Trapiá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Como ler uma caixa taxonómicaTrapiá
Trapiá, no Sítio Patos, povoado de Lavras da Mangabeira - CE

Trapiá, no Sítio Patos, povoado de Lavras da Mangabeira - CE
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Brassicales
Família: Brassicaceae
Subfamília: Capparoidae
Género: Crateva
Espécie: Crateva tapia
Nome binomial
Crateva tapia

Trapiá (Crateva tapia) é uma planta da família Brassicaceae encontada na caatinga e na mata atlântica da Região Nordeste do Brasil. Frutifica nos primeiros meses do ano e dá frutos comestíveis e saborosos, cujo formato lembra uma laranja em miniatura, possuindo um denso arilo envolvendo muitas sementes de cor marrom. Tem também utilidades agroflorestais, e pode ser usada para a segunda fase de reflorestamento de áreas de caatinga degradadas.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

MAIA, G.N. Caatinga: árvores e arbustos e suas utilidades D&Z Computação Gráfica e Editora. São Paulo, 2004.

Fruto do trapiá