Tola (Bíblia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Tola (em hebraico: תּוֹלָע, hebraico moderno: Tolaʻ, tiberiano: Tôlāʻ; "minhoca, larva") foi um dos juízes de Israel, cuja carreira está documentada em Juízes 10:1-2.

Antes de Tola, Israel teve sua primeira experiência com a monarquia, quando Abimeleque, filho do juiz Gideão (Jerubaal), tentou reinar sobre Israel[1] .

Tola, filho de Puá e neto de Dodo da tribo de Issacar, julgou Israel por 23 anos após a morte de Abimeleque e viveu em Samir, na montanha de Efraim, onde também foi enterrado[2] .

De todos os juízes bíblicos, a menor quantidade escrita é sobre Tola. Nenhuma das suas obras são registradas. A descrição inteira de Juízes 10:1-2 é a seguinte:

1Depois de Abimeleque, um homem de Issacar chamado Tolá, filho de Puá, filho de Dodô, levantou-se para libertar Israel. Ele morava em Samir, nos montes de Efraim,
2e liderou Israel durante vinte e três anos; então morreu e foi sepultado em Samir.

Pelos cálculos de Jerônimo de Estridão, Tola julgou Israel entre 1241 e 1219 a.C.[3]

Após a morte de Tola, o gileadita Jair foi o juiz de Israel[4] .

Referências

Precedido por
Gideão (juiz), sucedido por
Abimeleque (rei)
Juiz de Israel
1241 a 1219 a.C.
Sucedido por
Jair