Torcicolo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Porquinho-da-índia com torcicolo.

Torcicolo (do latim tortus Torcido + collum Pescoço) é a contração, espástica ou não, de músculos do pescoço, de modo que a cabeça permanece inclinada para um dos lados e o queixo chega a projetar-se para o lado oposto. Pode ser condição muito dolorosa ou absolutamente indolor, dependendo de sua causa.

Causas e Classificação[editar | editar código-fonte]

Há várias causas de torcicolo e estas causas o classificam e determinam seu tratamento e prognóstico.

  • Torcicolo dermatogênico é a limitação de movimento do pescoço produzida por lesão extensa da pele da região, notadamente as retrações cicatriciais de queimaduras;
  • Torcicolo espasmódico ou Torcicolo espástico ou ainda Torcicolo intermitente é o mais comum. Trata-se da rigidez do pescoço devida à hipertonicidade dos músculos cervicais, podendo ser causada por tensão emocional, sobrecarga física, trauma por deslocamento súbito, permanência na mesma posição por períodos prolongados;
  • Torcicolo vestibular ou Torcicolo labiríntico é a rotação da cabeça como compensação de desequilíbrio do corpo por disfunção do labirinto, órgão do equilílibrio localizado no ouvido interno;
  • Torcicolo ocular surge por paralisia de músculos extra-oculares, como o oblíquo, frequentemente associado a rotação e inclinação da cabeça;
  • Torcicolo reumático ou sintomático é causado por doenças reumatológicas afetando os músculos do pescoço;
  • Torcicolo espúrio ou secundário a fraturas ou degenerações nas vértebras cervicais.

Tratamento[editar | editar código-fonte]

Star of life caution.svg
Advertência: A Wikipédia não é consultório médico nem farmácia.
Se necessita de ajuda, consulte um profissional de saúde.
As informações aqui contidas não têm caráter de aconselhamento.

O tratamento do torcicolo varia em função de sua causa.

Nos casos mais comuns de torcicolo, que são os torcicolos intermitentes por contratura muscular, utiliza-se Acupuntura, massagens, compressas, medicamentos relaxantes musculares, anti-inflamatórios não esteróides e mesmo Benzodiazepínicos (Calmantes).

Em torcicolos congênitos, dermatogênicos e espúrios, pode ser avaliada cirurgia corretiva, quando for o caso.

Os torcicolos resultantes de afecções neurológicas demandam investigação aprofundada de suas causas.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. López, M., Laurentis, J.M.; Semiologia Médica, livraria Atheneu, Livraria Interminas, 1988.
  2. Surós, J.Semiologia Médica e Técnica Exploratória, Guanabara koogan, 1981.
  3. Stedman Dicionário Médico, 23ª edição, Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 1987, ISBN 85-226-0224-7