Tony Peluso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tony Peluso
Informação geral
Nome completo Tony Peluso
Nascimento 28 de março de 1950
País  Estados Unidos
Data de morte 5 de junho de 2010 (60 anos)
Gênero(s) Pop contemporâneo adulto
Instrumento(s) Guitarra
Voz
Período em atividade 1968 - 2010
Gravadora(s) A&M Records
Motown
Afiliação(ões) Carpenters, The Abstracts

Tony Peluso (28 de março de 1950Los Angeles, 5 de junho de 2010) foi um guitarrista e produtor musical americano. Foi o guitarrista principal do grupo Carpenters de 1972 a 1983.

Durante seu período nos Carpenters, Peluso é provavelmente mais lembrado pela interpretação como DJ nas interligações entre as canções do lado B do disco Now & Then, e pelo solo de guitarra com fuzzbox na canção Goodbye to Love.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Peluso veio de uma família musical, sendo sua mãe cantora de ópera e seu pai, maestro da orquestra da NBC na Costa Oeste dos Estados Unidos.

Ele começou sua carreira musical em 1968, ao formar uma banda - The Abstracts - com três amigos de faculdade. A banda gravou um álbum pelo pequeno selo Pompeii, onde cantava, tocava guitarras e compôs a maior parte das canções. Todavia, o álbum não obteve sucesso comercial, principalmente em função de problemas na distribuição e o grupo se desfez logo em seguida ao lançamento.

Mais tarde, Peluso tocou com Bobby Sherman e Paul Revere & the Raiders[1] assim como liderava a banda Instant Joy para Mark Lindsay quando ele interrompeu sua carreira no grupo Paul Revere & the Raiders[2] .

The Carpenters[editar | editar código-fonte]

Em 1972 Richard Carpenter e John Bettis compuseram uma canção, chamada Goodbye to Love, para os Carpenters. Enquanto a dupla trabalhava na canção, Richard decidiu que haveria um solo de guitarra com fuzzbox nela. Ele se lembrou de Tony Peluso, do tempo no qual Mark Lindsay e o Instant Joy abriam os espetáculos para Carpenters.[2] . Karen Carpenter ligou para Tony Peluso e lhe pediu para fazer um solo de guitarra. No DVD w:en:Close to You: Remembering The CarpentersClose to You: Remembering The Carpenters Peluso relembra a história: "A princípio eu não acredita que fosse realmente Karen Carpenter ao telefone, mas ela repetiu o nome dela mais uma vez ... Foi o momento no qual eu percebi que realmente era ela e que eu estava falando com um de meus ídolos". Karen disse a Peluso que ela e Richard estavam trabalhando numa canção chamada Goodbye to Love e que já tinham familiaridade com seu trabalho na outra banda e que ele seria perfeito para o som que eles estavam buscando para a música em questão. Já no estúdio, Tony primeiro tocou algo suave e doce, mas Richard disse: "Não, não, não! Toque a melodia para cinco compassos e depois mande ver! Lance na estratosfera. Vá em frente! Ficará ótimo!"[3] .

Peluso subsequently joined the Carpenters recording and touring band as lead guitarist.[2]

Carreira posterior[editar | editar código-fonte]

Após a morte de Karen Carpenter em 1983, Tony Peluso passou ao trabalho na indústria fonográfica, mais especificamente, à produção de discos. Ele trabalhou na década seguinte na Motown Records, onde participou dos processos de gravação de Smokey Robinson, The Temptations, os Four Tops e Michael Jackson[4] . Peluso também produziu ou trabalhou na engenharia de som de variados artistas: Kenny Loggins, Seals and Crofts, Apollonia Kotero, Player, Animotion, Stephanie Mills, The Fixx, Dave Koz e Boyz II Men.[4]

In 1992, Tony começou a trabalhar com Gustavo Santaolalla. Eles foram pioneiros do gênero rock en español. Peluso trabalhou com expoentes do pop latino, tais como Ricky Martin e bandas de rock mexicanas: Molotov e Cafe Tacuba. Em 2005, Santaolalla e Peluso produziram a trilha sonora para Brokeback Mountain.[5]

Peluso lançou um álbum-solo, Mysterious Everything, em 2008

Tony Peluso ganhou quatro Grammys durante sua carreira. Ele faleceu em Los Angeles em 5 de junho de 2010, em função de problemas cardíacos.

Referências

  1. "The Carpenters' Lead Guitarist Tony Peluso Dead At 60", rttnews.com, 11 June 2010. Página visitada em 5 July 2010.
  2. a b c A Song for You richardandkarencarpenter.com (4 June 2008). Visitado em 5 July 2010.
  3. Close to you: Remembering the Carpenters mpihomevideo.com (1998). Visitado em 5 July 2010.
  4. a b Dore, Shalini. "Carpenters' lead guitarist dies", variety.com, 14 June 2010. Página visitada em 5 July 2010.
  5. "Carpenters' Lead Guitarist Tony Peluso Dies", allaboutjazz.com, 15 June 2010. Página visitada em 7 July 2010.