Tormenta (RPG)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tormenta
Autor Marcelo Cassaro, Rogério Saladino, J.M. Trevisan, Guilherme Del Svaldi, Gustavo Brauner, Leonel Caldela
Editora(s) Editora Trama, Daemon Editora, Jambô Editora
Idiomas português brasileiro
Lançamento 1999 (Dragão Brasil #50)
Gênero Fantasia medieval
Sistema 3D&T, Sistema Daemon, Sistema d20/Sistema OGL
Licença Open Game License
Faixa etária Inadequado para menores de 14 anos i DEJUS (Brasil)[1]
Website Pagina Oficial

Criado por Marcelo Cassaro, Rogério Saladino e J. M. Trevisan, Tormenta é um cenário de fantasia para uso em jogos de RPG. Foi apresentado em numerosos livros básicos, compatíveis com numerosos sistemas de RPG. Desde 2005, o cenário é publicado pela Jambô Editora[2] .

Seus autores são conhecidos como Trio Tormenta.[3] .


História[editar | editar código-fonte]

Em 1998, Marcelo Cassaro publicou Holy Avenger, uma aventura para Advanced Dungeons and Dragons e GURPS Fantasy em 3 partes nas edições 44 a 46 da revista Dragão Brasil.[4] [5] [6] Segundo Trevisan e Saladino, editores assistentes da Dragão Brasil, na iminência da edição de número 50 da revista, uma reunião editorial foi feita no apartamento do editor-chefe Marcelo Cassaro, tendo em vista um projeto para a comemoração do número 50 da publicação, algo único em uma revista nacional do gênero.

Na edição comemorativa das 50 edições, uma revista extra com 80 páginas explicava o cenário de Tormenta[7] . Suas regras abrangiam os sistemas GURPS, AD&D e 3D&T, sendo este um sistema dos editores. Rapidamente, as revistas esgotaram das bancas, sendo que a procura pela revista foi tão grande que foram reportados casos em que bancas de revista vendiam a revista extra separadamente da revista original. Logo em seguida, foi publicado uma nova edição separada apenas para 3D&T,[8] , afim de evitar problemas com direitos autorais.[9] Holy Avenger ganharia uma revista em quadrinhos no estilo mangá com roteiros de Cassaro e arte de Érica Awano.[7]


O inesperado sucesso do cenário se refletiu nas edições seguintes da revista. Mais matérias eram feitas especificamente para o cenário. Embora diversos leitores reclamavam pelo excesso de matérias sobre o mesmo, maior era a quantidade de leitores que pediam mais informações sobre ele. Em poucos meses, diversas informações novas surgiram. O grupo (que por conta do sucesso do cenário passou a ser conhecido como Trio Tormenta) se viu obrigado a lançá-lo separadamente, que também rapidamente esgotou nas bancas.


A criação de Holy Avenger e Tormenta é parecida com a de The Record of Lodoss War, criação do Group SNE que surgiu como "replays" de Dungeons & Dragons, transcrições das sessões de RPG publicadas na revista japonesa Comptiq e se tornou uma franquia de mangá e anime. [10]

Nos anos seguintes, a quantidade de novas informações, inclusive algumas criadas pelos fãs, pediu novas edições e revisões. Houve inclusive, mudanças nos sistemas usado. Sendo lançada em 2001, Tormenta terceira edição, uma adaptação para outro sistema brasileiro Daemon, da Editora Daemon[11] . No mesmo ano, foi lançada no Brasil, a terceira edição de Dungeons and Dragons pela Devir Livraria e traz para o país, a Open Game License (OGL), que permite que outras editoras usem um sistema inspirado em D&D, o chamado Sistema d20[12] Em 2003, foi lançado o Tormenta D20,[13] , logo em seguida, é lançada uma adaptação de Tormenta baseado no Manual Turbinado de 3D&T.[8]

Com o passar do tempo, o cenário começou a fazer tanto sucesso que nem todas as informações que eram apresentadas na revista Dragão Brasil conseguiam cobrir a vontade dos jogadores. Foi então que o Trio Tormenta, decidiu criar, junto á Talismã, uma revista separada, nomeada de Revista Tormenta, cujos leitores teriam todas as informações do cenário disponíveis ali. A revista fez sucesso, e teve 17 edições lançadas, até terminar.

