Trabalho forçado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Prisioneiros trabalham na construção do Belomorkanal (1931-1933).

Trabalho forçado ou trabalho compulsório, segundo a Organização Internacional do Trabalho, é o trabalho ou serviço imposto a uma pessoa sob ameaça ou penalidade - o que inclui sanções penais e perda de direitos ou privilégios.[1]

Em 2005, a OIT estimava que, em todo o mundo, existissem, no mínimo, 12,3 milhões de pessoas submetidas a trabalho forçado ilícito (nos termos das Convenções n°29 [2] e n° 105[3] )[4] )Em termos globais, as empresas privadas auferiram lucros de, pelo menos,USD 44,3 bilhões ao ano, graças à exploração do trabalho forçado. Desse total, USD 31.6 bilhões também estariam ligados ao tráfico de pessoas. Os maiores lucros advindos do trabalho forçado e ao tráfico de trabalhadores - mais de USD 15 bilhões - são registrados nos países industrializados. A OIT reconhece que essas cifras podem ser, na realidade, muito maiores.

Ainda segundo a OIT, mais de 2,45 milhões de trabalhadores forçados são vítimas do tráfico de pessoas ou seja, o tráfico alimenta 20% do trabalho forçado no mundo. A maior parte das pessoas traficadas destina-se à exploração do comércio sexual (43%); 32% à exploração econômica (incluindo escravidão, servidão, escravidão por dívida e trabalho doméstico forçado e outros) e 25% a múltiplos tipos de exploração. A maior parte dessas pessoas se destina à região da Ásia-Pacífico (1,36 milhões). 12,3 milhões de pessoas estão submetidas a trabalho forçado, sendo que 9,8 milhões (80%) são exploradas por agentes privados e 2.5 (20%) milhões pelo Estado ou por milícias rebeldes[4] .

Os lucros do tráfico de trabalho forçado estão estimados em mais de US $ 32 bilhões.[5]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • UN.GIFT - Iniciativa global para lutar contra o tráfico humano


Ícone de esboço Este artigo sobre economia é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.