Trainee

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Trainee é o cargo atribuído a jovens profissionais recém formados que serão treinados e capacitados para ocupar posições de liderança. Trainee [treini][1] é um termo da língua inglesa utilizado para designar um cargo dentro das empresas. Os chamados Processos de Trainee são as atividades que este profissional desenvolvera até chegar a ser promovido como um colaborador efetivo. Diversas empresas utilizam os processos de trainee para encontrarem seus talentos, gestores e sucessores para a alta administração. As oportunidades para trainee são abertas anualmente em programas de seleção que chegam a atingir mais de 1000 candidatos por vaga. Por serem postos de trabalho com muitos desafios e recompensas e que proporcionam ascensão rápida na carreira, milhares de jovens buscam esta como uma opção para entrar no mercado de trabalho.[2]

Exigências para tornar-se um trainee[editar | editar código-fonte]

As exigências para conquistar uma vaga de trainee no mercado de trabalho são definidas de acordo com o perfil desejado pelo empregador, no entanto algumas são comuns e encontradas em quase todos os processos seletivos. São elas:

  • Graduação em períodos que vão de 1 a 4 anos de formado;
  • Conhecimento em línguas estrangeiras. O inglês fluente é exigido na grande maioria dos processos;
  • Conhecimentos em tecnologias e computação[3] :
    • Pacote Office (Excel, Word, PowerPoint);
    • Excel Avançado;
    • Softwares CAD (Desenho auxiliado por computador) como AutoCAD, Inventor, SolidWorks, Revit, etc. (Para cargos técnicos em engenharia e arquitetura);
    • MS Project ou Primavera (Para cargos na área de gerenciamento de projetos);
    • Calculadoras Específicas, como por exemplo HP12C para áreas financeiras;
  • Mobilidade (disponibilidade para viagem ou residência em locais diversos, dentro e fora do país);
  • Alguma experiência profissional em empresas juniores ou estágios;
  • Em alguns casos, experiências de trabalho internacional, os chamados work experience.

Onde encontrar as vagas de trainee[editar | editar código-fonte]

Há diversas formas de encontrar oportunidades de trainee. Comumente elas são divulgadas em sites de emprego, revistas e sites especializados no assunto, através de divulgação nas universidades e em canais de comunicação de empresas em redes sociais.

Há algumas fontes oficiais que fornecem informações confiáveis e atualizadas:

  • Site Desafio Trainee (Inscrições e dicas de desenvolvimento profissional);
  • Site Portal Trainee (onde é possível encontrar além de vaga, informações e ferramentas para auxiliar na conquista das oportunidades);
  • Aplicativo Trainee Mobile para celulares Android e IPhone (aplicativo gratuito que divulga vagas e informações para trainees);
  • Redes sociais específicas para trabalho como o Linkedin;
  • Sites das empresas ofertantes de vagas e das consultorias de talentos organizadoras dos processos seletivos;

Etapas de seleção dos processos de trainee[editar | editar código-fonte]

Para selecionar alguns profissionais em uma grande quantidade de candidatos as empresas utilizam diversas etapas, também conhecidas de filtros, onde vão eliminando aqueles que não atendem às suas expectativas e exigências, e avançando para a etapa seguinte aqueles que demonstram qualidades e conhecimentos para ocupar as vagas. Cada empresa adota um modelo próprio de seleção, no entanto algumas etapas demonstradas abaixo são comuns à maioria delas[4] .

  1. Inscrições (online)
  2. Cultural Fit (online)
  3. Provas de Inglês e Raciocínio Lógico (online)
  4. Individual Business Case (presencial)
  5. Entrevista Individual (presencial)
  6. Painel de Negócios e prova de Raciocínio Lógico Presencial (presencial)
  7. Entrevista Final (presencial)

Conheça os detalhes de cada uma das etapas[4] :[editar | editar código-fonte]

Inscrições[editar | editar código-fonte]

Assim como a maioria das inscrições em processos seletivos para trainees, elas são feitas preenchendo formulários de algum site de vagas qualquer. Não é possível inscrever-se enviando somente seu currículo. O preenchimento de campos no formulário permite que a empresa faça buscas específicas como por exemplo: quem é formado em engenharia, quem reside nesta ou naquela cidade, quem já é formado e quem ainda está na graduação, etc.

No entanto as informações que devem ser preenchidas nestes campos vem do currículo, e portanto, é necessário que o documento esteja pronto e em perfeitas condições para atrair os olhares dos recrutadores.

