Tooth Fairy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tooth Fairy
A Fada dos Dentes (PT)
O Fado do Dente (BR)
Pôster promocional
 Canadá  Estados Unidos
2010 • cor • 101 min 
Direção Michael Lembeck
Produção Jim Piddock
Jason Blum
Mark Ciardi
Gordon Gray
Roteiro Lowell Ganz
Babaloo Mandel
Randi Mayem Singer
Joshua Sternin
Jeffrey Ventimilia
Jim Piddock (história)
Elenco Dwayne Johnson
Stephen Merchant
Ashley Judd
Julie Andrews
Gênero Comédia
Fantasia
Idioma Inglês
Música George S. Clinton
Cinematografia David Tattersall
Edição David Finfer
Estúdio Walden Media
Mayhem Pictures
Blumhouse
Dune Entertainment
Distribuição 20th Century Fox
Lançamento BrasilCanadáEstados Unidos 22 de janeiro de 2010
Orçamento US$48 milhões[1]
Receita US$137,576,644[2]
Cronologia
Último
Último
Tooth Fairy 2
Próximo
Próximo
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Tooth Fairy (no Brasil: O Fada do Dente; em Portugal: A Fada dos Dentes) é um filme americano e canadense de 2010, produzido pela Walden Media, distribuído pela 20th Century Fox e dirigido por Michael Lembeck. Conta com Dwayne Johnson como a personagem que lhe dá o título e Julie Andrews como a fada-madrinha, contando ainda com Stephen Merchant e Ashley Judd. Foi lançado primeiramente em 22 de janeiro de 2010, nos Estados Unidos e no Canadá, onde foi filmado em Vancouver, na Colúmbia Britânica. O filme teve uma recepção negativa dos críticos, mas foi um sucesso de bilheteria.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Derek Thompson é um jogador de hóquei conhecido como "Fada do Dente" por seu hábito de arrancar os dentes de jogadores adversários durante uma partida.

Quando Thompson desencoraja Tess, a filha mais nova de sua namorada, a acreditar na Fada do Dentes, ele recebe uma intimação e é obrigado a trabalhar como uma fada dos dentes de verdade, com direto a asas e varinha. Agora, ele vai ter que descobrir o que fazer para que um novato não roube o seu brilho no time de hóquei, como fazer com que Randy, o filho mais velho de sua namorada, passe a gostar dele, e acima de tudo, como ser uma fada do dente competente.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

As cenas de hóquei foram filmadas no Great Western Forum. Muitas partes dos jogos de hóquei foram baseados na Vancouver Canucks[3] using players from the Los Angeles Kings.[4]

Música[editar | editar código-fonte]

A trilha para Tooth Fairy foi composta por George S. Clinton e gravado na primavera de 2009, com um conjunto de 80 peças da Hollywood Studio Symphony no Newman Scoring Stage nos estúdios 20th Century Fox.[5]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

O filme foi lançado em 22 de janeiro de 2010, e inaugurado em 3,334 cinemas e ganhou $3,544,512 seu dia de abertura, com uma média de $1,060 por cinema.[6] Em sua semana de estréia, o filme arrecadou $14,010,409 com uma média de $4,190 por cinema. Ele foi classificado em #4, atrás de Avatar, Legion, e The Book of Eli;[7] no entanto, o filme subiu para #3 no fim de semana no Canadá, com $16,000,000 e manteve-se como #4 nos EUA em seu segundo fim de semana, atrás de Avatar, Edge of Darkness, e When in Rome. Apesar das críticas negativas, o filme chegou a ser um sucesso de bilheteria com $60,022,256 nos Estados Unidos e Canadá, e $51,854,764 em outros mercados, arrecadando um total mundial de $111,877,020.[8]

Resposta da crítica[editar | editar código-fonte]

O filme recebeu críticas negativas na maior parte dos críticos. Site que agrega comentários Rotten Tomatoes dá uma pontuação de 18% com base em 113 comentários, com uma avaliação média de 3,9 em 10.[9] Metacritic, que atribui uma pontuação média ponderada de 0-100 de comentários dos críticos de cinema, tem uma classificação de 36%, com base em 24 avaliações.[10]

Home media[editar | editar código-fonte]

Tooth Fairy foi lançado em DVD e Blu-ray Disc/DVD/Cópia digital em combinação de pacote em 4 de maio.

Sequência[editar | editar código-fonte]

Tooth Fairy foi seguido por uma sequência, estrelado por Larry the Cable Guy como o personagem-título.[11] Dirigido por Alex Zamm,[12] Tooth Fairy 2 teve um lançamento diretamente em vídeo em 6 de março de 2012.[13]

Referências

  1. "Movie projector: 'Legion,' 'Tooth Fairy,' 'Extraordinary Measures' won't touch 'Avatar'", Los Angeles Times, January 21, 2010. Página visitada em January 22, 2010. “Comédia das crianças, o que custou US$ 48 milhões para produzir, deve abrir a cerca de US$15 milhões, uma tão iniciar dado o seu orçamento.”
  2. The Tooth Fairy (2010) The Numbers. Visitado em 2013-12-29.
  3. "The Tooth Fairy Just Got A Little Tougher", Kings Vision, January 11, 2010.
  4. "Behind-the-Scenes of the Tooth Fairy", Kings Vision, January 14, 2010.
  5. Dan Goldwasser. "George S. Clinton score Tooth Fairy", ScoringSessions.com, September 18, 2009. Página visitada em September 18, 2009.
  6. Daily Box Office for Friday, January 22, 2010 Box Office Mojo Internet Movie Database (January 22, 2010). Visitado em January 24, 2010.
  7. Weekend Box Office Results for January 22–24, 2010 Box Office Mojo Internet Movie Database (January 24, 2010). Visitado em January 24, 2010.
  8. Tooth Fairy (2010) Box Office Mojo IMDb. Visitado em July 25, 2010.
  9. The Tooth Fairy Movie Reviews, Pictures Rotten Tomatoes Flixster. Visitado em March 1, 2010.
  10. Tooth Fairy Reviews, Ratings, Credits CNET Networks Metacritic. Visitado em February 2, 2010.
  11. About Metro Orlando - Metro Orlando Economic Development Commission / Metro Orlando EDC Metro Orlando Economic Development Commission (January 21, 2011). Visitado em December 23, 2011.
  12. "Renee Yohe Project and 'Tooth Fairy 2' — about to film in Orlando and environs – Frankly My Dear – Orlando Sentinel", Orlando Sentinel, January 21, 2011. Página visitada em December 23, 2011.
  13. Henrickson, Eric. 'Transformers' goes back to basics; an unlikely 'Tooth Fairy' From The Detroit News: http://www.detroitnews.com/article/20120309/ENT05/203090323#ixzz1qYn9Syqi The Detroit News. Visitado em 30 March 2012. [ligação inativa]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]