Tracker

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Tracker Music)
Ir para: navegação, pesquisa
Commodore Amiga 1200.

Tracker (também chamado de Tracker music ou MOD-scene), é um termo genérico, atribuído a uma classe de softwares, que criam sons digitais através de um sistema organizado de notas, separadas por diversos canais de áudio.

A palavra "Tracker" pode definir tanto estes softwares, quanto os seus canais de áudio, e ainda pode ser a definição do estilo musical, por vezes bastante característico, feito por estes programas. Já "MOD" é um nome que é dado devido a um dos formatos de módulo utilizados pelos programas.

A interface dos primeiros programas trackers é primariamente numérica; as notas são concebidas através de teclas alfa-numéricas no teclado do computador, sendo que os parâmetros adicionais e os efeitos são adicionados por hexadecimais. Os programas mais avançados também permitem criações baseadas apenas em interfaces mais simples e aceitam a entrada de um teclado musical.

Assim como o MIDI, ele toca a música pelas notas guardadas, só que ao invés de a placa de som "tocar" a música sintetizando da forma que quiser o som, nas músicas feitas por Trackers o arquivo contém a especificação do instrumento exato (incluindo sua ondas sonoras). O resultado são arquivos geralmente dez vezes maiores que o midi (que costuma ter 1kb por minuto) mas menores que o MP3 (que tem 1MB por minuto), tendo geralmente 10kb por minuto, apesar de algumas músicas chegaram a ter 100kb por minuto, com qualidade que de longe passa a do MP3.

Uma canção completa consiste de diversos pequenos multi-canais, sintetizadores digitais, e efeitos especiais, que são interligados à um canal superior, chamado geralmente como "master".

Ficou muito popular ao ser utilizado em alguns jogos eletrônicos para computador. O primeiro jogo a usar esta tecnologia foi o Amegas (1987), um clone do Arkanoid feito para o Commodore Amiga. A música, composta por Karsten Obarski, é geralmente considerada a primeira música MOD que foi produzida, além de ser bem conhecida pelos fãs de composição musical feita por computadores "retrôs".

Característica musical[editar | editar código-fonte]

Veja exemplos de Tracker Musics básicos feitos em Commodore Amiga copiando estes links no seu navegador:
  • www.youtube.com/watch?v=nTz5iwmtkrs
  • www.youtube.com/watch?v=EuXVy6qXyuI

PS: As músicas são de abandonwares livres de direitos autorais

Primeiramente, é preciso ter em mente que o estilo musical eletrônico específico denominado "Tracker Music" foi criado com os softwares Trackers, para o Commodore Amiga e outros computadores com o mesmo tipo de tecnologia. Os programas atuais, porém, não se limitam apenas a esta característica sonora, e podem reproduzir uma imensa variedade de estilos e composições sonoras diferentes, sejam elas anteriores ao Amiga quanto sucessoras.

O estilo musical em si se limita apenas ao som produzido por computadores com uma sonoridade baseada em sintetizadores reais. Portanto, o chiptune por exemplo, que é criado através de chips eletrônicos primivos como o nome indica e utilizado em computadores como o Commodore 64, pode ser considerado uma precursora, mas não se inclui em nenhuma das características do estilo Tracker Music em geral, mesmo podendo ser produzido por programas trackers e ainda serem gravados com o mesmo tipo de formato.

Um dos maiores fatores para a tracker music ser considerado um genuíno estilo musical, foram os sons que se restringiam a eles mesmos. O termo "tracker" se deriva do Ultimate Soundtracker, o primeiro software direcionado a este tipo de composição musical. Ultimate Soundtracker foi feito por Karsten Obarski e lançado em 1987 pela Electronic Arts, para ser usado no computador Commodore Amiga.

Devido a limitações específicas de hardware, os sons acabaram por se tornar extremamente característicos, principalmente devido aos efeitos que eram dados às notas e às melodias, fazendo-os soarem extremamente potentes e intensos, sendo um dos fatores princípais que os diferenciavam dos formatos .MIDI, utilizados pelos computadores da Microsoft, concorrentes do Commodore.

