Tomy Tutor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tomy Tutor
computador doméstico
Tomy Tutor Transparent.png
Lançamento: 1982 (31–32 anos)
Descontinuado:  ?
Sistema operativo: Tomy Basic
Microprocessador: TI TMS9995 em 3 MHz
Memória: 16 KiB (padrão)—64 KiB (máxima)
Portal Tecnologias da informação

O Tomy Tutor foi um computador doméstico produzido pela fabricante de brinquedos japonesa Tomy. O micro não chegava a ser exatamente um clone barato do TI-99/4A, mas possuía muitos pontos em comum com ele (inclusive a UCP de 16 bits). Chegou a ser lançado nos mercados britânico e europeu em fins de 1983 (sob o nome de Grandstand Tutor). Fora do Japão, contudo, suas vendas não foram expressivas.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Produzido pela Matsushita, a máquina foi lançada no Japão em 1982 sob o nome de Tomy Pyuuta ("pyuuta" significa algo como "computador bacana" em japonês). Foi renomeado para GrandStand Tutor no Reino Unido, e em outros países onde foi vendido (EUA, França etc) ficou conhecido apenas por Tomy Tutor.

Uma das principais falhas apontadas no Tomy não era de hardware, mas de marketing: ele foi anunciado como um brinquedo, quando, na verdade, era praticamente uma versão barata do TI-99/4A.

O Tutor usou uma UCP 16 bits semelhantes pertencentes à mesma família (o TMS 9995 em vez do TMS 9900 da TI-99 / 4).[2] . (Ss demais concorrentes em sua faixa de preço ainda usavam microprocessadores de 8 bits).

Sem que suas qualidades fossem corretamente divulgadas e contando com um teclado apenas sofrível (onde destacava-se uma espantosa barra de espaços cor-de-rosa), o Tomy não pode fazer frente ao ZX Spectrum no Reino Unido e ao Commodore 64 em outros países. Acabou sendo retirado rapidamente do mercado e substituído, no ano seguinte, pelo Tomy Tutor MK II, com um teclado mecânico decente. Todavia, o novo modelo parece ter sido vendido apenas no Japão, e mesmo assim, por um curto período de tempo.

Características[editar | editar código-fonte]

UCP TI TMS9995 em 3 MHz
RAM 16 KiB—64 KiB (máxima)
ROM 32 KiB
Teclado "chiclete", 56 teclas
Display TMS 9918ANL, texto (32x24, 16 cores) e gráfico (256x192, 2 cores).
Som TI TMS9919, 3 vozes, ruído branco
Portas interface de gravador cassete, saída para TV, slot para cartucho, conector para joystick e porta de expansão genérica
Armazenamento fita magnética (600 bauds)

Referências

  1. (em inglês)-Tomy Tutor em oldcomputers.net. Acessado em 13 de março de 2008.
  2. (em inglês)-TI-vs-Tomy, Floodgap.com

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre hardware é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.