Train (banda)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Train
INXS TO ROCK THE HUNTER! - Train.jpg
Train se apresentando em 2011.
Informação geral
Origem São Francisco, Califórnia
País  Estados Unidos
Gênero(s) Rock alternativo, roots rock, pop rock[1]
Período em atividade 1994 – presente
Gravadora(s) Columbia, Aware
Página oficial www.trainline.com
Integrantes Patrick Monahan
Jimmy Stafford
Jerry Becker
Hector Maldonado
Drew Shoals
Ex-integrantes Rob Hotchkiss
Charlie Colin
Brandon Bush
Johnny Colt
Scott Underwood

Train é uma banda de rock norte-americana de São Francisco, Califórnia, formada em 1994. A banda atualmente é composta pela dupla Patrick Monahan (vocal) e Jimmy Stafford (guitarra e vocal de apoio), apoiados por Jerry Becker (guitarra base e piano), Hector Maldonado (baixo) e Drew Shoals (bateria e percussão).[2]

Train, cujo a formação original contava com Rob Hotchkiss, Charlie Colin e Scott Underwood, assim como Monahan e Stafford, alcançou o sucesso com seu álbum de estréia auto-intitulado, que foi lançado em 1998 com o hit "Meet Virginia". O segundo álbum, Drops of Jupiter (2001) deu a banda ainda mais popularidade. O single "Drops of Jupiter (Tell Me)", se tornou um hit internacional e venceu dois Grammys em 2002. O álbum recebeu duas certificações de platina nos Estados Unidos e no Canadá e continua como o álbum mais bem sucedido comercialmente lançado pela banda.

O terceiro álbum de estúdio do grupo, My Private Nation, lançado em 2003, repetiu o sucesso dos outros CDs e foi certificado platina nos Estados Unidos com a canção hit "Calling All Angels". Depois da saída de Hotchkiss e Colin, o Train lançou seu quarto álbum, For Me, It's You em 2006, com Johnny Colt no baixo e Brandon Bush no teclado. Apesar de ter sido bem recebido pelos críticos, o disco não foi um grande sucesso comercial. Eles então entraram em hiatus por três anos.

Retornando à ativa em 2009 com o álbum Save Me, San Francisco, Train retornou ao sucesso de outrora lançando três singles de enorme de sucesso internacional - o single seis vezes multi-Platinado pela RIAA, "Hey, Soul Sister", e as canções "If It's Love" e "Marry Me". O álbum também foi certificado como disco de ouro nos Estados Unidos depois de vender mais de 500 mil cópias naquele país. Este CD também foi um sucesso comercial no Reino Unido, na Austrália e na Nova Zelândia.

Em 2012, a banda lançou seu sexto álbum de estúdio, o California 37.[3] [4] A canção "Drive By" se tornou o primeiro single deste disco e foi um enorme sucesso comercial.[4] Em 2014, o grupo lançou o seu sétimo trabalho, Bulletproof Picasso, gravado sem a presença do baterista Scott Underwood.[5]

Até meados de 2014, o Train já havia vendido mais de 10 milhões de cópias de seus álbuns pelo mundo e mais de 30 milhões de downloads legalizados de suas músicas também já haviam sido feitos.[6]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Leahey, Andrew (22 de outubro de 2009). Train AllMusic. Visitado em 28 de agosto de 2011.
  2. Bonfiglio, Jeremy D. (13 de julho de 2014). Train a combination of seasoned musicianship, sense of fun.
  3. California 37 (em inglês) Amazon. Visitado em 29 de agosto de 2012.
  4. a b Train To Release 'California 37' Album in April Billboard (7 de fevereiro de 2012). Visitado em 17 de fevereiro de 2012.
  5. "Train: 'Bulletproof Picasso' review". Página acessada em 15 de novembro de 2014.
  6. "Train rolls in to the Birmingham". Página acessada em 15 de novembro de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Flag of the United States.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical dos Estados Unidos, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.