Tina Fey

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tina Fey
Fey na première do Baby Mama, protagonizado por ela.
Nome completo Elizabeth Stamatina Fey
Nascimento 18 de Maio de 1970 (43 anos)
Upper Darby, Pensilvânia,
 Estados Unidos
Ocupação Actriz, comediante, argumentista,
produtora de televisão
Cônjuge Jeff Richmond (2001 — presente)
Atividade 1994 — presente
Emmy Awards
Melhor Argumento para Programa de Variedade, Musical ou Comédia
2002 – Saturday Night Live
Melhor Série de Comédia
2007 – 30 Rock
200830 Rock
200930 Rock
Melhor Atriz em Série de Comédia
2008 – 30 Rock
2009 – 30 Rock
Melhor Argumento em Série de Comédia
2008 – 30 Rock
2013 – 30 Rock
Atriz Convidada em Série de Comédia
2009 – Saturday Night Live
Prêmios Globo de Ouro
Melhor Atriz - Série (Comédia ou Musical)
200830 Rock
200930 Rock
Prémios Screen Actors Guild
Melhor Atriz - Série de Comédia
2007 – 30 Rock
2008 – 30 Rock
2009 – 30 Rock
2013 – 30 Rock
IMDb: (inglês) (português)

Elizabeth Stamatina "Tina" Fey (Upper Darby, 18 de Maio de 1970) é uma comediante, actriz e argumentista norte-americana, mais conhecida por seu trabalho no programa de televisão humorístico Saturday Night Live (SNL), na série cómica transmitida pela National Broadcasting Company (NBC) 30 Rock, e em filmes como Mean Girls (2004) e Baby Mama (2008).

Fey começou a trabalhar com humor como uma artista convidada no The Second City, um grupo de comédia de improvisação baseado em Chicago. Ela, então, juntou-se ao SNL como argumentista, tornando-se mais tarde na argumentista-chefe e numa artista conhecida por sua posição como co-apresentadora do segmento Weekend Update. Em 2004, ela adaptou o argumento de Mean Girls, no qual também co-estrelou. Depois de deixar o SNL em 2006, criou a sua própria série de televisão, 30 Rock, uma comédia de situação vagamente baseada em suas experiências como guionista-chefe do SNL. Na série, Fey interpreta a guionista principal de uma série fictícia de comédia, intitulada The Girlie Show with Tracy Jordan (TGS). Em 2008, a actriz estrelou a comédia Baby Mama ao lado da ex-co-estrela do SNL Amy Poehler. De seguida, apareceu nos filmes de comédia de 2010 Date Night e Megamind.

Durante a sua carreira, Fey recebeu sete Emmy Awards, três Globos de Ouro, quatro Screen Actors Guild Awards e quatro Writers Guild of America Awards. Além disso, recebeu uma nomeação para um Grammy Award em 2012 pelo livro Bossypants. Ela foi apontada como a artista que teve o maior impacto na cultura e no entretenimento em 2008 pela Associated Press, que a atribuiu o prémio "Animadora do Ano" por seu retrato satírico da candidata vice-presidencial republicana Sarah Palin em várias aparições no SNL. Em 2010, Fey foi a vencedora do Prémio Mark Twain para Humor Americano, sendo a mais jovem vencedora do prémio até então. Em Janeiro de 2013, juntamente com Poehler, Fey apresentou a cerimónia dos Globos de Ouro, marcando assim a primeira vez que a entrega de prémios foi apresentada por pessoas do sexo feminino. O desempenho da dupla foi bastante aclamado pela crítica, ao ponto de elas terem sido convidadas novamente a apresentar as cerimónias dos dois anos seguintes.

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Fey nasceu e cresceu no município de Upper Darby, Pensilvânia.

Elizabeth Stamantina Fey nasceu em Upper Darby, Pensilvânia — um município a oeste do estado de Filadélfia.[1] [2] Ela é filha de Zenobia "Jeanne" (nascida Xenakes), uma correctora de ascendência grega,[3] e de Donald Fey, um estudante universitário com descendência alemã e escocesa.[4] [5] Ela tem um irmão chamado Peter, que é oito anos mais velho.[1] [6]

Lembro-me de os meus pais me esgueirarem para ver Young Frankenstein. Nós também assistíamos o Saturday Night Live, ou Monty Python, ou filmes antigos da Marx Brothers. Meu pai nos deixava ficar acordados até tarde para assistirmos The Honeymooners. Nós não fomos autorizados a assistir The Flintstones: o meu pai odiava porque o programa era um "plágio" de The Honeymooners. Na verdade, tenho um nível muito baixo de conhecimento dos Flintstones para alguém da minha idade.
 
Fey ao recordar os seus primeiros anos e o gosto pela comédia.[7] [8] ,

Ela também cresceu a assistir o Second CityTelevision (SCTV) e cita Catherine O'Hara como um modelo a seguir.[9]

Fey estudou na Escola Primária Cardington e mais tarde na Escola de Ensino Médio Beverly Hills em Upper Darby.[10] Enquanto estava no ensino médio, ela já sabia que estava interessada em comédia, chegando a fazer um projecto de estudo independente sobre o assunto na oitava série escolar.[7] Foi uma aluna exemplar, membro do coro musical, do grupo de teatro, da equipa de ténis e co-editora do jornal da escola.[11] [12] Ela também anonimamente escreveu uma coluna satírica no jornal da escola: The Acorn.[13] Após a sua graduação em 1988, Fey se matriculou na Universidade da Virgínia, onde estudou dramaturgia e interpretação de papéis,[14] concluindo o curso em 1992 com um diploma de Bachelor of Arts em drama.[15]

Carreira[editar | editar código-fonte]

1997 — 2006: Saturday Night Live[editar | editar código-fonte]

Enquanto fazia apresentações em concertos com o The Second City em 1997, Fey apresentou vários enredos ao programa de televisão humorístico da National Broadcasting Company (NBC), Saturday Night Live (SNL), a pedido do argumentista-chefe do mesmo, Adam McKay, um ex-artista do The Second City.[16] Após uma reunião com o criador e produtor executivo do programa, Lorne Michaels, ela foi contratada como guionista do mesmo, o que fez com que se mudasse para a cidade de Nova Iorque, o local onde ocorriam as filmagens do programa.[17] Fey disse ao jornal The New Yorker: "Eu tinha os meus olhos no programa desde sempre, da mesma forma que outras crianças têm os seus olhos em Derek Jeter."[3] Originalmente, Fey "batalhou" no SNL. A sua primeira esquete a ser transmitida estrelou Chris Farley numa sátira de Sally Jessy Raphael. A actriz passou a escrever uma série de paródias, incluindo uma do The View, um programa diurno transmitido pela American Broadcasting Company (ABC). Fey co-escreveu a esquete Sully e Denise com a actriz Rachel Dratch, que interpreta uma dos adolescentes.[18]

Ele [Lorne Michaels] me colocou na televisão, e ninguém teria feito isso. Lorne criou um programa que impactou a cultura durante 35 anos. Ninguém realmente conseguiu sucessivamente fazer uma réplica disso.
 
Fey ao falar sobre como Lorne Michaels influenciou a comédia.[19] ,

Fey interpretou um extra em um dos episódios do SNL em 1998, e depois de assistir a si mesma, resolveu fazer uma dieta e perdeu 30 quilos.[20] [21] "Eu tinha um peso completamente normal. Mas eu estava aqui na Cidade de Nova Iorque, eu tinha dinheiro e eu não poderia comprar qualquer roupa. Depois que eu perdi peso, houve interesse em me colocar na frente das câmaras.", disse ela ao The New York Times.[22] Em 1999, McKay deixou o cargo de argumentista-chefe, o que levou Michaels a abordar Fey para a posição. Ela tornou-se a primeira mulher a assumir o título de guionista-principal do SNL, um marco que é venerado por si.[23]

Em 2000, Fey começou a apresentar-se em esquetes e juntamente com o comediante Jimmy Fallon, tornaram-se nos co-apresentadores do segmento Weekend Update.[24] A artista disse que não pediu para fazer audições, mas que Michaels a aproximou do cargo.[25] Este explicou que houve "química" entre Fey e Fallon. Lorne, no entanto, revelou que a escolha de Tina foi "arriscada" na época.[26] Seu papel no Weekend Update foi bem recebido pela crítica especialista. Ken Tucker, da revista electrónica Entertainment Weekly, escreveu: "... Fey oferece tais dardos — piadas cheias de veneno escritas em longas e precisas frases analisadas sem precedentes na história do Update — com uma fisionomia tão brilhante e ensolarada que faz dela ainda mais diabolicamente encantadora".[27] Dennis Miller, um ex-membro do elenco do SNL e apresentador do Weekend Update, ficou satisfeito com Fey como uma dos apresentadores para o segmento: "... Fey pode ser a melhor apresentadora do Weekend Update que já o fez. Ela escreve as mais engraçadas piadas".[28] No entanto, Robert Bianco, do USA Today, comentou que "não estava enamorado" com o emparelhamento.[29]

