Trâmuei do Monte Branco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Trâmuei do Monte-Branco)
Ir para: navegação, pesquisa

Trâmuei do Monte Branco [nota 1] (em francês: Tramway du Mont-Blanc) é na realidade o nome de uma linha de caminho de ferro de bitola métrica usada no maciço do Monte Branco para ligar a estação de Saint-Gervais-les-Bains-Le Fayet que se encontra a 580 m de altura, com o glaciar de Bionnassay e mais precisamente com a estação do Ninho da Águia a 2 372 m, pelo que é a mais alta linha de caminho de ferro da França.

Explorada pela Companhia do Monte Branco que gere também as subidas mecânicas do maciço do Monte Branco e entre outros o caminho de ferro do Montenvers.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1879, quando a companhia dos caminhos de ferro de Paris-Lyon-Méditerranée se prepara a construir a linha Annemasse-Annecy por La Roche-sur-Foron, está prevista uma estação no parte alta do vale do Arve, e a sua concessão é feita à PLM em 1886.

A totalidade da linha entre Le Fayet e o Nid d'Aigle é aberta em 1912, data da sua exploração com tracção a vapor até aos anos 1930. Depois da compra da companhia pelo industrial Pierre Nourry numa altura em que a companhia estava numa situação financeira difícil e que ao mesmo tempo ele queria modernizar o acesso ao seu Hotel no colo da Voza, a sua electrificação é efectuada em 1957, e em paralelo com a aquisição de três automotrices com capacidade de 70 lugares.

A exploração não é financeiramente rentável pelo que a companhia fusiona com a Compagnie des téléphériques de la Vallée Blanche (CTVB) de forma a integrar-se ao projecto de subidas mecânicas da região. A associação criada fica com o nome de Société touristique du Mont-Blanc (STMB).

A partir de 2000 o Tramway do Monte Branco faz parte da Companhia do Monte Branco.

Imagens[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • José Banaudo, Le tramway du Mont-Blanc, Les éditions du Cabri, 2007

Notas

Referências