Tremoço

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaLupinus
Pormenor das flores de Lupinus spp.

Pormenor das flores de Lupinus spp.
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Fabales
Família: Fabaceae
Subfamília: Faboideae
Género: Lupinus
Espécies
Ver texto.
Tremoços (sementes de Lupinus albus).

Os tremoços são as sementes das plantas fabáceas conhecidas como tremoceiro (especialmente o "tremoceiro-comum" - Lupinus albus), pertencentes ao género Lupinus e usadas na fixação de azoto nos solos. A semente, de cor amarela, não tem aproveitamento agrícola e é geralmente vendida e consumida em conserva como petisco ou aperitivo (acepipe), sendo muito comum em cervejarias de Portugal, mas podendo ser encontrada em algumas cervejarias do Brasil.

O tremoço in natura contém um aminoácido neurotóxico que o veda ao consumo humano, além de uma série de substâncias alcalóides dotadas de efeitos neurotóxicos e hepatóxicos do grupo da quinolizidina, como a lupanina, ou lupinina, mas isto só ocorreria com o consumo do grão fresco ou seco, e em grandes quantidades e por longos períodos. Para poder consumir os tremoços sem risco, eles devem ser cozidos e depois cobertos de água mudada com frequência por diversos dias até perderem o seu amargo original, com a eliminação dos alcalóides. Assim preparados, os tremoços não oferecem qualquer risco à saúde. [carece de fontes?]

A Festa dos Tremoços é uma tradição portuguesa, comemorada em agosto[1] .

Botânica[editar | editar código-fonte]

Lupinus é um dos géneros de plantas da família das fabáceas, subfamília Faboideae. Há cerca de 150 espécies classificadas neste género e conhecidas como tremoceiro (subgéneros Lupinus, e Platycarpos (Wats.) Kurl.). A maioria destas espécies tem a propriedade de fixar azoto/Nitrogênio nos solos, e muitas são utilizadas como fertilizante natural em zonas agrícolas. As sementes das plantas do género Lupinus são conhecidas como tremoços.

Algumas espécies[editar | editar código-fonte]

As espécies assinaladas com P ocorrem de forma espontânea em Portugal, normalmente em solos arenosos.

Constituintes tóxicos existentes neste género[editar | editar código-fonte]

Classificação do gênero[editar | editar código-fonte]

Sistema Classificação Referência
Linné Classe Diadelphia, ordem Decandria [2]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons
Wikispecies Diretório no Wikispecies


Ícone de esboço Este artigo sobre leguminosas (família Fabaceae), integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.