Trametes versicolor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma caixa taxonómicaTrametes versicolor
Trametes.versicolor.-.lindsey.jpg

Classificação científica
Reino: Fungi
Divisão: Basidiomycota
Classe: Agaricomycetes
Subclasse: Agaricomycetidae
Ordem: Polyporales
Família: Polyporaceae
Género: Trametes
Espécie: T. versicolor
Nome binomial
Trametes versicolor
(L.:Fr.) Quél.
Sinónimos
Coriolus versicolor

Polyporus versicolor

Trametes versicolor, também conhecido como Coriolus versicolor e Polyporus versicolor, é um cogumelo poliporo muito comum, podendo ser encontrado por todo o mundo. Versicolor significa 'de várias cores' e é verdade que este cogumelo pode ser encontrado numa grande variedade de cores diferentes. É reconhecido como cogumelo medicinal na medicina chinesa sob o nome de yun zhi. Na China, Japão e vários países da Europa, o polissacarídeo-K obtido de T. versicolor é usado como adjuvante imunitário no tratamento do cancro.[1] [2]

Descrição e ecologia[editar | editar código-fonte]

A superfície superior do chapéu é plana e apresenta tipicamente zonas concêntricas de diferentes cores, tendo 1 a 10 mm de espessura e textura coriácea. O chapéu pode ser triangular ou redondo, apresenta zonas de cor castanha, por vezes negra. Espécimes mais velhos, podem ter zonas em que crescem algas, apresentando-se então esverdeados. A superfície dos poros tem cor esbranquiçada a castanho-claro, os poros são redondos, e com a idade tornam-se torcidos e labirínticos, com densidade de 2 a 5 poros por milímetro.

Possui potencial no campo da biorremediação, segundo o micologista Paul Stamets. T. versicolor biodegrada vários poluentes.

É consumido pela lagarta da traça-dos-fungos Nemaxera betulinella.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Nota[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Coriolus Versicolor American Cancer Society. Visitado em 31 de maio de 2011.
  2. Composto de cogumelo suprime cancro da próstata Ciência Hoje (30 de maio de 2011). Visitado em 31 de maio de 2011.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • "Danske storsvampe. Basidiesvampe" [a key to Danish basidiomycetes] J.H. Petersen and J. Vesterholt eds. Gyldendal. Viborg, Denmark, 1990. ISBN 87-01-09932-9
  • "Mycoremediation, fungal bioremediation" [a encyclopedia of fungal bioremediation] Harbhajan Sing. Wiley, 2006. ISBN 978-0-471-75501-2
  • Entry of Trametes versicolor at Fungal Databases, Systematic Botany and Mycology Laboratory Nomenclature Database, U.S. Department of Agriculture, Agricultural Research Service.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Trametes versicolor
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Trametes versicolor