Tony Palmer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Tony Palmer (Londres, 29 de agosto de 1941) é um diretor inglês,[1] cuja principal obra foi a minissérie Wagner, de 1983, estrelada por Richard Burton. Sua obra inclui mais de 100 filmes, que vão desde os primeiros trabalhos com os Beatles, Cream, Jimi Hendrix. Rory Gallagher (Irish Tour '74) e Frank Zappa (200 Motels), para seus retratos clássicos que incluem perfis de Maria Callas, Margot Fonteyn, John Osborne, Ígor Stravinski, Richard Wagner, Yehudi Menuhin, Carl Orff, Benjamin Britten e Ralph Vaughan Williams.[2] Ele é também um encenador de teatro e ópera.

Referências

  1. The Telegraph UK 13 Sept 2009 South Bank Show review, The Last Bastion of Civilization on ITV. S. Heffer.
  2. O'Neill, Phelim (28 de julho de 2013). Tony Palmer: he's with the band (em inglês). The Guardian. Página visitada em 29 de junho de 2014.
Ícone de esboço Este artigo sobre cineastas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.