Titanossauro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaTitanossauro
Titanosaurus.jpg

Estado de conservação
Extinta (fóssil)
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Superordem: Dinosauria
Ordem: Saurischia
Subordem: Sauropodomorpha
Infraordem: Sauropoda
Família: Titanosauridae
Género: Titanosaurus
Lydekker, 1877

O titanossauro (Titanosaurus indicus, do latim "lagarto titânico") foi uma espécie de dinossauro herbívoro e quadrúpede que viveu no fim do período Cretáceo, entre 83 e 65 milhões de anos atrás na região da Índia. Foi identificado em 1877 pelo paleontólogo Richard Lydekker. Dia 12 de Dezembro de 2014 foi encontrado na Argentina um fóssil de um individuo da espécie de proporções gigantescas. Segundo os cientistas que fizeram a descoberta, o animal teria em torno de 40 metros de comprimento e pelo menos 20 de altura, podendo ser o maior animal terrestre que já existiu

Tinha estreita relação com o Argentinossauro e provavelmente originou-se dos dinossauros que viajaram da América do Sul ao oriente através da África, numa época em que os continentes estavam fisicamente unidos.

Toda uma família de gigantes do período Cretáceo (titanossaurídeos) foi nomeada a partir desse dinossauro, muito embora poucas ossadas de Titanossauro tenham sido descobertas.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Os Titanossauros tinham cabeças pequenas, mesmo quando comparadas com outros saurópodes. O tamanho da cabeça era semelhante a cabeça de Camarassauros e de Braquiossauros, porém mais alongada. Suas narinas eram grandes ("macronarian") e todos eles tinham cristas formadas por estes ossos nasais. Seus dentes eram como estacas ou lápis, mas sempre foram muito pequenos.

Seus pescoços eram relativamente curtos, já que eram saurópodes, e suas caudas eram longas, mas não tanto como nos diplódocos. Enquanto a pelve (região do quadril) era mais magra do que a de alguns saurópodes, a região do peito era muito maior, dando-lhes uma única postura. Como resultado, as pegadas fossilizadas de titanossauros são nitidamente mais amplas do que as de outros saurópodes. Seus membros dianteiros eram atarracados, mas seus membros traseiros eram mais longos. Suas vértebras foram sólidas (não ocas), que pode ser um retrocesso para parentes mais primitivos. Sua coluna era mais flexível, para que eles provavelmente fossem mais ágeis do que os seus primos e melhor na criação dos filhotes.

Impressões de pele foram encontradas juntamente com os fósseis, e foi determinado que a pele de muitas espécies de titanossauro era blindada com um pequeno mosaico de pequenas "pedras".

Enquanto a maioria dos outros saurópodes eram enormes, muitos ficaram de tamanho médio em comparação com os outros dinossauros gigantes.

Outras espécies[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre dinossauros é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.