Tiy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Tiy, Tii , Tiyi, Tiye, Tié ou Teye foi uma rainha do Antigo Egipto, Grande Esposa Real do faraó Amenófis III (Amenófis III) da XVIII dinastia. Foi também mãe de Amenófis IV (Amenófis IV ou Aquenáton) e de mais seis príncipes e princesas conhecidas.

Tiy em hieroglifos é
U33 i i Z4 B7

Segundo A. H. Sayce, que propôs esta hipótese em 1888, no ano seguinte à descoberta das cartas de Amarna, Teie era uma princesa síria, filha de Duiusratta, rei de Mitanni.[1] Ela se casou com Amenófis III, foi a mãe de Aquenáton, e era uma adoradora do disco solar; Aquenáton, ao assumir o trono, anunciou publicamente sua conversão à religião da mãe.[1]

No dia 21 de janeiro de 2006 uma equipe arqueológica da Universidade Johns Hopkins descobriu em Luxor, no Egito, uma estátua de granito que se pensa ser uma representação da rainha Tié. [2]

Porém no dia 23 de março de 2008 uma nova notícia percorreu o mundo: "Descoberta a estátua da rainha Tiy" [3]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b A. H. Sayce, Records of the Past, 2nd series, Vol. II (1888) V. Tablets of Tel El-Amarna Relating to Palestine in the Century Before the Exodus, Introduction [em linha]
  2. Johns Hopkins Team Discovers Statue of Egyptian Queen
  3. Descoberta a estátua da rainha Tiy
  • Revista ISTOÉ, 2 de abril 2008, N° 2004, pâg. 88ss

Bibliográficas[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Tiy