Tony Stonem

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Anthony "Tony" Stonem, é um personagem de ficção da série de televisão britânica Skins, interpretado por Nicholas Hoult.


Tony a primeira vista parece ser o sonho de qualquer um: ele é bonito, popular, vai bem na escola e tem toda a atenção das garotas na escola. Porém, ele é um completo cafajeste.

Porém, existe um lado negro na sua personalidade. O outro lado do charme e da auto-confiança de Tony, é uma opinião arrogante de sua superioridade, mas ninguém parece notar. Professores, os pais de seus colegas, colegas de classe e garotas estão encantados com ele, apesar das tendências sociopata dele (o cruel jogo que ele joga com seus amigos e familiares). No episódio "Sid", ele demonstra seu amor por "controle e manipulação".

Os encontros sexuais de Tony são vastos. No episódio "Michelle", Jal Fazer é capaz de lembrar uma vasta lista de suas conquistas. Michelle mais tarde fala a Abigail que ele "transa com qualquer um... incluindo garotos." Em uma aula de sociologia, ele equaciona sexo com poder e seu desejo por ambos em sua apresentação.

As leituras de Tony demonstram um pouco de sua personalidade. No episódio "Tony", o livro que ele lê no banheiro é La Nausée de Jean-Paul Sartre, um livro sobre existencialismo e auto-definição. No episódio "Sid", ele aparece lendo Assim Falou Zaratustra de Friedrich Nietzsche, um livro que desafia os valores morais existentes.

Na primeira temporada, no episódio final, quando percebe que suas atitudes fizeram seus amigos se afastarem, Tony demonstra desejo de mudar. Neste mesmo episódio, Tony é atropelado por um ônibus quando está ao telefone com Michelle. Tony fica um bom período no hospital pois sofreu traumatismo craniano e carregou sequelas, como perda de movimento temporária e dificuldade de memória, que recupera aos poucos, ao longo da trama.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma personagem de ficção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.