Em 2001, a actriz e a equipa de argumentistas venceram um Writers Guild of America Award pelo episódio especial aquando do 25º aniversário do SNL. No ano seguinte, na cerimónia dos Emmy Awards, Fey, juntamente com a equipa de guionistas, venceu na categoria "Melhor Argumento para um Programa de Variedade, Música ou Comédia".[30]

A parceria de Fey e Fallon terminou em Maio de 2004, quando este apareceu pela última vez como um membro do elenco.[31] Ele foi substituído pela novata Amy Poehler,[32] marcando assim a primeira vez que duas mulheres co-apresentavam o Weekend Update.[33] Fey revelou ter "contratado" Poehler como sua co-apresentadora para o segmento. A recepção ao emparelhamento de Tina e Poehler foi positiva; Rachel Sklar, do Chicago Tribune, observou que "o emparelhamento tem sido um hilariante, e bem sucedido passo-perfeito, uma vez que elas alternam entre si com rápidas linhas-únicas e apresentações sem expressão".[34]

Em Setembro de 2005, a actriz ganhou licença de maternidade após o nascimento da sua primeira filha.[35] Durante este tempo, seu papel no Weekend Update foi substituído por Horatio Sanz durante diversas semanas antes do seu retorno a 22 de Outubro de 2005. Fey abandonou o seu trabalho no SNL na temporada televisiva de 2005-2006, deixando Poehler como apresentadora do Weekend Update.[36]

2006 — 2013: 30 Rock[editar | editar código-fonte]

Fey durante as filmagens do episódio "Ludachristmas" no Rockefeller Center em Outubro de 2007.[37]

Em 2002, Fey sugeriu um episódio piloto para uma comédia de situação sobre notícias de televisão a cabo à rede de televisão National Broadcasting Company (NBC), que rejeitou a proposta.[38] O piloto foi reformulado para girar em torno de uma série do estilo do SNL, e foi então aceite pela rede. Ela assinou um contrato com a NBC em Maio de 2003, que lhe permitiu permanecer em sua posição de argumentista-principal do SNL durante a temporada televisiva de 2004-05. Como parte do contrato, Fey desenvolveu um projecto do horário nobre a ser produzido pela Broadway Video em associação com a NBC Universal.[39] Fey começou a desenvolver o projecto do piloto sob o título "Untitled Tina Fey Project".[40] O episódio piloto, dirigido por Adam Bernstein, é centrado na argumentista-principal de um programa de variedades e como ela construiu o seu relacionamento com a estrela volátel do programa e com seu produtor executivo.[41] [42] Em Outubro de 2006, o piloto foi transmitido na NBC sob o nome 30 Rock. O nome do seriado é uma referência ao 30 Rockefeller Plaza, onde o SNL é produzido. Embora o episódio tenha recebido críticas geralmente favoráveis, terminou em terceiro lugar no seu horário de exibição.[43] [44]

"Há um grande punhado de personagens aqui, todos com um vasto potencial cómico. Obviamente, a melhor personagem da série é a de Alec Baldwin. Ele é tão sem noção e mesmo assim confiante. O homem realmente entende de comédia e tem uma química fantástica com Fey. Mesmo os guionistas e o estagiário da NBC tiveram alguns grandes momentos no seriado. Além disso, as coisas loucas que saem da boca de Tracy Morgan são engraçadas de forma confundível. (ou seja, 'Eu sou do governo e estou aqui para inspecionar os nuggets de frango.') Morgan vai ter algumas grandes frases, mas elas vão ser das do tipo que têm de ser aprofundadas por um segundo antes de você ter de pausar o seu TiVo e partir o coco a rir."

— A colunista Anna Johns na sua análise do episódio piloto de 30 Rock.[45]

A NBC renovou 30 Rock para uma segunda temporada, com a previsão de que fossem filmados vinte e dois episódios. Esta teve início em Outubro de 2007 com o episódio "SeinfeldVision"; no entanto, apenas quinze episódios foram produzidos, devido à greve dos argumentistas do Writers Guild of America (2007-08).[46] A terceira temporada da série estreou a 30 de Outubro de 2008, após outra renovação contratual. "Do-Over", o episódio de estreia da temporada, registou a maior audiência do seriado desde o episódio piloto.[47] Em Janeiro de 2009, a emissora renovou 30 Rock para uma quarta temporada, que foi emitida na temporada televisiva de 2009-10.[48]

Em 2007, Fey recebeu uma nomeação ao Emmy Award na categoria "Melhor Actriz em Série de Comédia".[49] [50] O seriado em si venceu o Emmy no mesmo ano para "Melhor Série de Comédia".[51] Em 2008, a actriz venceu a categoria "Melhor Actriz em Série de Comédia" nos Globos de Ouro,[52] Screen Actors Guild (SAG) Awards[53] e Emmy Awards.[54] No ano seguinte, Fey voltou a vencer o Globo de Ouro e o SAG Award na mesma categoria, e foi nomeada para um Emmy.[55] [56] Ainda em 2008, ela ganhou destaque no SNL fazendo imitações de Sarah Palin, ex-candidata à vice-presidência dos Estados Unidos. A semelhança física entre as duas tornou as imitações ainda mais interessantes, e segundo a edição de Dezembro de 2008 da revista Vanity Fair (com a comediante na capa), a actriz havia se tornado na mais nova "queridinha da América".[56]

No início de 2010, Fey recebeu uma nomeação ao Globo de Ouro na categoria "Melhor Actriz em Série de Comédia ou Musical", e venceu o SAG Award para "Melhor Actriz em Série de Comédia".[57] [58] 30 Rock foi renovada para a temporada de 2010-11 em Março de 2010.[59] [60] Fey sempre disse que a sua inspiração no seriado era a actriz Julia Louis-Dreyfus, tendo sido esta última usada para personalizar a sua personagem em sequências de cutaway no primeiro episódio de 30 Rock emitido ao vivo.[61] A série iria retornar para uma sexta temporada na temporada televisiva de 2011-12,[62] mas devido à segunda gravidez de Fey,[63] [64] a estreia foi adiada para Janeiro de 2012 em um novo horário. Dezassete dias antes da conclusão da sexta temporada a 27 de Maio do mesmo ano, a NBC havia renovado a série para uma sétima e última temporada de treze episódios, sendo que o episódio final teria uma hora de duração.[65] [66]

Nós achamos que o mundo de Tina Fey e achamos que ela é um génio da comédia. Nós esperámos que ela tenha um lar na NBC nos anos futuros.
 
Robert Greenblat, o Presidente da NBC, a confirmar o cancelamento de 30 Rock.[67] ,

A 25 de Setembro de 2012, Fey assinou um contrato de quatro anos com a Universal Television.[68] "Ela tem sido a pedra angular da emissora pelos últimos dez anos e não havia maneira de nós a deixarmos escapar. É uma medição da nossa estima por ela como uma argumentista, actriz e produtora", disse Robert Greenblatt, Presidente da divisão de Entretenimento da NBC.[69]

2013 — presente: Novos projectos[editar | editar código-fonte]

A 13 de Agosto de 2013, foi reportado que a argumentista Colleen McGuinness, com quem Fey já trabalhou em 30 Rock, estava a produzir uma comédia a ser transmitida pela NBC. Três dias depois, foi noticiado que Matt Hubbard, que também trabalhou em 30 Rock, havia vendido uma série para a emissora. Fey e Robert Carlock foram seleccionados pela rede para serem os produtores executivos de ambos seriados.[70] [71] O projecto de Hubbard recebeu luz verde pela NBC nos fins de Dezembro do mesmo ano, sendo confirmada a direcção e produção executiva de Pamela Fryman. O enredo centra-se numa universidade para mulheres que começa a aceitar homens pela primeira vez na história.[72]

A 31 de Outubro, a NBC encomendou 13 episódios de uma série de televisão que tinha sido desenvolvida e apresentada por Fey e Carlock. Estrelada por Ellie Kemper, o seu enredo centra-se numa mulher que foge de um culto do dia do juízo final e recomeça a sua vida na Cidade de Nova Iorque. "Tina e Robert, que cimentaram a sua parceria em 30 Rock, criaram uma nova comédia para nós que é audaciosa, emocional e inteligente", disse Robert Greenblat. A dupla irá escrever os argumentos dos episódios e irá ainda produzir executivamente com David Miner.[73]

Vozes originais como Tina e Robert não surgem com tanta frequência e nós queríamo-los no ar o mais rápido possível. E tê-los a trabalhar com Ellie Kemper — quem vimos crescer em The Office desde actriz convidada até actriz principal — põe todo o pacote bem misturado. Nós sentimo-nos abençoados por estar em trabalho com esta equipa criativa em algo tão engraçado, único e recebedor-de-atenção
 
Jennifer Salke, presidente da NBC Entertainment, a expressar a sua gratidão por trabalhar novamente com Fey e Carlock.[74] ,

Aparições no cinema[editar | editar código-fonte]

Fey e Amy Poehler na estreia norte-americana do filme Baby Mama no Festival de TriBeCa na cidade de Nova Iorque em 2008.

