Tratado de Campoformio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Tratado de Campoformio foi um tratado assinado entre Francisco II e a República Francesa, vitoriosa ao final da campanha contra a Primeira Coligação, a 17 de outubro de 1797.

Pelos seus termos, a Áustria renunciava a uma grande parte do Norte da Itália (a República Cisalpina) e comprometia-se a ceder à França, pelo Congresso de Rastatt, as terras do Império à margem esquerda do rio Reno. Pelo sexto artigo secreto do tratado, a Áustria entregava à França todos os seus territórios situados entre Bernau (comuna de Leibstadt) e Basileia, constituindo essencialmente o Fricktal, a ser incorporado à futura República Helvética. Toda a liberdade foi deixada à França para intervir na Suíça, visando a derrubar ali o Antigo Regime. A 14 de Dezembro de 1797 iniciou-se a invasão francesa; a parte meridional do bispado de Basileia, compreendida na neutralidade suíça, foi ocupada.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.