Totò Tarzan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Totò Tarzan
Totó Tarzan (PT)
 Itália
1950 • pb • 85 min 
Realização Mario Mattòli
Argumento Vittorio Metz,
Elenco Totò, Marilyn Buferd
Género Comédia
Idioma Italiano
Página no IMDb (em inglês)

Totò Tarzan (Totó Tarzan) é um filme italiano de 1950, dirigido por Mario Mattòli.[1]

Estreou em Portugal a 23 de Fevereiro de 1952.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Vive na selva um ser misterioso a quem os nativos chama "macaco branco". Foi abandonado na selva pelo pai, um riquíssimo explorador. O pai morreu e três aventureiros capturam-no e levam-no para a Europa com o fim de desfrutarem da sua riqueza. Tentam obter do tribunal a guarda do selvagem, mas a isso se opõe um parente do explorador falecido, pai de três lindas filhas que, tendo descoberto o interesse do selvagem pela beleza feminina, tem o mesmo objectivo dos três aventureiros. Os dois grupos acabam por chegar a um acordo: verem-se livres do selvagem e repartirem as riquezas. Mas quando o plano sinistro já está em marcha, o selvagem é salvo por uma jovem que se tinha apaixonado por ele.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Totò: Antonio Della Buffas

Marilyn Buferd: Iva

Mario Castellani: Stanis

Tino Buazzelli: Spartaco

Alba Arnova: Sonia

Adriana Serra: Giacomina Roy

Luigi Pavese: il procuratore Roy

Luisa Poselli: la maestrina

Guglielmo Barnabò: colonnello

Nico Pepe: avvocato Micozzi

Galeazzo Benti: addestratore parà

Carlo Croccolo: lo sposino

Alberto Sorrentino: usciere Anselmo

Giacomo Furia: cuoco vagone ristorante

Bianca Maria Fusari: Marta

Aldo Giuffrè: paracadutista

Riccardo Billi: capostazione siciliano

Guglielmo Inglese: capostazione pugliese

Ughetto Bertucci: capostazione romano

Nino Vingelli: capostazione napoletano

Enrico Luzi: avvocato Finotti

Rino Tognaccini: Bongo

Clara Bindi: signora col cappello

Mario Siletti: maggiordomo dei Rosen

Bruno Corelli: portiere albergo

Eduardo Passarelli: controllore

Ciro Berardi: commissario

Totò Mignone: ferroviere

Sophia Loren: fan circolo Tototarzanista (come Sofia Lazzaro)

Nota[editar | editar código-fonte]

O filme tem uma cena de nu, protagonizada pela atriz Adriana Serra, que escapou à censura da época.[2]

Referências

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.