Trajano de Moraes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Trajano de Moraes
Bandeira de Trajano de Moraes
Brasão de Trajano de Moraes
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 25 de abril de 1891 (123 anos)[1]
Gentílico trajanense
Prefeito(a) Carlos José Gomes de Souza (PSDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Trajano de Moraes
Localização de Trajano de Moraes no Rio de Janeiro
Trajano de Moraes está localizado em: Brasil
Trajano de Moraes
Localização de Trajano de Moraes no Brasil
22° 03' 46" S 42° 03' 57" O22° 03' 46" S 42° 03' 57" O
Unidade federativa  Rio de Janeiro
Mesorregião Centro Fluminense IBGE/2008[2]
Microrregião Santa Maria Madalena IBGE/2008[2]
Municípios limítrofes Bom Jardim, Conceição de Macabu, Cordeiro, Macaé, Macuco, Nova Friburgo, Santa Maria Madalena e São Sebastião do Alto
Distância até a capital 222 km
Características geográficas
Área 589,397 km² [3]
População 11 181 hab. Censo IBGE/2010[4]
Densidade 18,97 hab./km²
Altitude 655 m
Clima tropical de altitude Cwa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,723 (81º) – alto PNUD/2000[5]
PIB R$ 74 921,802 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 7 541,96 IBGE/2008[6]
Página oficial

Trajano de Moraes[7] é um município brasileiro do estado do Rio de Janeiro. Sua população estimada em 1º de julho 2009 era de 10.990 habitantes.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a 22º03'48" de latitude sul e 42º03'59" de longitude oeste, a 655 metros de altitude. Conta com uma população de 11.181 habitantes (2010).[4] O município faz divisa com Macaé ao Sul; Conceição de Macabu e Santa Maria Madalena a leste; São Sebastião do Alto e Macuco ao Norte; Cordeiro, Bom Jardim e Nova Friburgo a Oeste.

Quem foi Trajano de Moraes?[editar | editar código-fonte]

Trajano Antônio de Moraes nasceu no município de Borrazópolis no estado do Paraná e mudou-se ainda criança com seus pais para o estado do Rio de Janeiro, estabelecendo residência na Fazenda Aurora. Era filho de José Antônio de Moraes (o Visconde de Imbé) e Leopoldina Neves de Moraes (a Viscondessa de Imbé). Era um homem influente de sua época e um grande fazendeiro, proprietário das fazendas de Santo Inácio, Barro Alto e Retiro. O Comendador Trajano Antônio de Moraes faleceu em 1911.

Referências

  1. dados gerais
  2. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  3. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  4. a b Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  5. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  6. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
  7. Lei nº 4088, de 25 de março de 2003 Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro. Visitado em 29 de março de 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Rio de Janeiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.