Tocolítico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Tocolíticos são medicações utilizadas para suprimir um trabalho de parto prematuro. Suprimem contracções uterinas. Em Medicina Veterinária são utilizados: isoxsuprina e clembuterol. Em humanos um efeito colateral, é a hiperplasia gengival [1]

Os bloquadores do canal da cálcio são a primeira opção de uso. Agem relaxando a musculatura lisa pois impedem a entrada de cálcio nas células miometriais. Exemplo: Nifedipina dose de ataque 10mg sublingual a cada 20 minutos até cessarem as contrações (dose máxima até 40mg). Dose de manutenção: 10mg via oral de 6 em 6 horas por 3 dias.

Os agonistas dos receptores beta adrenérgicos também podem ser utilizados, porém oferecem maiores riscos de efeitos colaterais como a retenção hídrica e edema pulmonar. As alternativas mais utilizadas dessa classe é a Terbutalina e o Salbutamol através de infusão endovenosa.

Complicações potenciais dos agentes tocolíticos:

- Nifedipina: hipotensão arterial.

- Agentes beta adrenérgicos: Edema pulmonar, hipocalemia, insuficiência cardíaca, isquemia miocárdica, hiperglicemia, hipotensão, arritmias cardíacas, morte materna.

- Sulfato de magnésio: Depressão respiratória, tetania materna, hipotensão arteral, parada cardíaca, paralisia muscular.

- Indometacina: Hepatite, insuficiência renal, sangramento digestivo, persistência do canal arterial fetal.

Notas e referências

Wiki letter w.svg Este artigo sobre farmácia é mínimo. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.