Travessia São Luís-Alcântara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A balsa "Cidade de Tutóia"

A travessia do Terminal de Ponta da Espera (São Luís) ao Cujupe (Alcântara) por balsas cruzando a Baía de São Marcos foi inaugurada nos anos 1970. As viagens pelos ferry-boats, veículos maiores e mais modernos, começaram a ser feitas em 1988 e em 2008, completaram 20 anos. A travessia tem aproximadamente 20 quilômetros, que são percorridos em pouco mais de 2 horas pelas balsas.

Ferry boat atravessando a baía de São Marcos, próximo a cidade de São Luis do Maranhão.

Atualmente, duas empresas marítimas do Maranhão fazem essa travessia: a Servi-porto e a Internacional Marítima. Na década de 1990, o único ferry a ligar São Luís e o Cujupe era o "Itaúna" da Internacional Marítima, inaugurado em setembro de 1995. Hoje, várias outras embarcações fazem a mesma travessia. Em 2009 foi inaugurado o "Cidade de Tutóia I", idêntico ao Baía de São José, e é capaz de levar até 1200 passageiros cruzando a Baía de São Marcos em meia hora.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]