Vale lembrar que a triagem dos currículos elimina mais de 95% dos candidatos. Os motivos são os mais variados: erros de português, informações incompletas e inconsistentes, linguagens inadequadas, dificuldade em apresentar dados, histórico e informações sobre o candidato.

Dica: O candidato deve preparar o currículo utilizando tendências reconhecidas pelas principais empresas. Utilizando algum serviço de consultoria de currículos que ajudará a formatar o documento de forma profissional e atrativa para os recrutadores.

Cultural Fit[editar | editar código-fonte]

Nesta fase será avaliado se o candidato possui aderência aos valores e culturas da empresa. O objetivo desta prática é detectar aqueles candidatos que terão maior facilidade em atuar de acordo com as crenças da empresa. Por exemplo: Não seria interessante contratar uma pessoa que não importa-se com o meio ambiente sendo que as questões ambientais sejam prioridade para a empresa. Esta fase é composta de questionários e interações on-line.

O ideal é que o jovem inscreva-se para oportunidades em empresas cujas crenças tenham à ver com o que ele acredita. Desta forma as chances de adequar-se e obter sucesso são muito maiores.

Dica: Buscar conhecer à fundo a empresa que deseja ser trainee. Pesquisar sobre políticas, valores, culturas, e avalie se eles tem à ver com as suas crenças. A identificação e aderência pode tornar a experiência de ambas as partes muito mais agradável e produtiva.

Provas de Inglês e Raciocínio Lógico[editar | editar código-fonte]

Nesta fase on line o candidato será avaliado por sua capacidade lógica e linguística no idioma inglês. No exame com tempo definido, o candidato terá que demonstrar seu grau de habilidade em resolver problemas, tomar decisões e visualizar soluções, além é claro, demonstrar que é capaz de comunicar-se perfeitamente nesta língua em situações de trabalho.

Se o candidato colocou no seu currículo e formulário de inscrições que é fluente em inglês, esta é a hora de provar. No futuro você ainda poderá receber uma ligação dos recrutadores neste idioma para comprovar ainda mais as habilidades e conhecimentos. Ele deve preparar-se.

Esta etapa é eliminatória. O candidato que não atingir o mínimo necessário está fora.

Dica: Nas semanas que antecedem esta etapa o candidato deve praticar seu inglês dando prioridade para textos e exercícios com linguajar empresarial, situações que ele poderá viver dentro de uma empresa, viagens de negócios, apresentação de projetos, produtos, e outras do cotidiano em uma multinacional.

Fazer simulados de inglês e raciocínio lógico para trabalhar sua habilidade de resolver problemas é importante.

Individual Business Case[editar | editar código-fonte]

Esta também é uma etapa on line. Nela o candidato será avaliado por suas características de comunicação, conhecimentos sobre os negócios da empresa contratante, foco em resultado, habilidades de concentração e relação com conflitos pessoais e problemas profissionais. Você será avaliado também por sua habilidade de negociar, característica fundamental para os futuros gestores e líderes da empresa.

Dica: Estudar à fundo os negócios da empresa. Busque informações sobre posicionamento no mercado, faturamentos e receitas, concorrência, estratégias de mercado, etc.

Acessar informações e abastecer-se de conhecimentos sobre os temas que serão abordados. Lembrando que nesta fase o objetivo é conhecer o perfil profissional e pessoal.

Entrevista Individual[editar | editar código-fonte]

Esta é a hora de demonstrar valor!

Nesta fase on line o candidato estará no seleto grupo que disputará diretamente às vagas. Neste momento os candidatos são comparados uns com os outros e os recrutadores e gestores da empresa terão que decidir entre este ou aquele. Avançar nesta fase é uma grande vitória pois depois dela vem as fases presenciais onde aqueles com maior poder de liderança, trabalho em equipe, conciliadores e agregadores poderão mostrar todo o seu potencial.

ele deverá expor todas as suas experiências profissionais: atuação em empresas juniores, associações acadêmicas, monitorias na faculdade, projetos individuais e coletivos, projetos de iniciação científica, prêmios estudantis e profissionais, publicações de artigos e estudos acadêmicos, trabalhos voluntários, estágios, work experience e outras vivências internacionais. Quem tiver passado por uma ou várias destas atividades saíra muito na frente.

Dica: Desenvolver um roteiro conciso e objetivo para apresentar cada uma das suas experiências. Esta é uma etapa on line que costuma durar somente 30 minutos. Portanto ele precisa ter a habilidade de mostrar tudo que já fez em um curto espaço de tempo.

