TransCarioca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
TransCarioca
Transcarioca.png
Informações
Local Cidade do Rio de Janeiro
Tipo de transporte Bus Rapid Transit
Número de estações 47 estações
Tráfego 450 mil/dia útil
Sede Terminal Alvorada
Website www.brtrio.com
Rede do BRT Rio

NovasViasCariocas-TransOeste, TransCarioca e TransOlímpica.jpg


TransCarioca
Inauguração 1º de junho de 2014 (5 meses)
Estações 47
Estado Em serviço
Unknown route-map component "BUS2"
Unknown route-map component "uINTa" + Hub
Unknown route-map component "uKINTl" + Hub
Terminal Alvorada
Unknown route-map component "RP4q" Unknown route-map component "uSKRZ-G4u" Unknown route-map component "RP4q"
Avenida das Américas
Unknown route-map component "upBHF"
Lourenço Jorge
Unknown route-map component "upBHF"
Aeroporto de Jacarepaguá
Unknown route-map component "BUS2" Unknown route-map component "upINT"
Via Parque
Transverse water Urban bridge over water Transverse water
Ponte Dom Eugênio Sales
Unknown route-map component "upBHF"
Centro Metropolitano
Unknown route-map component "BUS2" Unknown route-map component "upINT"
Rede Sarah
Unknown route-map component "BUS2" Unknown route-map component "uINT"
Rio2
Unknown route-map component "upBHF"
Pedro Correia
Unknown route-map component "BUS2"
Unknown route-map component "upINT" + Hub
Unknown route-map component "uexKBHFl" + Hub
Curicica
Unknown route-map component "BUS2" Unknown route-map component "upINT"
Praça do Bandolim
Unknown route-map component "upBHF"
Arroio Pavuna
Unknown route-map component "upBHF"
Vila Sapê (IV Centenário)
Unknown route-map component "upBHF"
Rec. das Palmeiras (Jd. São Luiz)
Unknown route-map component "upBHF"
Divina Providência
Unknown route-map component "BUS2" Unknown route-map component "uINT"
Santa Efigênia
Unknown route-map component "BUS2" Unknown route-map component "upBHF"
Merck
Unknown route-map component "upBHF"
André Rocha
Unknown route-map component "BUS2" Unknown route-map component "uINT"
Taquara/Tr. Bandeira Brasil
Unknown route-map component "upBHF"
Aracy Cabral
Unknown route-map component "BUS2" Unknown route-map component "uINT"
Tanque/Tr. Mestre Candeia
Unknown route-map component "upBHF"
IPASE
Unknown route-map component "BUS2" Unknown route-map component "uINT"
Praça Seca
Unknown route-map component "upBHF"
Capitão Menezes
Unknown route-map component "upBHF"
Pinto Teles
Unknown route-map component "RP2q" Unknown route-map component "uSKRZ-G2u" Unknown route-map component "RP2q"
Mergulhão Clara Nunes
Urban station on track
Campinho
Urban transverse track Unknown route-map component "uhKRZa" Urban transverse track
Viaduto Silas de Oliveira
Unknown route-map component "BUS2" Unknown route-map component "uhINT" Unknown route-map component "TRAIN2"
Madureira (Manaceia)/Tr. Paulo da Portela
Urban transverse track Unknown route-map component "uhKRZe" Urban transverse track
Viaduto Silas de Oliveira
Urban station on track
Mercadão
Unknown route-map component "upBHF"
Otaviano
Unknown route-map component "upBHF"
Vila Queiroz
Unknown route-map component "BUS2" Unknown route-map component "upINT"
Vaz Lobo
Unknown route-map component "upBHF"
Marambaia
Urban transverse track Unknown route-map component "uKRZu" Urban transverse track
Metrô (Linha 2)
Unknown route-map component "BUS2" Unknown route-map component "uINT" Unknown route-map component "SUBWAY"
Vicente de Carvalho
Unknown route-map component "upBHF"
Vila Kosmos (N. Sra. do Carmo)
Unknown route-map component "upBHF"
Pedro Taques
Unknown route-map component "upBHF"
Praça do Carmo
Unknown route-map component "upBHF"
Guaporé
Unknown route-map component "upBHF"
Pastor José Santos
Unknown route-map component "BUS2" Unknown route-map component "uINTrg" Unknown route-map component "TRAIN2"
Penha 1 (Brás de Pina)
Unknown route-map component "BUS2" Unknown route-map component "uINTrf" Unknown route-map component "TRAIN2"
Penha 2 (Msr. Alves Rocha)
Unknown route-map component "upBHF"
Ibiapina
Unknown route-map component "upINT" Unknown route-map component "TRAIN2"
Olaria (Cacique de Ramos)
Urban transverse track Unknown route-map component "uKRZo" Urban transverse track
Viaduto Renatinho Partideiro
Unknown route-map component "upBHF"
Cardoso de Moraes (Viúva Garcia)
Unknown route-map component "BUS2" Unknown route-map component "uINT"
Santa Luzia
Unknown route-map component "RP4q" Unknown route-map component "uSKRZ-G4o" Unknown route-map component "RP4q"
Viaduto Pedro Ernesto
Unknown route-map component "upBHF"
Maré
Unknown route-map component "RP4q" Unknown route-map component "uSKRZ-G4u" Unknown route-map component "RP4q"
Linha Vermelha
Unknown route-map component "BUS2" Unknown route-map component "uINT"
Fundão/Tr. Aroldo Melodia
Transverse water Urban bridge over water Transverse water
Ponte Pereira Passos
Unknown route-map component "RP2q" Unknown route-map component "uSKRZ-G2o" Unknown route-map component "RP2q"
Viaduto Vinicius de Moraes
Unknown route-map component "BUS2" Unknown route-map component "uINTrf" Airport
Galeão - Tom Jobim 2
Unknown route-map component "BUS2" Unknown route-map component "uINTe" Airport
Galeão - Tom Jobim 1