As versões mais modernas de tracker musics também permitem a utilização de pequenos sons feitos através de gravações, ou seja o "áudio" propriamente dito (como as utilizadas nos formatos WAV e MP3 por exemplo), permitindo uma "mescla" entre sons digitais produzidos pelo hardware do computador e a reprodução de gravações de vozes, instrumentos, e barulhos "reais", o que dá ainda uma definição mais própria ao estilo e o diferencia ainda mais das composições apenas digitais do formato MIDI.

Tracker Music no MS-Windows[editar | editar código-fonte]

Na época de 1990, os músicos trackers profissionais migraram do Amiga para o PC, onde na época era utilizado apenas o formato MIDI como instrumento de produção sonora. Porém no inicio havia incompatibilidade sonora, pois não havia uma capacidade de processamento sonora como havia no Amiga. Foi necessário por tanto uma evolução neste quesito, que foi quando o áudio dos PCs começaram vagarosamente a se aproximar da qualidade de CD (44,1 kHz/16-bit/estéreo) graças ao então recém-lançado SoundBlaster 16.

Outra placa de som popular que permitia o tracker music no PC foi o Gravis Ultrasound, que continuou com sua tradição de mixagens em hardware, com 32 canais internos e uma memória embutida para samples. Por um tempo, foi oferecido uma boa qualidade sonora que acabou por ser a escolha dos músicos trackers. Mas isso até lançarem outros como o Sound Blaster AWE32 e seus sucessores, que tinham a vantagem de mixar sons WAV.

Tracking atualmente[editar | editar código-fonte]

O Tracker Music ainda vive nos dias de hoje. Pode ser encontrado em jogos modernos, como em Unreal e Deus Ex, além de diversos outros jogos independentes.

Porém, a disponibilização de outros softwares com samplers, sintatizadores e seqüenciadores fizeram muitos músicos profissionais adotarem outros tipos de programas de música. Mesmo assim, os softwares trackers continuam sendo desenvolvidos. Alguns trackers de Amiga como o ProTracker e o OctaMED ainda recebem novas atualizações, sendo disponíveis para outras plataformas. O ProTracker teve seu desenvolvimento resumido em 2004, com planos para o lançamento de uma versão 5 para Windows e AmigaOS, mas apenas a versão 4.0 beta 2 para AmigaOS foi realmente lançado.

Buzz, ModPlug Tracker, MadTracker, Renoise, reViSiT, Skale, Psycle e outros programas trackers atuais (e compatíveis com o Windows), oferecem diversas melhorias, avanços, suportes, samplers e efeitos novos, além de preservar todas aquelas outras características limitadas e especiais usados nos antigos programas do Amiga, que são aquilo que criam todo o estilo musical.

Os arquivos tracker se tornaram populares entre comunidades de jogadores. NitroTracker por exemplo, é como o antigo Fast Tracker 2 e pode rodar diretamente com o Nintendo DS. O Game Boy Advance também tem um hardware e um processamento poderoso o suficiente para suportar o tracker music, dependendo apenas da vontade dos compositores de seus respectivos jogos.

O tradicional estigma e estereótipo que dizia que os programas tracker tradicionais eram extremamente complexos foi caindo quando começou a ser produzido programas mais modernos, que são muito mais acessíveis e amigáveis com os usuários iniciantes. Isso acabou invertendo os fatos, sendo que hoje em dia tracking é considerado uma maneira de apreciar a criação musical da maneira mais rapida e profissional possível.

Formatos de Tracker Music[editar | editar código-fonte]

Exemplos de Tracker Music criados na atualidade:
  • www.youtube.com/watch?v=iLqBnMtOrJk
  • www.youtube.com/watch?v=2DqHWkYqI1Q
  • www.youtube.com/watch?v=dUBxdAEKomA
  • www.youtube.com/watch?v=1hb11yQ-bJg

Estes formatos não se resumem as características do estilo tracker music, mas também abrange os outros gêneros musicais que podem ser feitos através dos programas tracker. Os sons também podem ser previamente convertidos para WAV, MP3, entre outros.

  • .XM
  • .MOD
  • .MP3
  • .IT
  • .S3M

Veja Também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.