Tomás Taveira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde setembro de 2010) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Tomás Taveira
Nome completo Tomás Cardoso Taveira
Nascimento 1938 (76 anos)
Lisboa
Nacionalidade Portugal portuguesa

Tomás Cardoso Taveira,(n. Lisboa, 1938) é um arquitecto português.

Depois de se formar na Escola Superior de Belas-Artes de Lisboa, obteve uma pós-graduação em Planeamento Regional e Urbano, pelo Massachusetts Institute of Technology, nos Estados Unidos. Leccionou na California State Polytechnic University e na Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa.

Exerce a sua profissão em Lisboa, sendo seguidor do estilo pós-moderno, com edifícios espelhados e elementos geométricos de cores garridas. Desenhou três novos estádios do Euro 2004.

Obras[editar | editar código-fonte]

Uma das Construções de Taveira, em Lisboa

Casos[editar | editar código-fonte]

Escândalo Sexual[editar | editar código-fonte]

Em Outubro de 1989, Tomás Taveira viu-se envolvido num escândalo sexual quando algumas gravações caseiras foram encontradas em cassetes de vídeo e enviadas para a revista portuguesa Semana Ilustrada. As gravações mostravam o arquitecto a ter relações sexuais, e fundamentalmente sexo anal, com diferentes jovens no seu gabinete nas Amoreiras, em Lisboa. Desde então, Taveira ganhou enorme notoriedade. A revista espanhola Interviú também publicou fotografias das cenas gravadas, que levaram o advogado de Taveira a processar a revista. As obscenas gravações com alto conteúdo sexual foram disponibilizadas em cassetes VHS que se propagaram rapidamente entre o público e, mais tarde, pela Internet. Devido a este escândalo e consequente publicidade negativa, Taveira enfrentou adversidades tanto no campo pessoal como no profissional até ao final da década de 1990.

UTL[editar | editar código-fonte]

Taveira foi Professor na Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa até 2003, quando foi expulso devido a um processo disciplinar.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. *La joya de Alvalade XXI 19 de Abril de 2012, deia.com. Página acedida em 27 de Abril de 2012.


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Artigos na Internet[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.