TransCarioca é um importante sistema de transporte público metropolitano de Bus Rapid Transit da cidade do Rio de Janeiro que liga a Barra da Tijuca ao Aeroporto Internacional Tom Jobim, fazendo parte do pacote de obras proposto pela prefeitura para melhorar o transporte público da cidade para os Jogos Olímpicos de 2016. Antigamente foi chamada de Corredor T-5 nos projetos de construção e iria a Vila da Penha.[1]

Histórico[editar | editar código-fonte]

Trecho da Avenida Brasil fechado ao tráfego em 21 de abril de 2014 para obras de construção do arco do Viaduto Pedro Ernesto, estrutura que integra o BRT Transcarioca.

A TransCarioca tem 39 km de extensão e 45 estações entre o Terminal Alvorada e o Aeroporto do Galeão. O projeto original era de 28 km entre a Barra e a Penha, porém, a Casa Civil da presidência da República condicionou a liberação do empréstimo do BNDES à prefeitura à extensão do projeto até o Aeroporto do Galeão, pois estudos mostravam que o acréscimo faria o sistema atender mais cem mil usuários por dia. A TransCarioca passará por vias como a Avenida Ayrton Senna na Barra da Tijuca, Nelson Cardoso e Cândido Benício em Jacarepaguá, e a Avenida Ministro Edgar Romero em Madureira e também nas ruas Ibiapina, Uranos nos bairros de Olaria e Ramos. Terá integrações com a TransOeste, estações de trêm, linhas de ônibus convencionais, Linha 2 do Metrô e TransBrasil.