Uma boa técnica é o pitch – ou conversa de elevador.

Imagine que o candidato entra no elevador e encontra com o presidente da empresa. Este pergunta: - Como vai seu trabalho? O jovem tem menos de 2 minutos para fazer seu marketing pessoal. O que ele diria?

Isto é o pitch: a habilidade de apresentar o produto de forma atrativa e convincente num curtíssimo espaço de tempo à ponto de deixar o interlocutor apaixonado.

Painel de Negócios e exames presenciais[editar | editar código-fonte]

Presente em boa parte dos processos seletivos para programas de trainees, o painel de negócios é uma etapa decisiva da seleção. É ali que os selecionados poderão olhar nos olhos de cada diretor da companhia (e em alguns casos até do vice-presidente) e mostrar quais são suas reais qualidades diante de simulações de casos reais.

Para esta fase são convidados pouquíssimos candidatos, aproximadamente de 0,5 à 1% dos inscritos no início do processo. Você deve aproveitar ao máximo esta etapa.

Em média, o painel de negócios tem duração de quatro horas. Neste período, os candidatos deverão solucionar problemas propostos relacionados às situações que encontrarão na empresa. Busque trazer soluções inteligentes e criativas para problemas propostos não esquecendo-se que suas habilidade de grupo e liderança estão sendo observadas.

Esta fase é brutal e tem como objetivo escolher somente o time de elite que passará para a fase final do processo seletivo: a entrevista com os gestores da empresa.

Dicas: ele precisa ser um profundo conhecedor da empresa. Mercado, concorrentes, produtos, e principalmente a área que irá atuar. Abastecer-se do máximo de informações. Só pesquisar o site não será suficiente. Vasculhar a internet e outras mídias e conversar com pessoas que trabalham lá para saber tudo que puder.

A empresa poderá propor um problema à ser solucionado, e em alguns casos poderá sugerir que você proponha o problema. Não seja pego de surpresa. Estude bastante a área que irá atuar e antecipe soluções para os possíveis gargalos. O candidato dever estar preparado para responder questões do tipo: - Porque você quer trabalhar nesta empresa?

Praticar a clareza e objetividade. Ser franco e saber demonstrar como as características pessoais poderão impactar positivamente na equipe e corporação. Não mentir, os entrevistadores saberão identificar simulações.

Não ter medo de perguntar tudo que deseja saber sobre a empresa e sobre seus processos. Ter em mente que a convocação para o painel de negócios é um sinal de que o jovem, realmente, está muito próximo de ser aprovado. Ele não deve deixar que a ansiedade ou a insegurança com relação a opção ofusque essa chance.

Entrevista Final[editar | editar código-fonte]

Se o profissional chegou até aqui tudo que precisa fazer é demonstrar seu valor. Esta é a fase onde não há mais disputa direta com outros concorrente, somente com ele mesmo. Se conseguir demonstrar que tem conhecimento dos negócios da empresa, que seu perfil profissional e pessoal poderá agregar valor ao negócios e que sua vontade de contribuir e aprender são enormes, ele será contratado[5] .

Dica: Buscar aprender tudo sobre entrevistas de trabalho[6] . Algumas coisas são fundamentais porém desconsideradas:

  • Vestuário;
  • Comportamento gestual;
  • Contato visual com o entrevistador;
  • Pontualidade;

    Referências

  1. Dicionário escolar da língua portuguesa/Academia Brasileira de Letras. 2ª edição. São Paulo. Companhia Editora Nacional. 2008. p. 1 246.
  2. Oportunidades de trainee em empresas brasileiras Portal Trainee (18/10/2013). Visitado em 08/07/2014.
  3. Redação Portal Trainee (24/02/2014). Conhecimento em tecnologia que um trainee precisa ter Portal Trainee. Visitado em 08/07/2014.
  4. a b Redação Portal Trainee (03/04/2014). Etapa do processo seletivo para trainees numa grande empresa Portal Trainee. Visitado em 08/07/2014.
  5. Redação Portal Trainee (21/03/2014). Dicas para a entrevista de Trainee Portal Trainee. Visitado em 08/07/2014.
  6. Redação Portal Trainee (02/08/2014). Como se dar bem em uma entrevista de emprego Portal Trainee. Visitado em 08/07/2014.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Sites de Trainee[editar | editar código-fonte]

Grandes Universitários - Plataforma com programas de trainee e estágio organizados de forma simples, objetiva e intuitiva.

My Trainee

Estágio e Trainee