Três Castelos, Muralhas e Defesas do Burgo de Bellinzona

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pix.gif Três Castelos, Muralhas e Defesas do Burgo de Bellinzona *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Castelgrande Bellinzona.JPG
Castelgrande
Critérios (iv)
Referência 884
Coordenadas 46° 11′ N 9° 01′ E
Suíça
Histórico de inscrição
Inscrição 2000  (24ª sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.

Os Três Castelos, Muralhas e Defesas do Burgo de Bellinzona é o conjunto fortificado de Bellinzona e um exemplar único de arquitectura europeia erigida para defender as estruturas feudais guardando estrategicamente um colo Alpino.

É o único exemplar do arco alpino de uma arquitectura militar medieval composta por três castelos, Castelgrande, Montebello e Sasso Corbaro, e uma muralha que chegou a fechar a vale do Tessino e a população que habitava dentro dela. [1]

Três castelos[editar | editar código-fonte]

Castelo de Montebello
Muralhas, Montebello e Sasso Corbaro

Este conjunto fortificado fica em volta do Castelgrande que se situa num cume rochoso. A partir dele, uma série de fortificações protegem a antiga cidade e barram o vale do Tessino. O segundo castelo, Montebello, está integrado ao dispositivo fortificado. Um terceiro castelo, Sasso Corbaro, foi construído num promontório a Sudoeste deste conjunto.[2]

Castelgrande[editar | editar código-fonte]

O castelo está situado no meio de um vale profundo que liga o Norte com o Sul da Europa. Esta situação estratégica na caminho do maciço do Maciço do São Gotardo. As imponentes dimensões do castelo, com mais de 200 m de diagonal, tiveram por consequência que a maioria das instalações de defesa foram construídas na periferia do castelo. As partes mais antigas da muralha datam do Século X e do Século XI.[2]

Montebello[editar | editar código-fonte]

Encontra-se numa aresta rochosa que domina a cidade. Foi o segundo castelo construído na cidade no fim do Século XIII.[3]

Sasso Corbaro[editar | editar código-fonte]

Situado mais acima do castelo de Montebello, sobre um rochedo isolado, foi construído para impedir o contorno da montanha da barragem constituída pelos dois outros castelos e pela muralha que fechava o vale. Já existia uma torre em 1400 e foi a partir dela que se construiu o castelo em 1478.[4]

Património Mundial[editar | editar código-fonte]

O conjunto formado pelos três castelos e pelas muralhas foi inscrito no Património Mundial da UNESCO em 2000 com o nome de Três Castelos, Muralhas e Defesas do Burgo de Bellinzona

Referências