Titono

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Eos persegue um relutante Títono, que segura uma lira; c. 470 a.C. – 460 a.C. (Museu do Louvre)

Titono, filho de Laomedonte, na mitologia grega, era um irmão mais velho de Príamo, rei de Troia. Aurora apaixonou-se por ele, mas cometeu o equívoco de pedir a Júpiter que lhe concedesse a imortalidade, sem lhe pedir também a eterna juventude. Titono envelheceu tanto que Aurora encerrou-o num quarto escuro, onde ele acabou por tornar-se uma cigarra. No entanto, existe a versão da mitologia que diz que Aurora pediu a Zeus que transformasse Titono (Titone) em uma cigarra.

Titono e Aurora tiveram dois (ou três) filhos, dentre os quais Mêmnon, rei da Etiópia.

Família[editar | editar código-fonte]

Titono era filho de Laomedonte, filho de Ilus II e Eurídice, filha de Adrasto.[1] Laomedonte teve vários filhos: Titono, Lampus, Hicetaon, Podarces, [Nota 1] Hesíone, Cila,[1] Astíoque,[1] [2] Proclia,[3] Medesicaste, Étila[2] e Bucólio, este último filho da ninfa Calibe.[1]

A deusa Aurora (Eos) era um dos filhos dos titãs Hiperião e Teia, seus irmãos eram Hélio, o Deus Sol, e Selene, a Deusa Lua.[4]

Eos também havia raptado Céfalo, com quem teve um filho, Faetonte [5] ou, segundo outras versões, Titono.[6] [Nota 2]

Características[editar | editar código-fonte]

Titono é um dos dez homens mais belos na lista de Higino, junto de Iásio, filho de Ilítio, Cíniras, filho de Pafos e rei dos assírios, Anquises, filho de Assáraco, que foi amado por Vênus, Alexandre Páris, filho de Príamo e Hécuba, Nireu, filho de Charops, Céfalo, filho de Pandião, por quem Aurora se apaixonou, Partenopeu, filho de Meleagro e Atalanta, Aquiles, filho de Peleu e Tétis, Pátroclo, filho de Menécio, Idomeneu, que se apaixonou por Helena e Teseu, filho de Egeu e Etra, por quem Ariadne se apaixonou.[7]

Eos pediu a Zeus que desse a Titono vida eterna, mas esqueceu de pedir também juventude eterna, e quanto Titono começou a apresentar cabelos brancos na cabeça e na barba, Eos parou de frequentar sua cama, e quando Titono, de tão velho, não conseguia mais se mover, Eos o trancou em um quarto, onde ele fica balbuciando sem parar, sem forçar para mexer seus membros.[8]

Filhos[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Titono

Dentre os filhos de Titono, temos:

Notas e referências

Notas

  1. Podarces foi, mais tarde, chamado de Príamo
  2. Nesta versão que Titono é filho de Eos e Céfalo, Faetonte é filho de Titono. Em outras versões, Faetonte é filho de Hélio.

Referências

  1. a b c d Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, 3.12.2
  2. a b Tzetzes, Escólio sobre Licofrão, 921; Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, Epítome, 6.15c
  3. Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, Epítome, 3.24
  4. Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, 1.1.3
  5. Pausânias (geógrafo), Descrição da Grécia, 1.3.1
  6. Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, 3.14.3
  7. Higino, Fabulae, CCLXX. Aqueles que são os mais belos [em linha]
  8. Hinos Homéricos, Hino V: a Afrodite 218-238 [em linha]
  9. a b Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, 3.12.4
  10. Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, 2.5.11
  11. a b Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, Epítome, 5.3
  12. Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro IV, 75.4 [ael/fr][en][en]
  13. Neoptólemo, citado por (Pseudo-)Díctis de Creta, Ephemeridos belli Troiani, Livro VI, 10 [em linha]
Ícone de esboço Este artigo sobre mitologia grega é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.