Transpetro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Transpetro
Petrobras Transporte S.A.
Logo petrobras.gif
Tipo Sociedade Anônima
Indústria Transporte
Fundação 12 de junho de 1998 (16 anos)
Sede Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Presidente José Sérgio de Oliveira Machado
Empregados 7750.[1] (2012)
Certificação ISO 9001, ISO 14001, OHSAS 18001
Parentesco Petrobras
Acionistas Petrobras (100%)
Página oficial www.transpetro.com.br
Tanques de armazenamento de combustível, Refinaria do Planalto Paulista (Paulínia).

A Petrobras Transporte S/A (Transpetro) é uma empresa brasileira, subsidiária integral da Petrobras. Tem como finalidade realizar o transporte de petróleo e seus derivados, gás natural e álcool, utilizando-se de oleodutos, gasodutos e navios. Sua sede está localizada na cidade do Rio de Janeiro.

Presente na maioria dos estados do País, com mais de 14 mil km de oleodutos e gasodutos, além de 48 terminais e 58 navios-petroleiros, a Petrobras Transporte S.A. - Transpetro - simboliza as artérias do Sistema Petrobras. Ao armazenar petróleo, derivados e gás e transportá-los aos diferentes pontos do Brasil, a Companhia atua como elemento de integração nacional, em operações sintonizadas com a estratégia de negócios do sistema.

Subsidiária integral da Petrobras, a Transpetro opera por meio dos segmentos de Dutos e Terminais, Transporte Marítimo e Gás Natural. Foi criada em 12 de junho de 1998, de acordo com a legislação que reestruturou o setor de petróleo no Brasil. Sua expertise garante à Companhia os títulos de maior armadora da América Latina e principal empresa de logística e transportes do País, atuando como elemento estratégico para impulsionar o desenvolvimento econômico e social brasileiro.

A atividade da Transpetro une as áreas de produção, refino e distribuição do Sistema Petrobras, e se estende à importação e à exportação de petróleo e derivados, gás e etanol. Além da Petrobras, seu principal cliente, a Transpetro presta serviço a diversas distribuidoras e à indústria petroquímica. No exterior, atua por intermédio da subsidiária Fronape International Company e colabora com a Petrobras na implantação de projetos internacionais.

Coerente com sua estratégia de crescimento, a Transpetro vem dando prioridade aos investimentos em projetos de expansão e modernização da sua frota marítima e das instalações de dutos e terminais. Dessa forma, a Companhia se prepara para fazer frente ao desafio do aumento de produção gerado pela conquista da auto-suficiência de petróleo, além de estar atenta às oportunidades criadas pelos novos caminhos que se abrem no setor energético brasileiro.

Atividades[editar | editar código-fonte]

Presente na maioria dos estados do Brasil, opera onze mil quilômetros de oleodutos e gasodutos, quarenta e cinco terminais sendo 21 terrestres e 24 aquaviários, possuem 500 tanques com capacidade de armazenamento de 10 milhões de m³ de óleo leve e pesado além navios petroleiros, a Transpetro é responsável pelas artérias de distribuição do Sistema Petrobras. Ao armazenar petróleo, derivados e gás e transportá-los aos diferentes pontos do Brasil, atua como elemento de integração nacional, em operações sintonizadas com a estratégia de negócios do Sistema Petrobras.

A atividade da Transpetro une as áreas de produção, refino e distribuição do Sistema Petrobras e se estende à importação e exportação de petróleo e derivados, gás e etanol. Além da Petrobras, seu principal cliente, a Transpetro presta serviços a diversas distribuidoras e à indústria petroquímica. No exterior, atua por intermédio da subsidiária Fronape International Company e colabora com a Petrobras na implantação de projetos internacionais.

Navios[editar | editar código-fonte]

Petroleiro Nordic Brasilia,operado pela Transpetro, no Terminal Marítimo Almirante Barroso - TEBAR, (São Sebastião).[2]

A frota da Trasnspetro é composta por 60 embarcações (maio 2013) [3] . Está em andamento o Programa de Modernização e Expansão da Frota (Promef), que prevê a construção de 49 novos navios [4] .

A empresa está se preparando para iniciar o serviço de transporte de etanol pela hidrovia Tietê-Paraná.

Referências

  1. Transpetro. Relatórios Anuais. Página visitada em 15 de junho de 2014.
  2. Companhia Docas de São Sebastião. Porto de São Sebastião. Página visitada em 18 de maio de 2011.
  3. Transpetro. Transporte Marítimo - Frota Transpetro. Página visitada em 31 de maio de 2013.
  4. Revista Época. Transpetro fecha contrato de R$ 856 mi para 4 navios. 1 de abril de 2010. Página visitada em 18 de maio de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Transpetro