Trần Văn Trà

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Trần Văn Trà
Nascimento 01 de Janeiro de 1918
Província de Quang Ngãi, Indochina Francesa
Morte 20 de abril de 1996 (78 anos)
Nacionalidade vietnamita
Cargo membro do Comitê Central do Partido Comunista do Vietnã
Serviço militar
Patente vice-comandante

Trần Văn Trà (1918 - 20 de abril de 1996) foi um comandante do exército Vietcong, membro do Comitê Central do Partido Lao Dong (Partido Comunista do Vietnã) de 1960 a 1982, tenente-general do exército do Vietname do Norte e presidente da Comissão de Assuntos Militares do Instituto Central do Vietnã do Sul (COSVN) de 1964 a 1976.

Filho de um pedreiro, Tra nasceu na província de Quang Ngãi, em 1918.[1] Ele se juntou ao Partido Comunista da Indochina, em 1938 e passou os anos da Segunda Guerra Mundial em uma prisão francesa. Entre 1946 e 1954, Tra lutou contra os franceses no Exército do Povo do Vietnam e se tornou um general em 1961, comandando as forças comunistas na metade do Vietnã do Sul. Durante a Guerra do Vietnã contra os norte-americanos e sul-vietnamitas, ele liderou o ataque em Saigon durante a Ofensiva do Tet de 1968 e comandou a Frente B-2 durante a Ofensiva de Páscoa.

Durante uma reunião em 1974 de líderes militares norte-vietnamita em Hanói, Tra argumentou uma contra estratégia conservadora, durante o ano seguinte. O ataque foi bem sucedido e os E.U.A não responderam militarmente, solicitando maiores e mais agressivas operações comunistas. Em Abril de 1975, tornou-se vice-comandante da sede da A75 em Senior, quando o general Van Tien Dung durante a Campanha de Ho Chi Minh, que foi o assalto final sobre Saigon que levou à capitulação do governo sul-vietnamita. Ele foi vice-ministro de defesa de 1978 a 1982.

Em 1982, Tra publicou no Vietnã: A History of the Bulwark B-2 Theater, que o revelou como um Político tolo, pois Hanói havia superestimado suas próprias capacidades militares, os E.U.A e o Vietname do Sul, antes e durante a Ofensiva Tet. Isso ofendeu e constrangeu os líderes da recém-unificado Vietname. Ele viveu em prisão domiciliar até sua morte em 20 de abril de 1996.

Fontes[editar | editar código-fonte]

  1. Spencer C. Tucker The Encyclopedia of the Vietnam War: A Political, Social, and Military History. Oxford University Press