Em 2002, Fey apareceu na comédia surreal Martin & Orloff.[75] Ela fez sua estreia como a argumentista e co-estrela da comédia adolescente Mean Girls (2004). Personagens e comportamentos no filme são baseados na sua vida como estudante de ensino médio na Escola Secundária de Upper Darby e no livro não-ficcional Queen Bees and Wannabes, de Rosalind Wiseman.[76] [77] O elenco inclui outros ex-membros do elenco do Saturday Night Live, incluindo Tim Meadows, Ana Gasteyer e Amy Poehler. Mean Girls recebeu críticas favoráveis e foi um sucesso de bilheteria, arrecadando cerca de USD 129 milhões em todo o mundo.[78]

Em uma entrevista de 2004, Fey expressou que gostaria de escrever e dirigir filmes nos quais tivesse papéis pequenos.[11] Em 2006, ela trabalhou em um argumento de filme para a produtora Paramount Pictures, que teria a participação do actor Sacha Baron Cohen, sob o nome Curly Oxide and Vic Thrill, baseada espontaneamente na história verídica de um músico de rock chassídico.[79] [80] Em 2007, ela fez parte do elenco da comédia de animação Aqua Teen Hunger Force Colon Movie Film for Theaters interpretando a mãe de Aqua Teens: um burrito gigante.[81]

Fey e Poehler, sua ex-colega de elenco do SNL, estrelaram a comédia Baby Mama em 2008. O enredo do filme, que foi escrito e dirigido por Michael McCullers,[82] centra-se em Kate (Fey), uma mulher de negócios que quer ter uma criança, mas ao descobrir que tem apenas uma chance em um milhão de engravidar, decide encontrar uma substituta: Angie (Poehler), uma intrigante lixo-branco.[83] Baby Mama recebeu opiniões mistas, mas muitos críticos apreciaram o desempenho de Fey.[84] Todd McCarthy, da revista Variety, escreveu: "Fey é uma delícia de assistir ao longo do filme. Capaz de transmitir as intenções de Kate e sentimentos através da aparência simples e inflexões, ela nunca melodramatiza a sua situação; nem mesmo quando seu lado eficiente e perfeccionista se torna arrogante."[85] O filme arrecadou mais de USD 64 milhões em bilheteiras norte-americanas.[86]

Os projectos de Fey após 2008 incluíram oferecer a sua voz à personagem Lisa na versão em língua inglesa do filme de animação japonês Gake no Ue no Ponyo (intitulado Ponyo para o seu lançamento nos EUA).[87] Em 2009, apareceu em The Invention of Lying ao lado dos actores Ricky Gervais, Jennifer Garner, Rob Lowe e Jonah Hill.[88] [89] Seu papel seguinte em um filme foi na comédia de Shawn Levy de 2010: Date Night, cujo enredo se concentra em um casal, interpretado por Fey e Steve Carell, que vai jantar na cidade; porém, a noite corre mal para os dois quando são confundidos por assassinos.[90] Ainda em 2010, ela interpretou Roxanne Ritchie, uma repórter de televisão, no filme de animação da DreamWorks, Megamind.[91] Com um total de USD 321 milhões arrecadados a nível mundial, Megamind é o trabalho de maior sucesso comercial da actriz até ao momento.[92] O filme arrecadou USD 173 milhões fora dos EUA e USD 148 milhões no mercado interno.[90]

Em Julho de 2010, foi anunciado que Fey iria estrelar uma comédia intitulada Mommy & Me junto com a actriz galardoada Meryl Streep, que iria interpretar a sua mãe. O filme seria dirigido por Stanley Tucci.[93] Em Janeiro de 2011, foi reportado que a actriz iria co-estrelar com Paul Rudd em uma dramédia romântica intitulada Admission (2013), baseada no romance de mesmo nome de Jean Hanff Korelitz. Dirigido por Paul Weitz,[94] o filme foi recebido com opiniões mistas pela crítica especialista, recebendo uma avaliação de 38% no Rotten Tomatoes, baseando-se em 143 resenhas.[95] [96]

Foi revelado em Agosto de 2013 que Hubbard estava a escrever o guião do que seria um filme para Fey, a ser produzido pela Universal Pictures.[97]

Personificações de Sarah Palin[editar | editar código-fonte]

Fey (esquerda) a imitar Sarah Palin, ao lado de Amy Poehler (direita) a imitar Hillary Clinton durante um episódio do Saturday Night Live.

Entre Setembro a Novembro de 2008, Fey fez frequentes aparições no Saturday Night Live para interpretar uma série de paródias da candidata vice-presidencial republicana Sarah Palin.[98] No episódio de estreia da trigésima quarta temporada, emitido na noite de 13 de Setembro de 2008, Fey imitou Palin em uma esquete, ao lado de Amy Poehler a imitar Hillary Clinton. Suas imitações incluíam a provocação de Clinton a Palin sobre seus "óculos de Tina Fey".[99] A esquete tornou-se rapidamente no vídeo viral mais assistido de sempre da página online da NBC, com um total aproximado de 5 milhões e 700 mil visualizações na quarta-feira seguinte.[100] Fey repetiu o seu papel nos programas que foram transmitidos nas noites de 4, 18 de Outubro — em que ocorre a aparição real de Palin — e 1 de Novembro — em que ela se juntou a John McCain e a sua esposa Cindy McCain.[101] O episódio de 18 de Outubro teve as melhores audiências de qualquer outra exibição ao vivo do SNL desde 1994.[102] No ano seguinte, Fey venceu um Emmy Award na categoria "Melhor Actriz Convidada em Série de Comédia" por sua personificação de Palin.[103] A artista voltou ao SNL em Abril de 2010, e repetiu a sua imitação de Palin em uma esquete intitulada Sarah Palin Network.[104] Ela mais uma vez fez a sua imitação de Palin quando apresentou o Saturday Night Live na noite de 8 de Maio de 2011.[105]

Em Dezembro de 2009, a revista electrónica Entertainment Weekly incluiu este desempenho na sua lista de "Melhores de", publicada no fim da década.[106]

Outros trabalhos[editar | editar código-fonte]

Fey no lançamento de Bossypants (2011), sua auto-biografia, em Nova Iorque.

Em 2000, Fey fez uma parceria com Rachel Dratch, sua colega no Saturday Night Live, intitulada Dratch & Fey, um show de duas mulheres da Off Broadway desempenhado no Upright Citizens Brigade Theater em Nova Iorque.[107] A produção foi bem recebida pela crítica especialista.[108] Tim Townsend, do jornal The Wall Street Journal, na análise de Dratch & Fey, escreveu que a parte divertida de vê-las interpretar foi "ver como elas são confortáveis ​​uma com a outra". Ele concluiu que a produção "não se trata de duas mulheres a serem engraçadas [...] Dratch e Fey são apenas engraçadas. Ponto".[109] Uma das esquetes do SNL, Sully e Denise, teve origem no The Second City em Chicago.[17]

A 13 de Agosto de 2007, Fey fez uma aparição na série de televisão infantil Sesame Street, no episódio "The Bookaneers".[110] Ela apareceu como júri convidada no episódio de 25 de Novembro de 2007 do programa de televisão Iron Chef America.[111] Fey apareceu na campanha da Disney "Ano de um Milhão de Sonhos" como a fada Sininho, junto com Mikhail Baryshnikov como Peter Pan e a modelo brasileira Gisele Bündchen como Wendy Darling.[112] Ela também fez comerciais para o cartão de crédito da empresa American Express.[113]

A 23 de Fevereiro de 2008, Fey apresentou o primeiro episódio do SNL após a greve de 2007-08 do Writers Guild of America.[114] Devido à essa aparição, ela foi nomeada para um Emmy Award na categoria "Melhor Desempenho Individual em um Programa de Variedade ou Musical".[115] Fey apresentou o programa pela segunda vez a 10 de Abril de 2010, e por esta participação, recebeu uma nomeação ao Emmy de "Melhor Actriz Convidada em uma Série de Comédia".[116]

A 5 de Abril de 2011, o seu primeiro livro, uma comédia autobiográfica intitulada Bossypants, foi lançada para as lojas.[117] A obra recebeu uma crítica positiva do New York Times e ainda uma nomeação ao Grammy Award na categoria "Melhor Álbum de Palavra Falada".[118] Ainda em 2011, ela narrou The Secret Life of Girls, um documentário de rádio de duas horas de duração produzido pela The Kitchen Sisters. Fey introduziu histórias de mulheres e raparigas de todo o mundo, e também partilhou algumas memórias da sua juventude e vida adulta.[119]

Em 2012, Tina fez a sua estreia como cantora na faixa "Real Estate", da mixtape Royalty do cantor Childlish Gambino. Na canção, ela canta os seus versos de rap na última parte. Gambino, que é o nome de palco de Donald Glover, já escreveu episódios para 30 Rock.[120]

Na noite de 13 de Janeiro de 2013, juntamente com Amy Poehler, Fey apresentou a cerimónia dos prémios Globos de Ouro. O desempenho da dupla foi bastante apreciado pela crítica, tanto que elas foram convidadas a apresentar novamente nas cerimónias de 2014 e 2015.[121] [122]

Na média e cultura popular[editar | editar código-fonte]

Fey na San Diego Comic-Con International em Julho de 2010 durante uma conferência de imprensa do filme Megamind.

