Tremisse

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tremisse do imperador Júlio Nepos (r. 474–480)

Tremisse[1] (em grego: Τρεμίσσης; transl.: tremissis; em latim: tremis) foi uma moeda do Império Romano tardio, equivalente a um terço de um soldo, introduzida nos anos 380 pelo imperador Teodósio I (r. 378–395). Permaneceu como uma das principais denominações do Império Bizantino até o reinado de Leão III, o Isáurio (r. 717–741). Dos anos 740 em diante foi raramente emitida no Oriente, sendo que os poucos exemplares eram associados a objetivos cerimoniais. Nenhum tremisse é conhecido após o reinado de Basílio I, o Macedônio (r. 867–886). Na Itália e Sicília, o tremisse manteve-se em circulação até o fim do domínio bizantino com o cerco de Siracusa.[2]

Referências

  1. Tremisse. Visitado em 22-12-2013.
  2. Kazhdan 1991, p. 2113

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Kazhdan, Alexander Petrovich. The Oxford Dictionary of Byzantium. Nova Iorque e Oxford: Oxford University Press, 1991. ISBN 0-19-504652-8.