Trapiá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Merge-arrow 2.svg
Este artigo ou secção deverá ser fundido com Crataeva tapia. (desde dezembro de 2014)
Se discorda, discuta sobre esta fusão aqui.
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde janeiro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Como ler uma caixa taxonómicaTrapiá
Trapiá, no Sítio Patos, povoado de Lavras da Mangabeira - CE

Trapiá, no Sítio Patos, povoado de Lavras da Mangabeira - CE
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Brassicales
Família: Brassicaceae
Subfamília: Capparoidae
Género: Crateva
Espécie: Crateva tapia
Nome binomial
Crateva tapia

Trapiá (Crateva tapia) é uma planta da família Brassicaceae encontada na caatinga e na mata atlântica da Região Nordeste do Brasil. Frutifica nos primeiros meses do ano e dá frutos comestíveis e saborosos, cujo formato lembra uma laranja em miniatura, possuindo um denso arilo envolvendo muitas sementes de cor marrom. Tem também utilidades agroflorestais, e pode ser usada para a segunda fase de reflorestamento de áreas de caatinga degradadas.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

MAIA, G.N. Caatinga: árvores e arbustos e suas utilidades D&Z Computação Gráfica e Editora. São Paulo, 2004.

Fruto do trapiá