Fey apareceu na lista Hot 100 da revista Maxim no número oitenta em 2002.[123] Ela foi nomeada como uma das cinquenta pessoas mais bonitas pela revista People em 2003,[124] e uma das cem pessoas mais bonitas da mesma revista em 2007,[125] 2008 e 2009.[126] [127] Em 2007, a artista foi incluída na edição dos 100 mais bonitos da revista People,[128] e ainda ocupou a sétima colocação na lista Hot 100 do portal online LGBT AfterEllen.com.[129] Ela repetiu a sua aparição no ano seguinte, tendo sido votada como a número um da lista.[130]

Em 2001, a Entertainment Weekly chamou Fey de uma dos seus "Animadores do Ano" por seu trabalho no Weekend Update.[131] Ela novamente foi nomeada para um dos "Animadores do Ano" da revista em 2007, e se posicionou no número dois em 2008.[132] [133] Em 2009, foi nomeada como a quinta pessoa da Entertainment Weekly na sua lista de "15 Animadores do Ano" de 2000.[134] Os editores de jornais e produtores de transmissão da Associated Press votaram Fey para ser a "AP Animadora do Ano", como a artista que teve o maior impacto na cultura e entretenimento em 2008, citando a bem sucedida imitação de Sarah Palin no SNL.[135] Ela apareceu na lista anual das "100 Celebridades Mais Poderosas" da revista Forbes nos anos de 2008, 2009 e 2010 nos número 99, 86, e 90, respectivamente.[136] [137] [138]

Em 2007, o New York Post incluiu a actriz na lista das "50 Mulheres Mais Poderosas de Nova Iorque" no número 33.[139] Tina foi uma das "100 Pessoas Mais Influentes do Mundo" de acordo com a revista Time nos anos de 2007 e 2009.[140] O artigo seleccionado de Fey para a lista de 2009 foi escrito pela co-estrela de 30 Rock, Alec Baldwin.[141] Ela foi escolhida por Barbara Walters como uma das "10 Pessoas Mais Fascinantes da América" em 2008.[142]

Em 2011, a actriz posicionou-se no topo da lista das "Actrizes Mais Bem Pagas da TV" da revista Forbes.[143] A artista foi mencionada no décimo episódio da sitcom Happy Endings, "Bo Fight", quando a personagem Penny Hartz (Casey Wilson) diz que "gostaria de ser uma chefe fixe, eu gostaria de ser como a Tina Fey".[144] [145]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Tina Fey ao lado de seu marido Jeff Richmond em Abril de 2010 na estreia americana do filme Date Night.

Fey é casada com Jeff Richmond, compositor de vários temas musicais para 30 Rock''.[146] Eles se conheceram no The Second City em Chicago e namoraram por sete anos antes de se casarem em uma cerimónia Ortodoxa Grega a 3 de Junho de 2001. Desde o casamento, o casal teve duas filhas: Alice Zenobia Richmond (nascida a 10 de Setembro de 2005) e Penelope Athena Richmond (nascida a 10 de Agosto de 2011).[147] [148] [149] Em Abril de 2009, Fey e Richmond compraram um apartamento de USD 3 milhões e 400 mil no Upper West Side em Nova Iorque.[150]

A actriz tem uma cicatriz de poucos centímetros no lado esquerdo do seu queixo e na bochecha. Em uma entrevista com o casal na edição de Janeiro de 2009 da revista Vanity Fair, Richmond revelou que a cicatriz resultou de um incidente de corte que aconteceu quando ela tinha apenas cinco anos.[151]

Filantropia[editar | editar código-fonte]

O trabalho filantrópico de Fey inclui o seu apoio ao Autism Speaks, uma organização que patrocina a pesquisa do autismo.[152] [153] Em Abril de 2008, ela participou no Night of Too Many Stars, um concerto beneficente de comédia para a educação de crianças com autismo.[154]

A actriz também é uma defensora da Mercy Corps, um serviço de assistência a nível global e organização em desenvolvimento, em sua campanha para acabar com a fome no mundo.[155] Fey narrou um vídeo para o Centro de Acção do Mercy Corps em Nova Iorque, descrevendo a fome como um sintoma de muitos maiores problemas no mundo.[156] Ela também apoia a Love Our ​​Children, organização norte-americana que combate a violência contra as crianças, que a nomeou uma das Mães que fizeram a diferença em 2009.[157] [158] Ela foi a porta-voz nacional em 2009 para a Light the Night Walk, organização que beneficia a Sociedade de Leucemia & Linfoma.[159]

Em Junho de 2010, foi anunciado que ela iria receber uma estrela no Passeio da Fama de Hollywood em 2011, mas até ao momento, o acontecimento ainda não se realizou.[160]

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

Fey tem variados créditos na televisão e no cinema, quer como argumentista ou actriz. Seu primeiro trabalho como actriz foi no Saturday Night Live em 1998, interpretando vários papéis diferentes durante a sua estadia como membro do elenco principal. De seguida, ela participou no seu primeiro filme, Martin & Orloff (2003), uma comédia escrita e estrelada Matt Walsh e Ian Roberts. Mean Girls (2004), o seu segundo filme, cujo argumento foi escrito por si mesma, foi um sucesso de crítica e bilheteira. Em 2008, a actriz apareceu no seu primeiro filme onde assumia o papel principal, Baby Mama. No filme também há participações de vários membros colegas de Fey no SNL, incluindo Amy Poehler e Seth Meyers. Em 2010, ela interpretou Claire Foster ao lado do actor Steve Carrell no filme Date Night, um outro sucesso de crítica. Ela foi a argumentista-chefe do SNL entre os anos de 1999 e 2006, até a sua saída para ir trabalhar em 30 Rock, no qual interpretava a personagem Liz Lemon.

Como argumentista[161]
Ano(s) Título Média Observações Ref.
1997–2006 Saturday Night Live Televisão
  • Argumentista-chefe (1999–2006).
[162] [163]
2004 Mean Girls Cinema [164] [165]
2006—13 30 Rock Televisão [166] [167]
2011 "Personal History: Lessons from Late Night" Artigo
  • Publicado na edição de 14 de Março do The New Yorker (pg. 22-26).
[168]
Bossypants Literatura [169] [170]
Saturday Night Live Televisão
  • Esquete adicional na noite de 17 de Dezembro.
[171]
Como actriz[172]
Ano(s) Título Média Papel Observações Ref.
1998–2006,
2008, 2010,
2011, 2013
Saturday Night Live Televisão Vários [162] [163]
2002 Martin & Orloff Cinema Mulher Sulista [177]
2004 Mean Girls Sra. Norbury
  • Estrela vários colegas do Saturday Night Live.
[178]
2005 Upright Citizens Brigade Televisão Kerri Downey
  • Episódio "ASSSSCAT Improv".
[179]
2006 Artie Lange's Beer League Cinema Secretária do Ginásio [180]
Man of the Year Ela própria
  • O Weekend Update, com Fey e Amy Poehler como apresentadoras, foi incluído no filme.
[181]
2006—13 30 Rock Televisão Liz Lemon
  • Papel principal.
[182]
2007 Aqua Teen Hunger Force Colon Movie Film for Theaters Cinema Burrito Gigante
  • Voz.
[183]
2008 Baby Mama Kate Holbrook
  • Reequipa-se com Amy Poehler, colega do SNL;
  • Papel principal.
[83]
2009 Ponyo Lisa
  • Voz na versão em língua inglesa.
[87]
2009 The Invention of Lying Shelley [184]
Sponge Bob's Truth or Square Televisão Ela própria [185] [186]
2010 Date Night Cinema Claire Foster [187]
Megamind Roxanne Ritchi
  • Voz
[188]
2011 Phineas and Ferb Televisão Annabelle [189]
2012 iCarly Ela própria
  • Episódio: "iShock America"
[190]
2013 Prémios Globo de Ouro de 2013 Apresentadora [121]
The Simpsons Mrs. Cantwell
  • Voz;
  • Episódio: "Black Eyed, Please"
[191]
Admission Cinema Portia Nathan [94]
2014 Prémios Globo de Ouro de 2014 Apresentadora [122]
Muppets Most Wanted Nadya [192]
This Is Where I Leave You Wendy Foxman [193]
2015 Prémios Globo de Ouro de 2015 Apresentadora [122]

Prémios e nomeações[editar | editar código-fonte]

