dele, outros cidadões do local dentre eles: Sr. Benevides Alves e seu irmão José Alves que também participaram do processo. Essa entidade educacional teve inicio somente com uma sala, área e dois banheiros, a mesma começou a funcionar em 1946, tendo como primeira professora e diretora, a senhora Emília natural do Rio de Janeiro. Em seguida veio uma do estado por nome de Maria Isabel Lopes. Como a escola contava apenas com uma sala, a professora tinha que dar aula de 1ª a 4ª série. Com todos juntos, ela separava a lousa em quatro partes e dava os conteúdos ao mesmo tempo. No inicio contou com a participação de 60 alunos, o que extrapolava por existir somente uma sala de aula.

Nessa época não existia uniforme, material escolar para distribuir com os alunos. Todo o trabalho da escola era exercido pelo professor. Em 1982, a escola ganhou impulso quando o prefeito José Peixoto de Alencar tomou posse e resolveu investir na escola, cujo 1º ato foi trazer uma diretora com cargo fixo, fez uma quadra, murou e aumentou a escola. A escola foi inaugurada e recebeu nome de “Nelson Araújo” em homenagem ao doador do terreno. Ainda em 1982 é entregue a chave da escola a diretora Nair Gomes de Araújo que permaneceu no cargo por muitos anos. Também nesta época, passa para o estado e é ampliada para funcionar de 5ª a 8ª série, com nome de Escola de 1 Grau, pelo fato de ensinar o ensino fundamental. Em 1985 saio à primeira turma de concluintes da escola.

A professora Ericelma de Albuquerque Fontes assumiu como diretora e permaneceu por certo período. Em substituição a professora Francisca Angélica assumiu a direção junto com a professora Maria de Fatima Ulisses na função de diretora adjunta, a professora Maria Dagmar Soares Cordeiro como secretaria, Augusta Morenos e Neusa Maria Alves Bacurau como educadoras de apoio.

No ano de 2005, a escola da um passo grande de crescimento e de modernidade, elege sua primeira diretora pelo voto direto, a diretora foi a professora Zenilda Justino da Silva Araújo sendo eleita através de votos dos alunos e integrantes da instituição, tendo a professora Maria Marlene Bezerra dos Santos, natural da cidade do Crato no Ceará, como diretora adjunta, Cândida Maria Ribeiro e Maristela Alves Jardim como educadoras de apoio, tendo novamente como secretaria Maria Dagmar Soares Cordeiro.

Em meados de 2009 - 2010, a escola passa por reformas de ampliação e modernização, passa ater diretoria e secretaria separadas, ganha uma biblioteca e um laboratório de informática, passa a ter o EJA, programa de Ensinamento de Jovens e Adultos. Já na metade de 2010 agora como Escola Estadual Nelson Araújo, a escola foi entregue e reinaugurada contando neste evento, esteve presente o excelentíssimo ilustre governador do estado de Pernambuco o Sr. Eduardo Campos, visita de entidade política nesta nova década. No dia 07 de dezembro de 2012, teve inicio a novas eleições e elegendo sua segunda diretora eleita pelo voto direto a Professora Maria Ocelma Loula, tendo pela segunda vez consecutiva a professora Marlene Bezerra dos Santos como diretora adjunta, Cândida Maria Ribeiro e Maria Deilda Justino como educadoras de apoio, e mais uma vez como secretaria Maria Dagmar Soares Cordeiro, sendo seu terceiro mandato na instituição, sendo a única funcionaria a permanecer neste cargo, desde 85, são três décadas de serviços prestados a instituição.

Doação das terras e a fundação de Timorante[editar | editar código-fonte]

Até a data da pesquisa e estutos sobre o assunto, não se sabe bem ao certo, como foi feito para os dois doassem ou vendessem partes de suas terras para a fundação de Timorante. Esssas terras abrange o que é agora a BR-122, o qual corta boa parte do distrito. No dia 17 de setembro de 1946, era fundado agora com nome de Timorante, que ao longo dos anos seria um dos maiores e mais importantes distritos do município de Exu e eventualmente participaria da história conturbada de conflitos e eventuais assassinatos do seu município, que também seria conhecido por ter o maior sanfoneiro da história e o maior exuense a ter sua fama em todo Brasil.O distrito tem como padroeiro o Bom Jesus da Lapa, que no mês de Agosto comemora-se a festa do padroeiro.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

EXU-PE: Distrito de Timorante - Homem é preso por porte ilegal de arma de fogo. (Por Nilson Macedo) [[1]]

Imagem do cartão postal de Timorante em: panoramio.com [[2]]