Toxodon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaToxodonte
Esqueleto de um toxodon exposto no Museu Argentino de Ciências Naturais Bernardino Rivadavia, em Buenos Aires.

Esqueleto de um toxodon exposto no Museu Argentino de Ciências Naturais Bernardino Rivadavia, em Buenos Aires.
Estado de conservação
Extinta (fóssil)
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Notoungulata
Subordem: Toxodontia
Família: Toxodontidae
Subfamília: Toxodontinae
Género: Toxodon
Espécie: T. platensis
Nome binomial
Toxodon platensis
Owen

O toxodonte (Toxodon platensis) habitou a Argentina, Uruguai, Paraguai, Bolívia e Brasil do final do Plioceno até época relativamente recente. Toxodon significa "dente de flecha" e platensis provavelmente relacionado a Plata, da Argentina. Seus fósseis já foram encontrados em associação com pontas de flechas, o que indica que sua extinção pode estar relacionada à caça movida pelos primeiros indígenas da América do Sul.

De tamanho comparável ao de um rinoceronte (1300 kg para 3 m de comprimento mais 50 cm de cauda), foi o último representante de um grupo de mamíferos com cascos exclusivo da América do Sul, os notoungulados. O crânio tinha 70 cm de comprimento e a dentição era característica de animais de pasto. Já se acreditou que havia sido um animal anfíbio, mas as proporções do fêmur e da tíbia e a posição da cabeça são típicas de animais terrestres como os elefantes e os rinocerontes, e seus fósseis têm sido encontrados tanto em regiões áridas e semiáridas quanto em regiões úmidas, o que indica que seus hábitos eram fundamentalmente terrestres.

Charles Darwin estudou fósseis de toxodonte enquanto visitava a América do Sul, na sua viagem no HMS Beagle.

Outras espécies[editar | editar código-fonte]

Outras espécies de Toxodon foram descritas, algumas delas tendo sua validação questionada:

  • T. angustidens - provavelmente sinônimo de T. platensis
  • T. bilobidens - Plioceno da Argentina
  • T. burmeisteri - Plioceno ao Pleistoceno Superior de Nicarágua, Argentina
  • T. burmeisteri - Nomeado em 1866 por Giebel
  • T. darwini - Nomeado em 1866 por Burmeisteri
  • T. elongatus - provavelmente sinônimo de T. giganteus
  • T. ensenadensis - Mioceno Superior ao Plioceno Inferior da Argentina
  • T. expansidens - Plioceno do Brasil. Nomeado em 1886 por Cope
  • T. gervaisii - provavelmente sinônimo de T. platensis. Nomeado em 1880 por Gervais e Florentino Ameghino
  • T. giganteus - Plioceno Inferior da Argentina
  • T. gracilis - Plioceno Inferior da Argentina
  • T. owenii - provavelmente sinônimo de T. platensis
  • T. paradoxus - Plioceno da Argentina
  • T. paranensis - Plioceno Inferior da Argentina
  • T. protuoburmeisteri - Plioceno Inferior da Argentina
  • T. sp (ainda não nomeado) - com crânio de 43 cm de comprimento, viveu durante o Pleistoceno Superior na Argentina
  • T. virgatus - Plioceno Inferior da Argentina
  • T. voghti - Plioceno Inferior da Argentina

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Mamíferos pré-históricos, integrado ao WikiProjeto Mamíferos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.