Fey já venceu e foi nomeada para uma variedade de prémios diferentes. Por entre estes, se destacam as nomeações para "Melhor Actriz em Série de Comedia" nos Globos de Ouro, nos Screen Actors Guild Awards e nos Emmy Awards.[49] [194] Ela venceu o SAG Award para "Melhor Actriz em Série de Comédia" por três anos consecutivos (2008, 2009 e 2010).[195] [196] [197] Também foi nomeada sete vezes ao prémio Emmy na categoria "Emmy Award para Melhor Actriz em Série de Comédia", vencendo somente em 2008.[198]

Fey foi também nomeada para os prémios por dez vezes por seu desempenho como argumentista, vencendo o Emmy em 2008 e 2013 pelos episódios "Cooter" e "Last Lunch", respectivamente, ambos da série de televisão 30 Rock, e os The Comedy Awards em 2011.[198] [199] Em 2005, Tina recebeu uma nomeação aos Teen Choice Awards por seu trabalho como comediante.[200] A actriz também venceu o prémio de "Melhor Série de Comédia" pelo seu trabalho como produtora executiva e guionista por várias vezes pela série 30 Rock e pelo programa Saturday Night Live (SNL), incluindo nos Writers Guild of America Awards, nos prémios Emmy, nos Globos de Ouro, entre outros.[201] [194]

Até Outubro de 2013, Tina Fey já havia sido nomeada para mais de 54 prémios diferentes, vencendo mais de 22 destas. Em 2012, ela recebeu uma nomeação ao Grammy Award para "Melhor Álbum de Palavra Falada", perdendo para o livro If You Ask Me (And of Course You Won't) da actriz americana Betty White.[118]

Gráficos de sucessão
Precedido por
Ricky Gervais e Stephen Merchant por The Office
Writers Guild of America Award para "Melhor Série de Comédia"
2007 — 2009
Sucedido por
Steven Levitan e Christopher Lloyd por Modern Family
Precedido por
Anne Hathaway por Bride Wars
Teen Choice Award para "Melhor Actriz de Comédia em Cinema"
2010
Sucedido por
Cameron Diaz por Bad Teacher
Precedido por
America Ferrera por Ugly Betty
Screen Actors Guild Award para "Melhor Actriz em Série de Comédia"
2007 — 2009
Sucedido por
Betty White por Hot in Cleveland
Precedido por
Bill Cosby
Prémio Mark Twain para "Humor Americano"
2010
Sucedido por
Will Ferrell
Precedido por
America Ferrera por Ugly Betty
Golden Globe Award para "Melhor Actriz em Série de Comédia ou Musical"
2007 — 2008
Sucedido por
Toni Collette por United States of Tara
Precedido por
N/A
Emmy Award para "Melhor Argumento em Programa de Variedade, Música ou Comédia"
2002
2008
Sucedido por
The Daily Show with Jon Stewart
Chris Rock por Chris Rock: Kill the Messenger
Precedido por
America Ferrera por Ugly Betty
Emmy Award para "Melhor Actriz em Série de Comédia"
2008
Sucedido por
Toni Collette por United States of Tara
Precedido por
Kathryn Joosten por Desperate Housewives
Emmy Award para "Melhor Actriz Convidada em Série de Comédia"
2009
Sucedido por
Betty White por Saturday Night Live

Referências[editar | editar código-fonte]

