Tokugawa Iemitsu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tokugawa Iemitsu.

Tokugawa Iemitsu (徳川家光, Tokugawa Iyemitsu?, 12 de agosto de 1604 - 8 de junho de 1651) foi o terceiro shōgun da dinastia Tokugawa, e governou de 1623 a 1651. Ele era o filho mais velho de Tokugawa Hidetada e neto de Tokugawa Ieyasu.

Foi escolhido como shōgun em 1617 e assumiu o shogunato em todo o Japão em 1623, após seu pai abdicar. Ele ficou conhecido após emitir um edital em 1633 proibindo cristianismo no Japão e obrigou a população a registar-se junto aos templos. Devido a estas perseguições, em 1637 aconteceu a Rebelião de Shimabara, organizado por japoneses convertidos ao cristianismo. Muitos foram mortos e executados mais tarde. Em 1639, ele ordenou o isolamento do Japão do resto do mundo.

Foi o primeiro shōgun Tokugawa quem morre durante seu mandato, e não através de uma abdicação.

Precedido por
Tokugawa Hidetada
Tokugawa family crest.svg - 3º Shōgun Tokugawa
1623–1651
Sucedido por
Tokugawa Ietsuna

Notas[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]