Tratado de Constantinopla (1913)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Tratado de Constantinopla ou Tratado de Istambul, foi um tratado entre o Império Otomano e o Reino da Bulgária, assinado em 29 de setembro de 1913 após a Segunda Guerra Balcânica, na capital otomana de Constantinopla (Istambul).

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Na Primeira Guerra Balcânica, a coalizão da Bulgária, Sérvia, Grécia e Montenegro (Liga Balcânica), juntamente com os rebeldes albaneses derrotam o Império Otomano. Os otomanos perdem quase todas as suas possessões européias, exceto por um pequeno território ao redor do Mar de Mármara pelo Tratado de Londres.[1] Os otomanos, no entanto, foram capazes de recuperar Trácia Oriental durante a Segunda Guerra Balcânica.[2] Apesar de negociações de paz entre Bulgária e seus outros vizinhos serem realizadas em Bucareste, o Império Otomano não estava representado ali e conduziu as negociações em separado o que levou ao Tratado de Constantinopla.

O tratado[editar | editar código-fonte]

Os termos do tratado foram:[3] [4]

  1. A Bulgária reconheceu ganhos otomanos de Edirne, Kırklareli e Demótica (Didimoteico) e do território envolvente;
  2. O Império Otomano cedeu o porto de Dedeagach (Alexandrópolis) para Bulgária;
  3. A troca de territórios deveria ser concluído no prazo de 10 dias;
  4. Os exércitos na fronteira seriam desmobilizados dentro de três semanas;
  5. Os prisioneiros de guerra de ambos os lados seriam libertados;
  6. Ambos, os laços políticos e econômicos, entre os dois países seriam restabelecidos

Conseqüências[editar | editar código-fonte]

O Império Otomano e a Bulgária foram aliados dos Impérios Centrais na Primeira Guerra Mundial. Durante a guerra, o governo otomano decidiu ceder Didimoteico à Bulgária (provavelmente para convencer a Bulgária a aderir à guerra). Contudo as Potências Centrais foram derrotadas em 1918 e a Bulgária perdeu tanto a Trácia Ocidental e Didimoteico para a Grécia.

Referências

  1. Treaty of London
  2. Balkan wars
  3. A summary of treaties (in Turkish)
  4. Sina Akşin: Çağdaş Türkiye 1908-1980, Cem Yayınevi, İstanbul, 2008 p.50 ISBN 978-975-406-5664 p.50