Notas de rodapé

  1. a b Hiltbrand, David (6 de Maio de 2004). A 'grounded' Tina Fey expands her territory to movies (em inglês). Elon. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  2. "Tina Fey". Rachael Ray. NBC Universal. National Broadcasting Company. 11 de Outubro de 2007 (2007-10-11). 60 minutos.
  3. a b Heffernan, Virginia. (3 de Novembro de 2003). "Annals of Entertainment: Anchor Woman; Tina Fey rewrites late-night comedy" (em inglês). The New Yorker.
  4. Willard, Chris (1 de Dezembro de 2008). Tina Fey Reveals Trauma Behind Her Scar (em inglês). People. Página visitada em 24 de Dezembro de 2011.
  5. Armstrong, Stephen (22 de Fevereiro de 2009). Tina Fey and the success of 30 Rock (em inglês). The Times. Página visitada em 24 de Dezembro de 2011.
  6. Tina Fey: Bookish bombshell (em inglês). The Today Show. MSNBC. Associated Press (4 de Maio de 2004). Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  7. a b Murray, Noel (1 de Novembro de 2006). Interviews: Tina Fey (em inglês). The A.V. Club. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  8. Whitty, Stephen. (25 de Abril de 2004). "'SNL' writer sneaks uplifting messages into teen movie" (em inglês). The Star-Ledger.
  9. Levine, Stuart (30 de Julho de 2007). Tina Fey (em inglês). Variety. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  10. Parede da Fama — Tina Fey (em inglês). Parede da Fama da Escola Secundária Upper Darby. Arquivado do original em 23 de Julho de 2007. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  11. a b Stein, Joel (18 de Abril de 2004). Goddess of the Geeks (em inglês). Time. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  12. Snarker, Dorothy (6 de Dezembro de 2007). Tina Fey talks to "Playboy" (em inglês). Playboy. AfterEllen.com. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  13. Dunn, Jancee (Abril de 2008). Tina Fey: Funny Girl (em inglês). Reader's Digest. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  14. Tina Fey Gets the Last Laugh (em inglês). Fox News. Fox Broadcasting Company (25 de Abril de 2004). Página visitada em 27 de Dezembro de 2011. "Back in the late 1980s, Fey and the other 'AP-class brainiac nerds', as she called her clique, used to sit together in the lunchroom at suburban Philadelphia's Upper Darby High School, making up nasty nicknames for their classmates"
  15. Adams, Guy (4 de Outubro de 2008). Tina Fey: Queen of satire (em inglês). The Independent. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  16. Levin, Gary. (8 de Fevereiro de 2011). "Fey makes way in funnyman's world" (em inglês). USA Today: 04.D.
  17. a b Gay, Jason (4 de Março de 2011). Meet Four-Eyed New Sex Symbol, 'Weekend Update' Anchor Tina Fey (em inglês). The New York Observer. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  18. Freydkin, Donna (22 de Abril de 2004). Fey gets her skewers out (em inglês). USA Today. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  19. How Lorne Michaels became comedy's most powerful man (em inglês). MSNBC (23 de Abril de 2011). Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  20. Booth, William. (5 de Maio de 2004). "Behind the glasses, Fey is a former mean girl" (em inglês). The Washington Post.
  21. Meter, Jonathan Van. (Março de 2010). "Miss Tina Regrets" (em inglês). Vogue: 461.
  22. Witchel, Alex (25 de Novembro de 2001). Counterintelligence; 'Update' Anchor: The Brains Behind Herself (em inglês). The New York Times. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  23. Everit, George (10 de Maio de 2004). SuicideGirls Interview with Tina Fey (em inglês). SuicideGirls. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  24. Baldwin, Kristen (10 de Maio de 2002). Tina Fey and Jimmy Fallon: Update with Destiny (em inglês). Entertainment Weekly. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  25. Wolk, Josh (4 de Outubro de 2000). 'Night' Crew (em inglês). Entertainment Weekly. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  26. Kennedy, Randy (12 de Outubro de 2000). A First for Fake News; 'Weekend Update' Pairs Female Anchors, but the Goal Is Comedy, Not Equal Opportunity (em inglês). The New York Times. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  27. Tucker, Ken (2 de Março de 2001). Saturday Night Live — TV Review (em inglês). Entertainment Weekly. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  28. Winters, Rebecca (15 de Dezembro de 2003). 10 questions for Dennis Miller (em inglês). Time. CNN. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  29. Bianco, Robert (19 de Março de 2011). Critic's Corner: Robert Bianco (em inglês). USA Today. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  30. O'Neil, Tom (9 de Outubro de 2008). Do Tina Fey + Sarah Palin = Emmy Award? (em inglês). Los Angeles Times. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  31. Kennedy, Randy (12 de Outubro de 2004). A First for Fake News; 'Weekend Update' Pairs Female Anchors, but the Goal Is Comedy, Not Equal Opportunity (em inglês). The New York Times. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  32. Sklar, Rachel. (10 de Dezembro de 2004). "Live from New York, it's Ladies Night!" (em inglês). Chicago Tribune: 32. RedEye.
  33. Kennedy, Randy (12 de Outubro de 2004). A First for Fake News; 'Weekend Update' Pairs Female Anchors, but the Goal Is Comedy, Not Equal Opportunity (em inglês). The New York Times. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  34. Traister, Rebecca (13 de Dezembro de 2005). Tina Fey makes Broadsheet's day (em inglês). Salon.com. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  35. It's A Girl For '30 Rock's' Tina Fey & Husband Jeff Richmond (em inglês). Access Hollywood. Yahoo! TV (12 de Agosto de 2011). Página visitada em 24 de Dezembro de 2011.
  36. Klatell, James M. (22 de Julho de 2006). That's The News For Tina Fey (em inglês). Associated Press. CBS News. Columbia Broadcasting System. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  37. 30 Rock on Ice! 30 Ricecapades! (em inglês). Popsugar. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  38. Poniewozik, James (18 de Setembro de 2006). Do Not Adjust Your Set (em inglês). Time. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  39. Schneider, Michael (5 de Maio de 2003). Peacock updates 'SNL' anchor's deal (em inglês). Variety. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  40. Friend, Tad (24 de Abril de 2006). Shows About Shows (em inglês). The New Yorker. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  41. "Pilot". Director(es): Adam Bernstein; Escritor(es): Tina Fey. 30 Rock. NBC Universal. National Broadcasting Company. 11 de Outubro de 2006 (2006-10-11). No. 1, 1ª temporada. 30 minutos.
  42. Adalian, Josef (1 de Fevereiro de 2005). Bruck finds 'Ring' leader (em inglês). Variety. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  43. Allan, Marc D. (22 de Agosto de 2007). Polished 'Rock' Rolls On (em inglês). The Washington Post. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  44. Kissell, Rick (12 de Outubro de 2006). NBC's 'Rock' solid in premiere (em inglês). Variety. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  45. Johns, Anna (12 de Outubro de 2006). 30 Rock: Pilot (series premiere) (em inglês). TV Squad. AOL. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  46. '30 Rock' renewed by optimistic NBC (em inglês). The Today Show. Associated Press. MSNBC (8 de Abril de 2007). Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  47. Starr, Michael. (1 de Novembro de 2008). "'Rock' Rolls" (em inglês). New York Post: 57.
  48. NBC Renews '30 Rock,' 'The Office,' 'Biggest Loser' (em inglês). Associated Press (10 de Agosto de 2010). Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  49. a b 59th Primetime Emmy® Awards (PDF) (em inglês). Academy of Television Arts & Sciences (16 de Setembro de 2007). Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  50. Gold, Matea (8 de Agosto de 2009). Will Tina Fey get the last laugh? (em inglês). Los Angeles Times. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  51. Kronfeld, Melissa Jane (19 de Setembro de 2007). TINA: JERRY JOINS ‘ROCK’ (em inglês). New York Post. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  52. HFPA — Awards Search (em inglês). Golden Globe Awards. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  53. Germain, David (27 de Janeiro de 2008). 'No Country' Wins Key SAG Prizes (em inglês). The Huffington Post. Associated Press. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  54. Follmer, Max (27 de Janeiro de 2008). Tina Fey and Jeff Probst Win Emmy Awards (em inglês). People. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  55. Ledger and Winslet win again at SAG awards (em inglês). The Sydney Morning Herald. Associated Press (26 de Janeiro de 2009). Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  56. a b O'Neil, Tom (20 de Setembro de 2009). '30 Rock' repeats at Emmys but Toni Collette among new faces (em inglês). Los Angeles Times. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  57. Druten, Rebekah van (18 de Janeiro de 2010). Avatar wins best film (em inglês). ABC News. American Broadcasting Company. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  58. Puig, Claudia (23 de Janeiro de 2010). Bullock, Bridges take top SAG acting honors (em inglês). USA Today. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  59. NBC Unveils 2010-11 Primetime Schedule Accented By Five New Comedies, Seven New Dramas and New Alternative Program (em inglês). National Broadcasting Company (16 de Maio de 2010). Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  60. Stelter, Brian (8 de Março de 2010). Renewed: '30 Rock,' 'Office' and 'Community' (em inglês). The New York Times. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  61. Julia Louis-Dreyfus (em inglês). People. Página visitada em 11 de Novembro de 2012. "After winning an Emmy for outstanding lead comedic actress in 2008, Tina Fey thanked Julia Louis-Dreyfus. 'When I don't know how to quite play a scene, my husband will say just try to act like Julia Louis-Dreyfus,' she said. 'So thank you, Julia, that is really working out for me.'"
  62. NBC Picks Up Emmy-Winning Comedy "30 Rock" for Another Season Through 2011-12 (em inglês). The Futon Critic (15 de Novembro de 2010). Página visitada em 4 de Dezembro de 2011.
  63. Stahler, Kelsea (15 de Maio de 2011). NBC Moves '30 Rock' to Midseason (em inglês). Hollywood. Página visitada em 4 de Dezembro de 2011.
  64. '30 Rock' Moved To Midseason Due To Tina Fey's Pregnancy (em inglês). The Huffington Post (16 de Maio de 2011). Página visitada em 4 de Dezembro de 2011.
  65. Seidman, Robert (10 de Maio de 2012). Updated (2): 'Parenthood' Renewed; '30 Rock' Renewed for a Final Season + Picks Up Dramas 'Do No Harm' & 'Infamous' (em inglês). Página visitada em 11 de Maio de 2012.
  66. Seidman, Robert (7 de Maio de 2012). '30 Rock' Closes in on Final Season Renewal (em inglês). Página visitada em 11 de Maio de 2012.
  67. Etkin, Jaimie (14 de Maio de 2012). '30 Rock' Final Season: Season 7 Will Be The Last (em inglês). The Huffington Post. Página visitada em 11 de Maio de 2012.