A criação de canaletas segregadas por onde circularão veículos articulados exigirá, nos trechos de tráfego mais pesado, a construção de mergulhões (na Barra da Tijuca) e no acesso entre Campinho e Madureira. De acordo com a Prefeitura do Rio, 3630 imóveis na Barra, em Jacarepaguá, Madureira, Vicente de Carvalho e Brás de Pina, entre outros bairros, terão que ser desapropriados integralmente ou parcialmente para viabilizar o corredor de transporte. A previsão é a de que o corredor viário pode custar R$ 790 milhões, e somando-se ao valor das desapropriações, de R$ 300 milhões, o gasto total ultrapassará R$ 1 bilhão. A TransCarioca deve receber pelo menos 300 mil pessoas por dia, segundo estimativas do governo. [2]

A expectativa era de que as obras começassem até março de 2010, sendo concluídas em duas fases: a primeira etapa (Barra-Madureira), até março de 2012; e a última (Madureira-Aeroporto Tom Jobim), no primeiro trimestre de 2013. Porém, a obra só começou em março de 2011 [3] . No final de março de 2012, começaram as obras do segundo trecho, entre a Penha e o aeroporto, cujo início atrasou pelo menos seis meses devido a mudanças do trajeto, exigidas pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea) [4] .

Sua entrega da obra, inicialmente, seria em 2012, mas foi adiada para fevereiro de 2014, ficando pronta antes da Copa do Mundo de 2014.[5] . No dia 1 junho de 2014 será iniciada a operação do trecho Barra-Tanque no serviço parador e em julho de 2014, seja concluído o trecho Penha-Galeão.

Após esquema de lavagem com o bicheiro Carlinhos Cachoeira, a construtora Delta abandonou o consórcio que tinha junto com a Andrade Gutierrez, para a construção do corredor[6] .

Em maio de 2012, foram entregues as primeiras obras, o Mergulhão Clara Nunes, no Campinho[7] . onde além de servir ao BRT, acaba com o cruzamento entre a Estrada Intendente Magalhães e Ernani Cardoso, além transformar a Domingos Lopes numa via rápida de transito.

Em Junho de 2012 a entrega do Complexo Viário Billy Blanco próximo a Cidade das Artes.

Em Setembro de 2013 a entrega do Viaduto Silas de Oliveira paralelo ao Viaduto Negrão de Lima.

Em Setembro de 2013 a entrega do Viaduto Luiz Carlos da Vila no bairro da Penha[8] .

Em Dezembro de 2013, foi inaugurada a Ponte Estaiada Dom Eugênio Sales, sobre a Lagoa de Jacarepaguá e também no mesmo mês, foram finalizadas as obras finais do Terminal Alvorada, para receber, no futuro, a TransCarioca[9] .

Em Maio de 2014 a entrega do Viaduto Renatinho Partideiro no bairro de Ramos.

Em Junho de 2014, foi inaugurada a Ponte Estaiada Prefeito Pereira Passos, sobre a Baía de Guanabara, ligando o Fundão à Ilha do Governador.

Em Junho de 2014, foi inaugurado o Arco Estaiado Prefeito Pedro Ernesto, sobre a Avenida Brasil, ligando as avenidas Postal e Brigadeiro Trompowski.

Durante quatro dias de Abril, a Avenida Brasil foi fechada para o içamento do Arco Estaiado, no bairro de Ramos[10] [11]

Inauguração[editar | editar código-fonte]

O corredor foi inaugurado no dia 2 de junho de 2014, no trecho parador Alvorada X Tanque das 10 da manhã ás 3 da tarde.

No dia 4 de Junho de 2014, foi inaugurado o trecho Semi - Direto Alvorada X Galeão.

No dia 9 de Junho de 2014, o trecho Alvorada - Tanque, começou a operar em novo horário, das 9 da manhã ás 4 da tarde. No mesmo dia, o serviço expresso Alvorada - Tanque, que só para em 5 estações: Alvorada, Rio II, Santa Efigênia, Taquara e Tanque entrou em operação no mesmo horário.

No dia 26 de Julho de 2014, foram inauguradas mais 5 estações (IPASE, Praça Seca, Capitão Menezes, Pinto Teles, Campinho) e o Terminal Paulo da Portela (em Madureira). Assim, provisioriamente os serviços Alvorada - Tanque (Expresso e parador), foram estendidos até o Terminal Paulo da Portela.

