Tomás Lopes de Camargo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Tomás Lopes de Camargo foi um sertanista natural de São Paulo, foi um dos descobridores e fundadores de Ouro Preto, pois estava na bandeira do Padre João de Faria Fialho.

Silva Leme descreve sua família no volume Vol I - pág. 181 e pág. 246 (Título Camargos) da sua «Genealogia Paulistana». Minerou algum tempo no Ribeirão do Carmo, e em 1701 com outros sertanistas, seguiu rumo ao norte, encontrando ribeiro aurífero onde se estabeleceu: nasceu assim o arraial dos Camargos.Esta povoação tinha importância regional na época do segundo império brasileiro, ali se situando inclusive a Chácara do Tesoureiro, propriedade rural de Manuel Teixeira de Sousa, primeiro Barão de Camargos, que ali mantinha plantações de chá com grande produção comercial. A localidade foi visitada, neste contexto, pelo explorador inglês Sir Richard Francis Burton, então no serviço diplomático da Coroa Britânica, conforme relato seu no livro "Travel to the Brazilian Highlands".

Era filho de Fernando Ortiz de Camargo o Moço casou em São Paulo com Paula da Costa Pais, filha de Martinho Pais de Linhares. Morreu em São Paulo onde foi inventariado em 1756.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.