  68. Wallenstein, Andrew (25 de Setembro de 2012). Tina Fey inks 4-year pact with Universal TV (em inglês). Variety. Página visitada em 25 de Setembro de 2012.
  69. Harnick, Chris (25 de Setembro de 2012). Tina Fey Signs New Universal TV Deal (em inglês). The Huffginton Post. Página visitada em 25 de Setembro de 2012. "She's been a cornerstone of the network for over the past 10 years and there was just no way we were going to let her get away"
  70. Redação (13 de Agosto de 2013). Development Update: Tuesday, August 13 (em inglês). The Futon Critic. Página visitada em 28 de Janeiro de 2014.
  71. Redação (16 de Agosto de 2013). Development Update: Friday, August 16 (em inglês). The Futon Critic. Página visitada em 28 de Janeiro de 2014.
  72. Secelean, Andra (29 de Dezembro de 2013). Tina Fey’s Comedy Pilot Directed by Pamela Fryman Gets Pilot Order (em inglês). mxdwm.com. Página visitada em 28 de Janeiro de 2014.
  73. NBC Orders 13 Episodes of New Tina Fey, Robert Carlock Comedy Starring Ellie Kemper (em inglês). The Futon Critic (31 de Outubro de 2013). Página visitada em 28 de Janeiro de 2014.
  74. Bibel, Sara (31 de Outubro de 2013). NBC Orders 13 Episodes of New Comedy Written by Tina Fey & Robert Carlock & Starring Ellie Kemper (em inglês). TV by the Numbers. Zap2it. Página visitada em 28 de Janeiro de 2014.
  75. Drucker, Michael (31 de Outubro de 2005). IGN: Martin & Orloff (em inglês). IGN. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  76. Otto, Jeff (23 de Abril de 2004). IGN Interviews Tina Fey (em inglês). IGN. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  77. Grimm, Bob (6 de Maio de 2004). School Warfare (em inglês). Tucson Weekly. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  78. Mean Girls (2004): Reviews (em inglês). Metacritic. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  79. Freydkin, Donna (26 de Outubro de 2006). The many faces of Sacha Baron Cohen (em inglês). USA Today. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  80. Steinberg, Jacques. (6 de Abril de 2006). "Tina Fey's Brash Bid for Prime Time" (em inglês). The New York Times: 2. ISSN 0362-4331.
  81. Piccalo, Gina (8 de Abril de 2007). Subversive. Incomprehensible. With fries. (em inglês). Los Angeles Times. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  82. Baby Mama Movie Reviews, Pictures (em inglês). Rotten Tomatoes. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  83. a b Schwarzbaum, Lisa (25 de Abril de 2008). Baby Mama — Movie Review (em inglês). Entertainment Weekly. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  84. Baby Mama (2008): Reviews (em inglês). Metacritic. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  85. McCarthy, Todd (20 de Abril de 2008). Baby Mama Review (em inglês). Variety. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  86. Baby Mama (2008) - Weekend Box Office Results (em inglês). Box Office Mojo. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  87. a b Turan, Kenneth. (13 de Agosto de 2009). "'Ponyo' Is a Charming Fish Story" (em inglês). Los Angeles Times.
  88. Adoption groups angry with 'Orphan' stereotypes (em inglês). San Francisco Chronicle. Associated Press (16 de Julho de 2009). Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  89. Fey Joins Gervais Comedy 'Truth' (em inglês). Entertainment Weekly (21 de Março de 2008). Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  90. a b Funny couple gets hitched (em inglês). The Province (17 de Agosto de 2009). Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  91. Ebert, Roger (3 de Novembro de 2010). Megamind (em inglês). Chicago Sun-Times. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  92. Fritz, Ben (8 de Abril de 2010). Movie projector: Steve Carell, Tina Fey do battle with 'Titans' (em inglês). Los Angeles Times. Tribune Company. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  93. Rowe, Douglas J. (28 de Julho de 2010). Fey and Streep to Play Daughter and Mother in Tucci-Directed Movie (em inglês). TV Guide. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  94. a b Tina Fey and Paul Rudd to Spark Romance in 'Admission' Adaptation (em inglês). First Showing (14 de Março de 2012). Página visitada em 10 de Abril de 2012.
  95. Admission [2013] (em inglês). Rotten Tomatoes. Página visitada em 4 de Abril de 2013.
  96. Admission (em inglês). Metacritic. Página visitada em 4 de Abril de 2013.
  97. Andreeva, Nellie (16 de Agosto de 2013). Fox Nabs Comedy From ‘30 Rock’s Matt Hubbard, Tina Fey & Robert Carlock And Universal TV With Series Commitment (em inglês). Deadline. Página visitada em 28 de Janeiro de 2014.
  98. Lennard, Natasha (6 de Junho de 2011). Fox confuses Tina Fey for Sarah Palin (em inglês). Página visitada em 29 de Dezembro de 2011.
  99. Pilkington, Ed (23 de Outubro de 2008). Tina Fey for Vice-President! (em inglês). The Sydney Morning Herald. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  100. Roberts, Soraya (11 de Abril de 2010). Tina Fey reprises Sarah Palin role on NBC's 'Saturday Night Live' for first time since 2008 (em inglês). New York Daily News. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  101. Carter, Bill (9 de Agosto de 2008). No Need for a Recount Here — Political Comedy Is Winning on 'Saturday Night Live,' 'Daily Show' and 'Colbert Report' (em inglês). The New York Times. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  102. Holmwood, Leigh (20 de Outubro de 2008). Sarah Palin helps Saturday Night Live to best ratings in 14 years (em inglês). The Guardian. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  103. You betcha — Tina Fey wins Emmy as Sarah Palin on 'SNL' (em inglês). Los Angeles Times (13 de Setembro de 2009). Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  104. Blas, Lorena (11 de Abril de 2010). Tina Fey launches Sarah Palin Network on 'SNL' (em inglês). USA Today. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  105. Barrett, Annie (8 de Maio de 2011). 'Saturday Night Live' review: Tina Fey celebrated Mother's Day early (em inglês). Entertainment Weekly. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  106. Thom Geier, Jeff Jensen, Tina Jordan, Margaret Lyons, Adam Markovitz, Chris Nashawaty, Whitney Pastorek, Lynette Rice, Josh Rottenberg, Missy Schwartz, Michael Slezak, Dan Snierson, Tim Stack, Kate Stroup, Ken Tucker, Adam B. Vary, Simon Vozick-Levinson, Kate Ward. (11 de Dezembro de 2009) "The 100 Greatest Movies, TV Shows, Albums, Books, Characters, Scenes, Episodes, Songs, Dresses, Music Videos, And Trends That Entertained Us Over The Past 10 Years" (em inglês). Entertainment Weekly: 74–84.
  107. Watson, Katie (20 de Outubro de 2000). How much is a Calista Flockhart impression worth? (em inglês). Salon.com. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  108. Hartmann, Cassidy (11 de Outubro de 2006). A Simple Twist of Fey (em inglês). Philadelphia Weekly. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  109. Townsend, Tim. Comic Duo Splits Sides (em inglês). The Wall Street Journal. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  110. Walsh-Boyle, Megan (13 de Agosto de 2007). Tina Fey 'Rocks Sesame Street's' World (and Vice Versa) (em inglês). TV Guide. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  111. "All-Star Holiday Dessert Battle". Iron Chef America. Food Network. 25 de Novembro de 2007 (2007-11-25). 46 minutos.
  112. Actress Julianne Moore, Swimmer Michael Phelps Live Out Their Disney 'Fantasea' In Ariel-Inspired Annie Leibovitz Photography; Celebrities Flip Their Fins in Latest Installment of Disney Dream Portrait Series (em inglês). Walt Disney Company (16 de Junho de 2006). Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  113. Freydkin, Donna (23 de Outubro de 2008). Tina Fey is between a 'Rock' and a funny place at 'SNL' (em inglês). USA Today. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  114. TV shows will dribble back after writers' strike (em inglês). Columbia Broadcasting System (13 de Fevereiro de 2008). Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  115. Nominations/Winners Primetime (em inglês). Emmy Awards. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  116. Porter, Rick (8 de Julho de 2010). Emmy nominations: The complete list (em inglês). Zap2it. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  117. Maslin, Janet (4 de Abril de 2011). Tina Fey Is Greek and Also Teutonic, but She Isn't a Troll (em inglês). The New York Times. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  118. a b 2012 Grammy Awards Nominees (em inglês). National Academy of Recording Arts and Sciences. Página visitada em 24 de Dezembro de 2011.
  119. Moore, Lane (11 de Maio de 2011). Tina Fey Takes You Inside The Hidden World Of Girls (em inglês). Jezebel. Página visitada em 15 de Outubro de 2013.
  120. Fowler, Tara (5 de Julho de 2012). Tina Fey raps on Childish Gambino's mixtape 'Royalty' - listen (em inglês). Digital Spy. Página visitada em 5 de Julho de 2012.
  121. a b Andreeva, Nellie (26 de Agosto de 2013). Tina Fey & Amy Poehler Approached To Return As Golden Globe Hosts (em inglês). Deadline. Página visitada em 2 de Outubro de 2013.
  122. a b c Tina Fey, Amy Poehler Return as Hosts of 2014, 2015 Golden Globe(R) Awards (em inglês). The Futon Critic (15 de Outubro de 2013). Página visitada em 15 de Outubro de 2013.
  123. Spitznagel, Eric (Novembro de 2003). Believer Interview with Tina Fey (em inglês). The Believer. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  124. Collins, Dan (30 de Abril de 2003). The (Most) Beautiful People Are Back! (em inglês). CBS News. Columbia Broadcasting System. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  125. People 18th Annual Most Beautiful List (PDF) (em inglês). CBS News. Columbia Broadcasting System (25 de Abril de 2007). Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  126. Nichols, Michelle (30 de Abril de 2008). Kate Hudson among People magazine's most beautiful (em inglês). Reuters. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  127. Pretty Funny (em inglês). People (11 de Maio de 2009). Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  128. Not So Ugly Betties (em inglês). People (7 de Maio de 2007). Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  129. The 2007 AfterEllen.com Hot 100 (em inglês). AfterEllen.com (7 de Junho de 2007). Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  130. Mucha, Peter (9 de Junho de 2008). Upper Darby's Tina Fey sexiest, website says (em inglês). The Philadelphia Inquirer. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  131. Baldwin, Kristen (21 de Dezembro de 2001). AP Entertainers of the Year: 8th — Tina Fey (em inglês). Entertainment Weekly. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  132. Shaw, Jessica. Entertainers of the Year: 25 Top Stars of 2007 (em inglês). Entertainment Weekly. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  133. Armstrong, Jennifer (14 de Novembro de 2008). Tina Fey: Entertainer of the year (em inglês). Entertainment Weekly. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  134. Armstrong, Jennifer. Tina Fey — 15 Entertainers of the 2000s (em inglês). Entertainment Weekly. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  135. AP names Tina Fey entertainer of the year (em inglês). San Francisco Chronicle. Associated Press (23 de Dezembro de 2008). Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  136. Miller, Matthew (11 de Junho de 2008). The Celebrity 100 (em inglês). Forbes. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  137. The 2009 Celebrity 100 (em inglês). Forbes (3 de Junho de 2009). Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  138. #90 Tina Fey (em inglês). Forbes (28 de Junho de 2010). Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  139. Standtmiller, Mandy. (13 de Maio de 2007). "Meet Gotham's Leading Ladies — New York's 50 Most Powerful Women" (em inglês). New York Post: 20.
