Tratado de Copenhaga (1660)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A Suécia em amarelo. Reino da Dinamarca e Noruega em vermelho. A Suécia teve que devolver a província de Trøndelag e a ilha de Bornholm (em verde).

O Tratado de Copenhaga ou Tratado de Copenhague foi assinado em 6 de junho de 1660 e marcou o fim da Guerra dos Trinta Anos ou Segunda Guerra do Norte entre a Suécia e a aliança do Reino da Dinamarca e Noruega e a Polónia-Lituânia. Este tratado foi uma pequena sequela ao Tratado de Roskilde, o qual declarou as fronteiras oficiais da Dinamarca, Suécia e Noruega, limites que são quase coincidentes com os atuais.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

O rei da Suécia Carlos X Gustavo queria mais do que oferecia o Tratado de Roskilde, assinado em fevereiro de 1658. Assim, no verão de 1658, atacou novamente Copenhaga utilizando as suas tropas com base na Zelândia, após o primeiro assédio da cidade. Mas Copenhaga resistiu, enquanto os navios holandeses a defendiam contra a frota sueca e se deslocavam para proteger Copenhaga. Para além disso, na Jutlândia, os dinamarqueses recuperavam e perseguiam a armada sueca. Carlos X Gustavo morreu em fevereiro de 1660 em Copenhaga, pelo que o seu filho Carlos XI se tornou em rei da Suécia, aos quatro anos de idade.

Em 6 de junho de 1660 sob a égide de Inglaterra, representada por Algernon Sidney, e França, representada por Hugues de Terlon, assina-se um tratado de paz entre a Suécia, dirigida por Carlos XI, e a Dinamarca, dirigida por Frederico III:

Consequências[editar | editar código-fonte]

Na Dinamarca, a nobreza debilitada converteu-se no bode expiatório das perdas do reino. Por meio de um golpe de Estado, o rei Frederico III instaurou a monarquia hereditária e absoluta.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Combes, François. Histoire générale da diplomatie européenne, Histoire da diplomatie slave et scandinave, [1856], E. Dentu Libraire-Éditeur, 424 pp (em gallica.bnf.fr online)

Ver também[editar | editar código-fonte]