Em 2005, o Trio Tormenta sai da Talismã, e começam a trabalhar com outras editoras, lançam a revista RPGMaster (dedicada a 3D&T) para a Mythos Editora[14] e a Revista Dragon Slayer para Manticora (editora que havia publicado a D20 Saga), que seguia o estilo da antiga Dragão Brasil, adotando um padrão de lançamento bimensal e inicialmente com conteúdo voltado principalmente para o Sistema d20 e Open Game License. No mesmo ano, é lançado um novo manual pela Daemon[15] e uma nova versão de Tormenta D20 pela Jambô Editora, baseado em D&D 3.5,[16] publicado pela Devir no ano anterior.[17]

Em 2008, 3D&T volta a ser publicado pela Jambô, com o nome de 3D&T Alpha.[18] . Em 2008, partir da edição #24 da revista Dragon Slayer, Cassaro, Saladino e Trevisan deixaram de ser editores da revista, em seu lugar entraram Guilherme Del Svaldi, Gustavo Brauner, Leonel Caldela,[19] que ficaram conhecidos como Trio Tormenta Ultimate[20]


Em 2010, é lançado o "Tormenta RPG", escrito pelos dois trios, por conta da nova licença, GSL, ficou impossibilitado o uso da marca D20,[21] [22] tal qual o Pathfinder Roleplaying Game, Tormenta se mantém fiel as regras anteriores a quarta edição, tendo influencias da adaptação de Star Wars e do próprio Pathfinder,[23]

no mesmo ano, Tormenta volta a ser adaptado para 3D&T com o lançamento do Manual do Aventureiro Alpha. onde há vários elementos do cenário,[24] [25] em 2013, é lançada uma versão revisada do Tormenta RPG, contendo uma errata do livro anterior e 16 novas páginas.[26]


Cenários[editar | editar código-fonte]

Esta é a lista de cenários do RPG Tormenta, publicado pela Editora Jambô.[27]

Arton[editar | editar código-fonte]

É um continente[27] .

Locais[editar | editar código-fonte]
Tapista[editar | editar código-fonte]

Tapista é um reino do mundo de Arton, do cenário de RPG Tormenta. Localizado ao noroeste do reinado, é habitado por minotauros.[28]

Deheon[editar | editar código-fonte]

Sua principal cidade é Valkaria, a cidade-capital de toda Arton.[27] .

Referências

  1. Tormenta Departamento de Justiça, Classificação, Títulos e Qualificação.
  2. Talude (23/07/2005). Dragão Brasil : Dragão Brasil #113 - Tópico a Tópico Rede RPG.
  3. Carlos Costa (02/02/2004). Entrevista: Cassaro HQ Maniacs.
  4. Dragão Brasil #44
  5. Dragão Brasil #45
  6. Dragão Brasil #46
  7. a b Érico Borgo (31 de Março de 2003). Omelete entrevista: Marcelo Cassaro fala sobre Dungeon Crawlers Omelete.
  8. a b press release (29/05/2004). Promoção da Talismã no EIRPG RedeRPG.
  9. Gustavo Brauner (12 de julho de 2006). Entrevista com Marcelo Cassaro Sobrecarga.
  10. Brian Camp,Julie Davis. Anime Classics Zettai!: 100 Must-See Japanese Animation Masterpieces. Stone Bridge Press, 2007. ISBN 9781611725193
  11. press release (03/06/2005). RPG: Tormenta : Tormenta Daemon – Um cenário bem mais maduro Rede RPG.
  12. Wagner Luiz Schmit (25/07/2008). RPG e Educação: alguns apontamentos teóricos Universidade Estadual de Londrina.
  13. Richard Garrel (08/05/2003). Tormenta D20 RedeRPG.
  14. Talude (27/07/2005). RPGMaster #01 - Tópico a Tópico RedeRPG.
  15. Press Release (03/06/2005). Tormenta Daemon – Um cenário bem mais maduro RedeRPG.
  16. Press Release (25/11/2005). Guia do Mestre 3.5 RedeRPG.
  17. Addison Araújo (14 a 16/06/2012). Game: uma aventura, um aprendizado Título não preenchido, favor adicionar Intercom.
  18. Marcelo Cassaro. A volta de 3D&T Jambô Editora.
  19. Equipe Dragon Slayer (turbinada) [et al.]. (2009). "Editorial". Dragon Slayer (24). Editora Escala.
  20. Marcelo Lacerda (16/01/2011). Tormenta RPG e Valkária: Como fragmentar um sistema fragmentado Rede RPG.
  21. Rede RPG faz concurso de aventuras de D&D Bigorna.net.
  22. (2009) "Notícias do Bardo - OGL, GSL, SRD... PQP!". Dragon Slayer (24). Editora Escala.
  23. Tzimisce (27/11/2010). Tormenta RPG (resenha) RedeRPG.
  24. Manual do Aventureiro Alpha Jambô
  25. DragonSlayer nº 31 Jambô Editora.
  26. Thiago Colás (20/03/2013). Jambô lança edição revisada de Tormenta HQManiacs.
  27. a b c Jambô Editora (Data desconhecida). Tormenta RPG. Visitado em 2 de Fevereiro de 2013. Cópia arquivada em 16 de Janeiro de 2013.
  28. Tzimisce (27 de Novembro de 2010). Tormenta RPG (resenha). Visitado em 2 de Fevereiro de 2013.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre Role Playing Game é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.