  140. Poniewozik, James (3 de Maio de 2007). Tina Fey (em inglês). Time. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  141. Baldwin, Alec (30 de Abril de 2009). Tina Fey (em inglês). Time. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  142. Dimond, Anna (1 de Dezembro de 2008). Barbara Walters Gets Up Close with 2008's Most Fascinating People (em inglês). TV Guide. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  143. Eva Longoria, Marcia Cross top Forbes’ list of highest-paid TV actresses (em inglês). Indiavision News (29 de Setembro de 2011). Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  144. (#HE102) "Bo Fight" (em inglês). The Futon Critic (2 de Maio de 2011). Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  145. "Bo Fight". Director(es): Joe Russo; Escritor(es): David Caspe. Happy Endings. American Broadcasting Company. 18 de Maio de 2011 (2011-05-18). No. 2, 1ª temporada.
  146. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas People.2C.5Bobject_Object.5D.2C.C2.A0.2C.5Bobject_Object.5D.2C.E2.80.94_Bio
  147. Reardanz, Karen (1 de Outubro de 2005). 'SNL' Star Tina Fey Gives Birth to Girl (em inglês). San Francisco Chronicle. Associated Press. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  148. Hammel, Sara (12 de Agosto de 2011). Tina Fey Welcomes Daughter Penelope Athena (em inglês). People. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  149. Peterson, Todd (21 de Outubro de 2005). 'SNL's' Tina Fey Back From Maternity Leave (em inglês). People. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  150. Rovzar, Chris (21 de Abril de 2009). Tina Fey Upgrades on West End Avenue (em inglês). New York Magazine. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  151. Dowd, Maureen (Janeiro de 2009). What Tina Wants (em inglês). Vanity Fair. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  152. Upcoming Sponsored Events (em inglês). Autism Speaks. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  153. Burning Questions: What Is the Jigsaw Piece Everyone Is Wearing? (em inglês). People (15 de Janeiro de 2007). Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  154. Freydkin, Donna (13 de Abril de 2008). Comedians get serious in fundraising for autism (em inglês). USA Today. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  155. Tina Fey, Ann Curry, Nic Robertson Fight World Hunger; Lend Voices to Mercy Corps Action Center Interactive Exhibit (em inglês). Mercy Corps (17 de Setembro de 2008). Arquivado do original em 12 de Fevereiro de 2010. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  156. Hajela, Deepti (15 de Outubro de 2008). AP: Center Opens in NYC to Fight Global Hunger (em inglês). Mercy Corps. Associated Press. Arquivado do original em 12 de Fevereiro de 2010. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  157. Madigan, Nick (23 de Setembro de 2009). Fey's take on Palin earns her an Emmy (em inglês). Variety. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  158. Ordoña, Michael (2 de Abril de 2010). Fey, Carell share laughs in 'Date Night' (em inglês). San Francisco Chronicle. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  159. TINA FEY ANNOUNCED AS 2009 LIGHT THE NIGHT WALK (em inglês). Leukemia & Lymphoma Society. WNCN (22 de Abril de 2009). Arquivado do original em 12 de Fevereiro de 2010. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  160. Schneider, Michael (17 de Junho de 2010). Oprah, Neil Patrick Harris, Tina Fey to get Hollywood Walk of Fame stars (em inglês). Variety. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  161. Tina Fey (em inglês). Yahoo!. Página visitada em 24 de Dezembro de 2011.
  162. a b Hill, Julianne. (Agosto de 2000). "'SNL''s Tina Fey" (em inglês). Writer's Digest: 40.
  163. a b Writer and Actress Tina Fey (ÁUDIO) (em inglês). Fresh Air. National Public Radio (28 de Abril de 2004). Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  164. Weekend warrior (em inglês). Jam. Canoe Canada. Página visitada em 24 de Dezembro de 2011.
  165. Geier, Thom; Jensen, Jeff; Jordan, Tina; Lyons, Margaret; Markovitz, Adam; Nashawaty, Chris; Pastorek, Whitney; Rice, Lynette; Rottenberg, Josh; Schwartz, Missy; Slezak, Michael; Snierson, Dan; Stack, Tim; Stroup, Kate; Tucker, Ken; Vary, Adam B.; Vozick-Levinson, Simon; Ward, Kate. THE 100 Greatest MOVIES, TV SHOWS, ALBUMS, BOOKS, CHARACTERS, SCENES, EPISODES, SONGS, DRESSES, MUSIC VIDEOS, AND TRENDS THAT ENTERTAINED US OVER THE PAST 10 YEARS (em inglês). [S.l.]: Entertainment Weekly, 11 de Dezembro de 2009. 74-84 p. 1079/1080 vol.
  166. 30 Rock Exclusive Video Clips (em inglês). National Broadcasting Company. Página visitada em 12 de Abril de 2010.
  167. Dowd, Maureen (Janeiro de 2009). What Tina Wants (em inglês). Vanity Fair. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  168. Fey, Tina (14 de Março de 2011). Lessons from Late Night (em inglês). The New Yorker. Página visitada em 15 de Outubro de 2013.
  169. Fey, Tina. Bossypants (em inglês). Nova Iorque, Estados Unidos: Little, Brown and Co, 2011. ISBN 978-0316056861
  170. Fey, Tina. Bossypants (em inglês). Londres, Inglaterra: Hachette Audio, 2011.
  171. Lorne Michaels: All 'SNL' Cast Members Will Return This Season (em inglês). The Huffington Post (2 de Agosto de 2011). Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  172. Tina Fey (em inglês). Yahoo! Movies. Página visitada em 24 de Dezembro de 2011.
  173. Bogdanovich, Peter (11 de Agosto de 1999). SNL's Killer Contract (em inglês). The New York Observer. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  174. Baldwin, Kristen (10 de Maio de 2002). Update with Destiny (em inglês). Entertainment Weekly pp. (653):26. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  175. 2010 WGA Awards TV Nominees Announced (em inglês). Writers Guild of America. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  176. Waldman, Allison (1 de Setembro de 2008). Palin comparison ... GOP VP choice looks like a bunch of TV characters (em inglês). TV Squad. AOL. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  177. Martin & Orloff (em inglês). Martin & Orloff. Página visitada em 24 de Dezembro de 2011.
  178. Mean Girls (2004) (em inglês). Yahoo! Movies. Página visitada em 24 de Dezembro de 2011.
  179. About Upright Citizens Brigade (em inglês). Upright Citizens Brigade Theater. Página visitada em 24 de Dezembro de 2011.
  180. Artie Lange's Beer League (em inglês). Artie Lange's Beer League. Página visitada em 14 de Dezembro de 2011.
  181. Rabin, Nathan (17 de Outubro de 2008). Barry Levinson (em inglês). The A. V. Club. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  182. West, Kelly (1 de Abril de 2008). Interview: Tina Fey Talks About '30 Rock' (Part 1) (em inglês). Cinema Blend. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  183. Aqua Teen Hunger Force Colon Movie Film for Theaters (2007) (em inglês). Box Office Mojo. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  184. Movie The Invention of Lying - Box Office Data (em inglês). The-Numbers. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  185. Redação (24 de Julho de 2009). Bikini Bottom Confessions (em inglês). Animation. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  186. Gorman, Bill (10 de Novembro de 2009). Nickelodeon's SpongeBob SquarePants "Truth or Square" Grabs 7.7 Million Viewers, Tops Basic Cable (em inglês). TV by the Numbers. Zap2it. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  187. Siegel, Tatiana (13 de Abril de 2009). Wahlberg, Franco join 'Date Night' (em inglês). Variety. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  188. Redação (16 de Agosto de 2009). Ferrell, Pitt and Hill to voice Oobermind (em inglês). Superhero Hype!. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  189. Yoo, Jean. Phineas and Ferb—Show description (em inglês). Disney Channel Medianet. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  190. Schwartz, Terri (2 de Outubro de 2012). Tina Fey to appear with Jimmy Fallon on 'iCarly' (em inglês). From Inside the Box. Zap2it. Página visitada em 2 de Outubro de 2013.
  191. Weingus, Leigh (6 de Setembro de 2012). Tina Fey To Voice Teacher On 'The Simpsons' And More Casting News (em inglês). The Huffington Post. Página visitada em 2 de Outubro de 2013.
  192. Watson, Sheridan (6 de Agosto de 2013). 'Muppets Most Wanted' teaser trailer: Tina Fey and Ricky Gervais get in on the felt-covered fun -- VIDEO (em inglês). Entertainment Weekly. Página visitada em 2 de Outubro de 2013.
  193. Kit, Borys (28 de Fevereiro de 2013). Tina Fey Joining Jason Bateman in 'This Is Where I Leave You' (Exclusive) (em inglês). The Hollywood Reporter. Página visitada em 2 de Outubro de 2013.
  194. a b Nominations and Winners 2009 (em inglês). Hollywood Foreign Press Association. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  195. The 14th Annual Screen Actors Guild Awards (em inglês). Screen Actors Guild. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  196. McClintock, Pamela (27 de Janeiro de 2008). 'Country' takes top SAG film award (em inglês). Variety. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  197. The 15th Annual Screen Actors Guild Awards (em inglês). Screen Actors Guild. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  198. a b 60th Primetime Emmy® Awards (em inglês). Academy of Television Arts & Sciences (13 de Setembro de 2008). Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  199. Gorman, Bill (26 de Março de 2011). Winners For The First Annual "The Comedy Awards" Include David Letterman, Alec Baldwin, Tina Fey, Will Ferrell & More (em inglês). Comedy Central. Página visitada em 27 de Dezembro de 2011.
  200. Winners of "The 2005 Teen Choice Awards" Announced (em inglês). Teen Choice Awards. The Futon Critic. Página visitada em 24 de Dezembro de 2011.
  201. Winners Announced for 2010 Writers Guild Awards (em inglês) pp. 1. Writers Guild of America, West (20 de Fevereiro de 2010). Página visitada em 21 de Fevereiro de 2011.
Erro de citação: A etiqueta <ref> com nome "People.C2.A0.E2.80.94_Bio" definida em <references> não é utilizada no texto acima.

Leitura adicional[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Tina Fey
Portal A Wikipédia possui o
Portal Tina Fey


Precedido por
Adam McKay
Argumentistas-chefes do Saturday Night Live
1999 — 2006
Sucedido por
Seth Meyers, Paula Pell e Andrew Steele
Precedido por
Colin Quinn
Apresentadores do Weekend Update
2000 — 2006
Sucedido por
Amy Poehler e Seth Meyers

Este é um artigo destacado. Clique aqui para mais informações