No dia 13 de Setembro do mesmo ano, será inauguradas as Estações Penha I e II, fazendo com que a então linha provisória Vicente de Carvalho - Alvorada, fosse estendida até o bairro da Penha, assim como a criação dos serviço Madureira - Penha[12] .

No dia 4 de Outubro de 2014, foi inaugurado o restante das estações do TransCarioca. As estações inauguradas foram as estação Ibiapina, estação Olaria ( Cacique de Ramos ), estação Cardoso De Moraes ( Viúva Garcia ), estação Santa Luzia, estação Maré e a estação Fundao. Com isso completando definitivamente as estações e fazendo com que o sistema desse BRT funcione por completo. Com isso também foram colocados de forma definitiva os serviços do Fundão ate Alvorada e do Fundão ate Madureira ( paradores e expressos ). Com isso os BRTs que antes ( e informado acima ) faziam os serviços nas estações Penha I e Penha II, agora foram e em definitivo alongado ate a estação Fundão.

Para que a população se acostume às mudanças que serão provocadas com a implantação da TransCarioca, seu funcionamento se dará em fases. Das 47 estações planejadas, menos da metade estão funcionando dois meses depois da inauguração. A prefeitura não informa o calendário de abertura das restantes estações.[13]

Estações[editar | editar código-fonte]

Estação Aeroporto Galeão
Estação Comentários
Terminal Alvorada integração com o BRT TransOeste
Lourenço Jorge
Aeroporto de Jacarepaguá
Via Parque Integração com Linhas Alimentadoras
Centro Metropolitano
Rede Sarah Integração com Linhas Alimentadoras
Rio II Integração com Linhas Alimentadoras
Pedro Correia
Curicica Futura Integração com o BRT TransOlímpica.
Praça do Bandolim Integração com Linhas Alimentadoras
Arroio Pavuna
Vila Sapê (IV Centenário)
Recanto das Palmeiras (Jardim São Luiz)
Divina Providência
Santa Efigênia Integração com Linhas Alimentadoras
Merck
André Rocha
Taquara Integração com Linhas Alimentadoras
Aracy Cabral
Tanque Integração com Linhas Alimentadoras
IPASE
Praça Seca Integração com Linhas Alimentadoras
Capitão Menezes
Pinto Teles
Campinho Localizado no Mergulhão Clara Nunes
Terminal Paulo da Portela e Madureira (Manaceia)[14] Integração com os ramais de Deodoro, Santa Cruz e Japeri da SuperVia.
Mercadão
Otaviano
Vila Queiroz
Vaz Lobo Integração com Linhas Alimentadoras
Marambaia
Vicente de Carvalho Integração com Linhas Alimentadoras e com a Linha 2 do Metrô.
Vila Kosmos Nossa Senhora do Carmo
Pedro Taques
Praça do Carmo
Guaporé
Pastor José Santos
Penha 1 (Brás de Pina) Integração com Linhas Alimentadoras e com o ramal Saracuruna da SuperVia
Penha 2 (Monsenhor Alves Rocha) Integração com Linhas Alimentadoras e com o ramal Saracuruna da SuperVia
Ibiapina
Olaria (Cacique de Ramos)[14] Integração com o ramal Saracuruna da SuperVia.
Cardoso de Moraes (Viúva Garcia)
Santa Luzia Integração com Linhas Alimentadoras
Maré
Terminal Fundão/Aroldo Melodia Integração com Linhas Alimentadoras e com Futura Integração com o TransBrasil
Galeão - Tom Jobim 2 Integração com Linhas Alimentadoras e Ligação com o Aeroporto Tom Jobim
Galeão - Tom Jobim 1 Integração com Linhas Alimentadoras e Ligação com o Aeroporto Tom Jobim

Referências

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre TransCarioca